Gastronomia do Amapá: o trairão da dona Cira, no Calafate

Quem já pegou a estrada que liga os municípios de  Amapá e Calçoene provavelmente já conhece o trairão da dona Cira.

Mas se você não conhece, vá. Faça esse passeio gastronômico ao restaurante dessa simpática Cozinheira, que fica na beira da BR-156, na comunidade do Calafate.

A Dona Cira desenvolveu há muitos anos a técnica de tirar as espinhas do trairão, fazendo um filé que vc só encontra lá.

A cozinha é afetiva e pilotada por ela e suas filhas.

O peixe é sem nota de tão perfeito. Frito com óleo sempre novo. E vem acompanhado  de um feijão com gosto de interior(e espetacular) arroz quente e gostoso, farinha e aquela saladinha de repolho que é marca da região.

Para beber, suco de taperebá do terreno dela, bem gelado.

A Dona Cira diz que usa sempre a máxima de “respeite o cliente”. E pra ela o respeito é a hora que alguém chegar no Calafate querendo a sua comida, ela ir pra cozinha fazer peixe fresco e frito na hora, para servir.

Garanto a vocês, que só ir naquele restaurante, que no verão é balneário, já vale o passeio. E o preço é justo.

A vista, a noite, do Restaurante da Dona Cira

Aconchego da Floresta: Mais uma opção de lazer em Macapá

Sabe aquele lugar bonito e tranquilo que não precisa ir além do horizonte para encontrar como nos versos de Roberto Carlos? estamos falando do Restaurante  e Bar Aconchego da Floresta, que  fica dentro de Macapá, localizado no Ramal do mini polo da Fazendinha ( atrás da  expofeira), templacas no caminho sinalizando e a localização já está disponível no Google Maps.

O espaço é muito bonito e funciona há cinco meses, por lá passa o mesmo o Igarapé da Fortaleza. O local tem muitas árvores que ficam dentro do igarapé , cerveja gelada, drinks diversos, comida boa do cardápio regional como camarão, peixe e chapas diversificadas.

Tem ainda um bar molhado incrível, onde você conversa, come e bebe com os pés dentro d’água. O espaço funciona de quarta a domingo, a partir das 9h.

O Aconchego fica 20 minutos do centro da cidade e é mais uma opção de lazer em Macapá.

Em Macapá, Programa Peixe na Mesa oferta 4 toneladas de pescado durante a Semana Santa

 

A Prefeitura de Macapá inicia na terça-feira (12), uma edição especial do Programa Peixe na Mesa, com a venda de 4 toneladas de pescado durante a Semana Santa. Serão comercializadas as espécies Pirapitinga e Tambaqui, a R$ 15 o quilo.No dia 12, a programação acontecerá das 7h às 14h na praça Chico Noé, no bairro Laguinho, zona norte da cidade. Já na quinta-feira (14), o Peixe na Mesa acontecerá no mesmo horário, no Conjunto Residencial São José, bairro Buritizal, zona sul.


De acordo com o secretário municipal de Agricultura (Semag), a ação tem como finalidade ofertar peixes vivos e frescos a preços mais acessíveis em um período que o produto é mais requisitado por motivos religiosos. Além disso, o programa ainda fomenta a atividade desenvolvida pelos agricultores e piscicultores do Quilombo do Curiaú.

“Semana Santa é um período em que a gente tem que pensar sobre fraternidade, esperança e a Prefeitura de Macapá vai estar pela cidade com o Peixe na Mesa. Convidamos as famílias e as pessoas que gostam de comer peixe fresco nesse período santo para aproveitar nossa programação”, disse o gestor.

Serviço:

Programa Peixe na Mesa – Semana Santa
Terça-feira, 12 de abril
Horário: 7h às 14h
Local: praça Chico Noé, localizada na Avenida Ana Nery – bairro Laguinho
Quinta-feira, 14 de abril
Horário: 7h às 14h
Local: Conjunto Residencial São José, localizado na Rua São José – bairro Buritizal

Em Macapá, 10ª edição da Feira Agricultura e Arte terá venda de Pirapitinga a R$ 15 o quilo

O mercado itinerante promovido pela Prefeitura de Macapá no primeiro sábado de cada mês, chega à sua 10ª edição no sábado, 2 de abril, com a venda de Pirapitinga a R$ 15 o quilo. A Feira Agricultura e Arte acontecerá das 8h às 14h, na praça Nossa Senhora da Conceição, localizada no bairro do Trem, na zona sul da cidade.


Serão mais de 20 agricultores e artesãos comercializando produtos a preços acessíveis como legumes, verduras, plantas medicinais e artesanais, além de outros itens de origem natural ou produzidos manualmente.

Nesta edição, os produtores convidados para a feira são moradores dos distritos do Pacuí, Maruanum, Santo Antônio da Pedreira e dos pólos da Fazendinha, Coração
Segundo o secretário municipal de Agricultura (Semag), Raimundo Azevedo, o principal objetivo é aproximar os produtores dessas localidades das políticas públicas do município.

“Todas essas regiões vão estar na feira e ela tem essa importância para a agricultura familiar, de gerar renda e emprego para essas pessoas através do escoamento dessa produção. Então, essa programação é muito importante como política pública e também para o desenvolvimento da nossa região”, frisou.

Evento gratuito sobre empreendedorismo e protagonismo feminino acontece nesta quinta (24) no Sebrae

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), promove o ‘Mulheres Protagonistas’, para abordar temas como empreendedorismo feminino e violência contra mulher’. A iniciativa, marca o lançamento oficial do Projeto Sebrae Delas 2022. As inscrições podem ser feitas na Loja Virtual do Sebrae. O evento acontece na Sede do Sebrae, no Salão de Eventos Macapá, nesta quinta (24), às 17h.


Programação

Local: Salão de Eventos Macapá
Data 24.3.2022 – Quinta-Feira

Hora: 17h – Palestra Eu Sei Me Defender
Palestrante: Ex-lutadora de Jiu Jitsu, Especialista em prevenção e enfrentamento a violência contra a mulher – Érica Paes

Hora: 18h – Redes de Apoio à Mulher no Amapá
Moderadora: Hosana Lima

Delegada Titular da Delegacia da Mulher – Sandra Dantas
Grupo Mulheres do Brasil – Cleicy Miranda
Secretária Extraordinária de Políticas para Mulheres – Renata Apóstolo
Central Única das Favelas Amapá (Cufa) – Alzira Nogueira

Hora: 19h – Liderança Feminina em Espaço de Poder
Palestrante: Vice-Presidente para América Latina da Internacional Socialista de Mulheres / Consultora Jurídica da Ação da Mulher Trabalhista – AMT Nacional Miguelina Vecchio – Marli Mendonça

Hora: 19h30 – Lançamento do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios e Revista Sebrae Delas
Palestrante: Diretora Técnica do Sebrae no Amapá – Marciane Santo

Hora: 19h50 – Palestra Dona de Si
Palestrante: Atriz da Rede Globo, Roteirista e Fundadora do Instituto Dona de Si – Suzana Pires.

Sebrae apresenta programação de abril para empresários e interessados

São cursos e oficinas na área de atendimento, gestão de pessoas e divulgação em mídias sociais, que oferecem certificados de cursos livres

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), divulga cursos disponíveis na instituição no mês de abril. As capacitações acontecem em metodologia presencial, cumprindo os protocolos de segurança, exigidos pelos órgãos de vigilância sanitária. Os cursos são ministrados na sede do Sebrae em Macapá, no período de 11 a 29 de abril.

Segundo a gerente da Unidade de Educação Empreendedora do Sebrae no Amapá (UEE), Denise Nunes, a programação apresenta temas de inovação que permitem maior competitividade dos pequenos negócios. “Visamos estimular aplicação de técnicas que permitam destaque e incentivo ao aumento de vendas de produtos e serviços. O primeiro trimestre vem trazendo cursos de atendimento, venda, marketing, finanças, gestão de pessoas, liderança, inovação, além oficinas práticas voltadas para marketing digital”, ressalta a gerente da UEE/Sebrae/AP, Denise Nunes.

Cursos

O Curso Gestão de Pessoas e equipes para microempresas, propõe aos participantes o desenvolvimento de competências ligadas à Gestão Estratégica de Pessoas, auxiliando-os na implantação de ações específicas na empresa. O investimento é de R$ 60 reais e estão abertas turmas, no período de 11 a 14 de abril, das 19h às 22h.

O Curso de Gestão do Tempo e Prioridades, visa ampliar a visão sobre o recurso tempo e como ele faz diferença na produtividade, assim como, compreender os hábitos pessoais de administração do tempo e da definição de prioridades e agir sobre eles; identificar os desperdiçadores do tempo e definir a melhor solução para cada um deles; aprender a utilizar ferramentas que facilitam a administração do tempo e a definição de prioridades; e desenvolver habilidades para a condução de reuniões mais objetivas e produtivas. O investimento é de R$250 reais e acontece no período de 25 a 29 de abril, das 18h30 às 22h30.

Oficinas

Oficina Tiktok para empresas, propõe aos participantes o desenvolvimento das habilidades e criatividades para divulgação de produtos e marca, por meio do recurso gratuito e pago no Tiktok. O investimento é de R$ 60 reais, nos dias 12 e 13 de abril, das 19h às 22h.

Oficina Como Anunciar no Facebook e Instagram, tem como objetivo ensinar a construção de um modelo de divulgação pela internet, com base no Facebook e Instagram, com o conhecimento de gestão com métricas de desempenho, que conecta empresários e potenciais empreendedores ao público nas mídias sociais, e amplia a atuação digital. O investimento é de R$ 60 reais, e acontece nos dias 19 e 20 de abril, das 19h às 22h.

Inscrições

As inscrições de cursos, oficinas e outras programações do Sebrae no Amapá estão disponíveis na Loja Virtual do Sebrae e/ou na Sede do Sebrae em Macapá, na secretaria de cursos, da Unidade de Educação Empreendedora (UEE), localizada à Avenida Padre Manoel da Nóbrega, fone para contato 96 3312-2834.                                                                                                                    

Coordenação

As capacitações empreendedoras do Sebrae no Amapá, são coordenadas pela Unidade de Educação Empreendedora (UEE).

Assessoria de Comunicação – Sebrae/Amapá

Roda de Bandaia retorna neste sábado (19), no Norte das Águas

 

E quem tava com saudade da ‘Roda de Bandaia’?! ela estará de volta neste sábado (19), a partir das 17h, no bar e restaurante Norte das Águas, localizado na orla do Araxá. A criação do projeto é do cantor e compositor amapaense, João Amorim. E desta vez terá a participação de especial dos cantores Osmar Júnior, Amadeu Cavalcante e Mayara Braga e de quem quiser dançar e rodar a saia.

Feirão do Povo terá a participação de afroempreendedoras de Macapá

A Prefeitura de Macapá realizará no sábado (19), o ‘Feirão do Povo’. A atividade acontecerá na área externa do Mercado Central e vai marcar a comemoração do Dia do Artesão. Além de produtos hortifrutigranjeiros, a ação também abrirá espaço para comercialização de itens produzidos pelas afroempreendedoras.
No local os visitantes poderão encontrar diversos tipos de criações como bonecas de marabaixo feitas de pano, acessórios feitos com caroço de tucumã, de açaí e outras sementes, além de roupas com estampas afro, bolsas, chaveiros e produtos que valorizam a cultura afro amapaense.


“A venda dos produtos das afroemprendedoras já é tradicional nos eventos da Prefeitura de Macapá e além de fomentar o comércio, a iniciativa valoriza ainda mais nosso trabalho, porque estimula não apenas o consumo desses produtos, mas também a valorização da negritude e o pertencimento social da população negra”, afirma a artesã Assunção Gomes, que está no mercado há 20 anos.

Para a diretora-presidente do Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir), Maria Carolina Monteiro, a iniciativa vem como mais uma oportunidade de geração de renda para as artesãs. “O Feirão vem para integrar as secretarias do município em uma grande ação que oportunizará aos empreendedores e as empreendedoras o incentivo e fomento de suas respectivas rendas”, destaca a gestora.

A ação é promovida pelas secretarias municipais de Agricultura (Semag), do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Inovação (Semtradi), dos institutos municipais de Turismo (MacapaTur), de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir) e da Fundação Municipal de Cultura (Fumcult).

Feira de Artesanato comercializa produtos amapaenses e premia melhor peça artesanal

A Feira de Artesanato do Amapá volta em 2022 com mais novidades para atrair os consumidores. O evento acontece no Amapá Garden Shopping, a partir das 18h, entre os dias 16 e 20 de março e conta com, pelo menos, 2 artesãos de cada município do estado.

@amarildocharges

Além da venda de produtos, a feira contará com ações de palestras motivacionais e relações humanas, oficinas de artesanato, legislação sobre artesanato e um concurso que deve premiar a melhor peça artesanal.

A Secretaria de Estado da Cultura do Amapá (Secult/AP) ficou encarregada de levar as atrações culturais ao evento como quadra junina, capoeira, marabaixo e carnaval. As atrações terão direito a cortejo no corredor do shopping durante os dias de evento.

“O artesanato é a prova substancial da força da nossa cultura. Com as vendas paradas, o suporte para a categoria dos artesãos é essencial. Com o apoio, eles e toda a cadeia produtiva do setor poderão gerar emprego e renda para essa comunidade. Desde o início de nossa gestão à frente da Secult, tivemos o compromisso de apoiar todos os segmentos artísticos e culturais. Continuamos firmes nesse processo de fortalecimento“, disse o secretário de Estado da Cultura, Evandro Milhomen.

Serviço:

Feira de Artesanato
Data: 16 a 20 de março
Horário: 18h
Local: Amapá Garden Shopping – Rodovia JK
Contato: (96) 98121-8489

Feira Agricultura e Arte acontece neste sábado (5), em Macapá

 

A Prefeitura de Macapá realiza, neste sábado (5), das 8h às 14h, a 9ª edição da Feira Agricultura e Arte. A ação será realizada na praça Nossa Senhora da Conceição, bairro do Trem, com a comercialização de verduras, legumes, frutas, além artesanatos e pescado do projeto ‘Peixe na Mesa’.

A iniciativa acontece sempre no primeiro sábado de cada mês. Desta vez, haverá venda de trabalhos manuais com peças artesanais de cerâmica, em madeira, além de bordados. Haverá ainda, a comercialização de Pirapitinga no valor de R$ 16 o quilo. Haverá comercialização de verduras, legumes, frutas, além artesanatos e pescado

 

Serviço

A Praça Nossa Senhora da Conceição está localizada na Avenida Desidério Antônio Coelho, no bairro Trem, região central de Macapá.

Sala do Empreendedor concentra serviços para pequenos negócios

Como forma de promover a formalização de microempreendedores na capital, a Prefeitura de Macapá entregou a população a Sala do Empreendedor, um espaço inteiramente dedicado ao auxílio de empreendedores e seus negócios. O espaço funciona por meio de uma parceria com o Sebrae e atende a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas.

De acordo com o subsecretário da Receita Municipal, Elcides Vales, o local garante o suporte necessário aos Microempreendedores Individuais (MEIs).


“Esta é mais uma iniciativa para geração de emprego e renda em Macapá e por meio dela, disponibilizamos uma série de serviços concentrados em único local para facilitar a formação dos pequenos negócios”, destaca.

Atendimentos acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h30.

Serviços disponíveis:

• Formalização, alteração e baixa do MEI
• Orientações sobre obrigações do MEI
• Consulta Prévia de Localização
• Impressão de Certificado da Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI)
• Orientação e impressão Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS)
• Obtenção de CNPJ
• Declaração anual de faturamento do MEI
• Orientação para emissão de Nota Fiscal de serviço e comércio
• Orientações sobre acesso ao crédito
• Informações sobre alteração de porte empresarial
• Orientações para formalização de Microempreendedor (ME) e Empresa de Pequeno Porte (EPP)

Além das atividades relacionadas aos MEIs, na Sala do Empreendedor também funciona como uma unidade para o usuário fazer a emissão do boleto do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), em cota única ou parcelado, e do Alvará de Funcionamento.

Sala do Empreendedor
O espaço funciona na Avenida Iracema Carvão Nunes, 267, no bairro Central. O atendimento ao público acontece de segunda à sexta-feira, das 8h as 13h30 e para acessar os serviços é necessário apresentar documentos de identificação.

Flor da Samaúma e um novo circuito de ecoturismo e vitrine para a bioeconomia no Amapá

 

O empreendimento “Flor da Samaúma” é mais nova opção de passeio que mostra o potencial de ecoturismo e bioeconomia do Amapá, em um dos estados mais preservados do Brasil. O empreendimento fica localizado na Área de Preservação Ambiental (APA) do Quilombo do Curiaú, na Zona Norte de Macapá e fica há 30 minutos do centro da cidade.

 

Para se chegar ao local, é preciso percorrer o itinerário do ramal do Torrão do Curiaú, que leva cerca de 10 a 15 minutos até chegar ao Porto do Mocambo, onde se começa a imersão pelo lugar lindo cercado de rios, trilhas, muito verde e grande biodiversidade amazônica.

Após percorrer a ponte com
acessibildade que leva até o porto do Rio Curiaú Mirim, os visitantes embarcam no Catamarã “Flor da Samaúma” que faz o percurso até sua foz, que deságua no rio Amazonas. Desta vez, o guia do passeio foi o ex-governador João Alberto Capiberibe, que também comanda o empreendimento.

Capi, explica que essa área é ícone da história e da cultura amapaense. O Sítio pertence a sua família há mais de 30 anos, e agora se transformou nesse empreendimento.

“O projeto de ecoturismo tem dois passeios diários de catamarã. Uma paisagem lindíssima com passeio pelo rio Curiaú e que deságua no rio Amazonas, onde a frente da cidade pode ser vista. Três horas de imersão profunda com a nossa riquíssima biodiversidade”, explicou Capi.

Na volta do passeio de barco, o visitante pode degustar do café de caroço de açaí e se deliciar com o biscoito de castanha, produtos da floresta amazônica que já ganharam o mundo e geram muitos empregos no Amapá.

Nesse espaço, o público curte as atividades da bioeconomia amazônica, como a Vitaminosa de açaí  e se delícia com o saboroso vinho e a aprende mais sobre as colméias da meliponicultura, ou criação de abelhas sem ferrão.

Após a aula sobre bioeconomia, é hora de percorrer seiscentos metros de caminhada pela trilha com nome de espécies de árvores até chegar a principal atração que é a Samaúma, a rainha da floresta. Todo trajeto é acompanhado de perto pelas guias de turismo, Natália e Keila,  da própria comunidade e responsáveis em apresentar o belo cenário da floresta.

O passeio custa R$ 120,00 mas se você levar o RG e for amapaense só paga a metade do preço. Crianças até seis anos não paga, e até doze anos paga somente R$ 30, 00. Uma curiosidade: o Porto do Mocambo abrigou os primeiros escravos fugitivos durante a construção da Fortaleza de São José de Macapá. Se você quiser almoçar por lá , tem que ligar antes e fazer a reserva. Perto do empreendimento tem um restaurante que serve galinha caipira, pato no tucupi, peixe e camarão regional, tudo preparado na hora.

A jornalista Ana Girlene acompanhou o passeio no último sábado 12, e ficou encantada. “Que maravilha, estamos há uns minutos apenas do centro da cidade, acompanhando o passeio e se deslumbrando no majestoso no rio Amazonas, experimentando a nossa realidade amazônica, estamos tendo uma aula”, contou.

A equipe do Portal Alcilene Cavalcante, acompanhada de profissionais da imprensa e de turismo, estiveram no local para conhecer de perto o empreendimento. Eles  aprovaram a Flor da Samaúma, que com certeza é  deuma riqueza imensurável para os amapaenses.

 

Texto e fotos: Lilian Monteiro
Serviço

Flor da Samaúma Ecoturismo e Bioeconomia

Funcionamento e horário dos passeios: terça-feira a domingo
Hora: 8h30 às 11h30 e 15h30 às 18h30
Local: Porto Mocambo (Área de Proteção Ambiental do Curiaú, Macapá)
Mais informações: (96) 99108-4814 / (96) 99901-5532

Perfil nas redes

https://instagram.com/empreendimentoflordasamauma?utm_medium=copy_link

Edital Sebrae Delas oferece 200 vagas para empreendedoras

 

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), abre inscrição eletrônica para o Projeto Sebrae Delas por meio de Edital. Iniciativa promove sensibilização e a articulação de atores estratégicos relacionados ao tema de empreendedorismo feminino. O acompanhamento técnico das empreendedoras acontece entre os meses de março e dezembro de 2022.

 

A diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo, explica a importância de um projeto empreendedor com foco em mulheres. “É fundamental apoiarmos o protagonismo feminino no mundo de negócios, pois as mulheres, no geral, são mais capacitadas, mas as empresas lideradas por empreendedoras tendem a faturar menos e investir menos em inovação”, pontua a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo.

Critérios

Podem participar do Projeto Sebrae Delas, empresárias não formalizadas com Cadastro de Pessoa Física (CPF), que possuem negócio em funcionamento há no mínimo 6 meses; e empresárias com negócios formalizados com Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), que devem ser proprietárias ou sócias no contrato social, atuar na empresa como gestora e ocupar posição de tomada de decisão estratégica.

Inscrição

As inscrições são eletrônicas e estão abertas até dia 15 de março de 2022, até às 23h59. Deve-se preencher a ficha de inscrição e optar pela figura empresarial correspondente, entre elas, candidata a empresária (CPF); Microempreendedora Individual (MEI); Microempresa (ME) e Empresa de Pequeno Porte (EPP). As ações do programa são diferentes para cada figura empresarial.

Vagas

O Programa Sebrae Delas disponibiliza 200 vagas, 85 para candidatas a empresárias (CPF); 35 vagas para Microempresas (ME); 70 vagas para Microempreendedor Individual (MEI) e 10 vagas para Empresa de Pequeno Porte (EPP).

Metodologia

As empreendedoras selecionadas participarão das atividades previstas do projeto, de março a dezembro de 2022, recebendo acompanhamento técnico para desenvolverem os aspectos de gestão empresarial, empreendedorismo, autoconhecimento (comportamental) e networking

Investimento

O Sebrae no Amapá subsidiará grande parte do custo operacional do Projeto Sebrae Delas. Desta forma, o investimento anual dos negócios para as participantes, será de R$ 150 reais; que podem ser parcelados em até oito (8) vezes no cartão de crédito ou à vista, em dinheiro, cartão de débito, transferência bancária ou PIX.

Resultado

A divulgação das empreendedoras selecionadas para participação no Programa Sebrae Delas, será publicada no Site do Sebrae no Amapá e via telefone, no dia 18 de março de 2022.

Estatística

A participação relativa das mulheres Donas de Negócios tem média nacional de 34,8%, e no Amapá corresponde a 29%, segundo pesquisa realizada pelo Sebrae Nacional, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre 2015 e 2019, surgiram 2,1 milhões novos Donos de Negócios; deste total, 1,580 milhão são mulheres que correspondem a 74% e 551 mil são homens que correspondem a 26%. Neste mesmo período, a cada quanto (4) novos Donos de Negócios, três (3) são mulheres.

Sebrae no Amapá:

Unidade de Marketing e Comunicação:

Projeto de reciclagem transforma lixo em materiais do dia a dia

Atividade é executada pela equipe de Educação Ambiental da Semam e atende alunos da escola pública e pessoas que buscam renda extra.

Papel, garrafa pet, plástico e pneu são materiais que normalmente iriam para o lixo, mas com a habilidade e criatividade do servidor público da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), Adenildo Lima, viram brinquedos e objetos do dia a dia como bandejas, lixeiras, porta-retratos e vasos. O artesão faz parte da equipe de Educação Ambiental da secretaria e o seu trabalho é compartilhar as ações de preservação e boas práticas.

O projeto de reciclagem que Adenildo coordena atende, principalmente, alunos de escolas públicas e pessoas que querem aprender uma nova profissão. De acordo com o servidor, tudo é transformado.

“Nós fazemos oficinas e cursos sobre como utilizar papel, garrafa pet e, principalmente, como transformar esses materiais em objetos que podem ser reutilizados. Após a produção eles podem ser vendidos e com isso gerar renda às famílias”, diz o servidor.

A Semam segue um planejamento de ações do projeto de reciclagem e a maior parte da demanda é do público externo. A partir disso, a equipe de Educação Ambiental realiza um estudo a fim de levantar as necessidades da comunidade para identificar o melhor meio de ajudar.

“Cada lugar tem a sua peculiaridade. A nossa equipe faz uma visita prévia para identificar as necessidades da comunidade que solicitou a nossa ação. Na oficina ministrada no Conjunto Habitacional Mucajá, por exemplo, vimos que as lixeiras eram uma necessidade dos moradores, então nosso trabalho foi criar as lixeiras com a utilização de pneus”, completou Adenildo.

Todo o dinheiro recebido é revertido na compra de materiais que não são recolhidos como tinta, cola e tesoura. O coordenador diz que a peça mais procurada para venda, e também durante os cursos, é a bandeia feita a partir de papel. Ele destaca que a arte de reutilizar materiais que iriam para o lixo gera um resultado positivo para o meio ambiente a curto e longo prazo.

“Em todo mundo o lixo é tido como um problema e um dos principais agentes na geração de doenças e problemas ambientais como enchentes. Mas nós da Educação Ambiental zelamos pelo cuidado com a natureza. Nosso objetivo é levar essas informações para mais pessoas porque se cada um fizer a sua parte, juntos teremos um planeta melhor”, finalizou.

Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana

O Amapá que Empreende: “Pin-Up Doll”, a moda retrô e vintage comandada por mulheres

 

As novidades no mundo da moda não param de chegar, mas isso não impede que as combinações mais utilizadas antigamente sejam reaproveitadas e incluídas nos estilos mais atuais. Por isso, a moda retrô, vintage e alternativa está tão presente nas prateleiras da loja Pin-Up Doll e no look de muitos amapaenses.

E hoje, a coluna do “O Amapá Que Empreende” contará a história desse empreendimento que é comandado por Suzane Serique, Natalia Ericeira e Eva Ericeira, mulheres que decidiram ingressar no mercado da moda em julho de 2020, em meio a pandemia. Mesmo diante de dificuldades e algumas incertezas surgiu uma luz, para por em prática um sonho antigo de todas elas, que era ter seu próprio negócio e com produtos que sempre gostaram, como estilo retrô.


Natália Ericeira disse que elas sempre tiveram amor pela estética retrô e vintage, as pin-ups, as atrizes, filmes antigos. “Com a a Pin-Up Doll tentamos resgatar esse amor pelo passado, mas trazendo uma nova forma de se comunicar, sem ideias retrogradas, livre de preconceitos e com representatividade feminina”, explicou a empreendedora.

A volta das tendências tem uma explicação bem simples: a valorização do gosto e liberdade de cada pessoa. As pessoas estão se aceitando mais, assumindo seus gostos com mais liberdade. Essa busca por aceitação consigo mesma tem muito a ver com essas décadas noventistas.

A década de 80 e 90 está sendo apresentada também nas passarelas do Brasil e do mundo com referências culturais, ligadas à música, cinema e estilo de vida. A moda vintage está fazendo sucesso em desfiles de moda e, principalmente, nas vitrines da loja.

Jornalista Lilian Monteiro também usa as blusas da Pin-Up Dool. Estampa da diva Nina Simone

O segmento escolhido também tem uma explicação mais do que justa como explica Natália. “Por já sermos adeptas e também por termos um círculo de amizades que fazem parte do estilo alternativo escolhemos vender produtos para quem curte a moda alternativa, camisetas com estampas com conteúdo, cultura pop, filme, série, livro, skate, música e, principalmente, empoderamento feminino”, ressalta.

As três empreendedoras foram atrás do sonhos e não tiveram nenhum tipo de consultoria. No começo da pandemia, por conta do isolamento, elas vendiam exclusivamente por entregas ou retiradas, sem contato com o público, a partir da flexibilização dos decretos de lockdown, foi montado um espaço físico, um local que fica na residência delas.

“Agora podemos receber nossos clientes e amigos, onde podem experimentar nossos produtos, ouvir um disco na vitrola, trocar uma ideia. Além de camisetas, agora também vendemos outras peças de vestuário, tênis, meias, agendas, canecas. Estamos planejando abrir a loja física com um espaço maior e também produzirmos nossas próprias estampas, fazer collabs com artistas locais”, contou Natália.

Atualmente as mulheres super poderosas vendem além de camisetas, outras peças de vestuário, tênis, meias, agendas, canecas. E como tem dado super certo, a Pin-Up Doll será expandida para uma loja física, com um espaço maior e também produzirmos nossas próprias estampas, fazer collabs com artistas locais.

Os preços dos produtos: Camisetas, Canecas, Sketchbook R$, 59,90, saias, R$ 125,00 tênis de T$ 159,90 a R$ 299,90.

Quer conhecer os produtos da Pin-Up Doll?
Acesse o Instagram: https://instagram.com/pinupdoll.loja?utm_medium=copy_link

Governo abre inscrições para empreendedores interessados em ocupar boxes na Casa do Artesão

 

A Secretaria de Estado de Trabalho e Empreendedorismo (Sete) iniciou nesta quinta-feira, 13, as inscrições para empreendedores interessados em ocupar os 30 boxes da Praça de Alimentação da Casa do Artesão, em Macapá.

O Governo do Estado reformou e revitalizou o espaço para abrigar trabalhadores que comercializam itens como comidas típicas, batata frita, pipoca e churros, chapa e espeto, água de coco e abacaxi, sorvetes e doces variados.

A previsão é inaugurar a Praça de Alimentação no primeiro trimestre de 2022.
Na expectativa de ocupar um dos boxes, o autônomo Isaac Palha de Souza não perdeu tempo e já fez a inscrição.

“Trabalho há 20 anos com a venda de comidas típicas. Fiquei sabendo das inscrições pelas redes sociais e decidi arriscar. Quem sabe não começo o ano novo com esta grande bênção de vender meus alimentos num ambiente estruturado e bem localizado”, comentou Isaac Palha.

Outra que aproveitou o embalo e fez logo o cadastramento foi a Inan Pantoja Brito. Ela concorre a uma das três vagas para ocupar os boxes da venda de sorvete.

“Estou desempregada e vi a chance de ter um espaço para a comercializar sorvetes. Há seis meses estou vendendo em casa”, disse a moradora do bairro do Buritizal, na zona sul de Macapá.

Os interessados em concorrer aos boxes (pessoas físicas e jurídicas) devem seguir as normas do Edital de Chamamento Público lançado pelo governo.

As inscrições seguem até 18 de janeiro, das 9h às 13h, no auditório da Sete, que fica na Avenida Mendonça Junior, nº 1175, esquina com a Rua Jovino Dinoá, Centro.

Confira aqui o edital
Para efetivar a inscrição é obrigatório, conforme o edital, preencher o requerimento da ficha de cadastro e apresentar originais e cópias dos documentos.
Para pessoa física, é exigido RG, CPF, 1 foto 3×4, comprovante de endereço atualizado e portfólio da atividade exercida.

No caso de pessoa jurídica, são necessários documentos como: Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, inscrição municipal, contrato de constituição da empresa, comprovante de endereço da empresa – atualizado, RG do sócio proprietário; CPF, do sócio proprietário. Também é necessário apresentar foto 3×4 – do sócio proprietário; portfólio da atividade exercida; entre outros documentos. 
Ao se candidatar, o interessado receberá comprovante por meio do recibo do Protocolo de Cadastro com o número de inscrição.

Análise documental

Uma Comissão Especial de Seleção (CES), composta por quatro agentes públicos ficará responsável pela análise de toda a documentação. A lista dos selecionados será divulgada no dia 21 de janeiro de 2021. Já a relação definitiva está prevista para 28 do mesmo mês.

Semam inicia campanha educativa para regularização de batedeiras de açaí

Objetivo é conscientizar pequenos empreendedores sobre descarte de caroços e licenciamento ambiental.

A Prefeitura de Macapá, por intermédio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Postura Urbana (Semam), dá início à semana de conscientização e fiscalização das batedeiras de açaí.

A campanha, que começará na próxima segunda-feira (13) e seguirá até sexta-feira (17), visa sensibilizar os microempreendedores sobre a importância do descarte correto dos caroços de açaí e do licenciamento ambiental para que essas batedeiras funcionem de maneira legalizada.

Segundo o secretário da Semam, Marcelo de Oliveira, a principal finalidade da campanha é levar informação para a população que consome o açaí, mas principalmente os responsáveis pelas vendas.

“Nós nos preocupamos com a legalização do licenciamento nesses locais, mas saber para onde vai o descarte do caroço de açaí é essencial. Estamos encontrando cada vez mais áreas de ressacas sendo aterradas com esses caroços de açaí, o que é um problema ambiental sem precedentes”, comenta o secretário.

Outros serviços

Além disso, a Semam continuará suas atividades de notificação, em ação conjunta com a vigilância sanitária, ao exigir legalmente o estudo do licenciamento ambiental nos principais estabelecimentos da cidade, como farmácias, clínicas, estúdios de tatuagens, clínicas veterinárias e auto boxes.

Prefeitura Municipal de Macapá

http://www.macapa.ap.gov.br

Feira de Mulheres incentiva empreendedorismo feminino no Amapá

Evento acontece nesta sexta-feira, 3, e também terá apresentações teatrais, artísticas e oficinas.

O Governo do Amapá realiza, na próxima sexta-feira, 3, a 1ª Amostra de Mulheres Empreendedoras – Feira de Mulheres Fortes, no Complexo da Beira Rio, a partir das 16h. O evento reunirá 30 microempreendedoras para comercializar produtos como: louças da Comunidade do Maruanum até cosméticos produzidos no Alto do Araguari, móveis rústicos, artesanatos, comidas típicas, plantas, além de drinks personalizados.

O evento é coordenado pela Secretaria Extraordinária de Política para Mulheres (Sepm). As microempreendedoras são atendidas e acolhidas pelos centros Crams, Camufs e Núcleo de Acolhimento às Mulheres Amapaenses Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais (AMA/LBTI).

A Amostra faz parte da programação dos 16 Dias de Ativismo, cujo objetivo é fomentar a autonomia econômica dessas mulheres e apoiar o empreendedorismo feminino, ponto primordial para a construção de novos objetivos e saída de ciclos de violência

O evento terá atrações musicais, teatrais e contará com um espaço com comidas regionais, drinks com frutas amazônicas, gengibirra, venda de farinha, bolos e doces preparado pelas empreendedoras. A ação tem o apoio da Agência Amapá, da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) e da Agência de Fomentos do Amapá (Afap), com serviços de informação e direcionamento para quem quer melhorar seus empreendimentos ou potencializar seus produtos.

Haverá, também, oficinas de coquetelaria, fabricação de repelentes naturais e desinfetantes.

Confira a programação:

https://www.portal.ap.gov.br/noticia/0112/feira-de-mulheres-incentiva-empreendedorismo-feminino-no-amapa

‘Gravidade Zero’ promove live sobre empreendedorismo feminino

 

Nesta sexta-feira (26), às 18h30, acontece em Macapá, o “Gravidade Zero”, uma live colaborativa focada no empreendedorismo feminino amapaense. Além disso, o evento on-line irá arrecadar recurso para tratamento de pessoas com câncer.

Segundo os organizadores da live, a intenção é criar um ambiente dinâmico e desprendido de formalidades, longe de todas as pressões e correrias de uma mulher moderna, sem pesos”, é o que explica a empreendedora Cris Guedes, do Lar de Casa, uma das idealizadora sdo projeto.

“Gravidade zero” será em formato de mesa redonda e reunirá 13 mulheres de perfil empreendedor, responsáveis por seguimentos distintos. O objetivo será dividir experiências, somar forças e fomentar o empreendedorismo entre as mulheres.
Time de mulheres convidadas

Ana Girlene ( jornalista e apresentadora do Café com Notícia)
Silvana Vendovelli  (Ex-secretaria de Saúde da PMM)
Diretora técnica do Sebrae Amapá, Marciane Santo
Vilmar (Toli)
Carla Ferreira (Flor de Festa)
Simone Palheta (Política de educação no Estado / Table du Jour)
Gisele Beserra (Oca cowinking)
Cris Guedes: (Lar de casa)
Danielle Beserra (Dermatologista – Clínica Magfinique)
Kamila Pires (Fisioderma)
Alessandra Neves  (Realiza, Vialle e Studio Vialle)
Letícia (Oliver for men)
Rejane Soares  (ZWanga)

Encontro Mulheres de Negócios no Sebrae celebra ‘Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino’

 

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), promove Encontro Mulheres de Negócios com a participação da empresária e escritora Tathiane Deândhela, que já palestrou em Orlando, Miami, Hollywood, Boston e Londres. Evento conta com Talk Elas no Empreendedorismo, com empresárias amapaenses para compartilhar casos de sucesso. Encontro acontece na Sede da instituição em Macapá, nesta sexta (19), às 19h30. As inscrições estão disponíveis na Loja Online do Sebrae.

A diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo, afirma que a participação de mulheres nos negócios aumenta consideravelmente a cada ano. “O Empreendedorismo feminino, é um movimento que reúne negócios criados ou comandados por uma ou mais mulheres. Assim, é considerado como iniciativas de lideranças femininas, incluindo a atuação das mulheres em altos cargos em empresas”, disse a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo.

Segundo a gestora do Projeto Sebrae Delas, Rejane Reis, mulheres empreendedoras enfrentam grandes desafios. “Começar um novo negócio, requer planejamento, desenvolvimento e muitas habilidades diferenciadas da empreendedora”, destaca a gestora do Projeto Sebrae Delas, Rejane Reis.

Palestra

A Palestra Faça o Tempo Trabalhar Por Você, ministrada pela empresária e escritora Tathiane Deândhela, propõe uma abordagem sobre a importância das mulheres de negócios, pela quantidade de funções que a mulher exerce no dia a dia. A palestra, ratifica que uma mulher de negócios precisa ter efetividade nas tarefas para contribuir com êxito cada vez mais com a família e a sociedade; e faz uma reflexão sobre os principais fatores que interferem em baixos resultados e quais estratégias adotar para aumentar a produtividade.

Palestrante

Tathiane Deândhela, é especialista em produtividade, profissional e mentora de palestrantes especializada em produtividade e comunicação, empresária; Autora de 2 best-seller, Master Coach Trainer pelo The International Association of Coaching; Especialista em Marketing com ênfase em Serviços pela FGV, Liderança pela Franklin Covey; Referência no mundo corporativo sobre Produtividade e Alta Performance; Consultora de Carreira; Foi diretora de Instituição de ensino de Pós-graduação; Atualmente é escritora dos best-sellers, ‘Faça o tempo trabalhar para você’ e ‘Faça o tempo enriquecer você’, com prefácio de Luiza Helena Trajano e Geraldo Rufino, respectivamente.

Talk

O Talk Elas no Empreendedorismo, conta com a participação das empresárias Adelaide Feitosa, representante das Lojas Jumbinha, Rejane Soares, da empresa Zwanga African Fashion; e Aline Araújo e Manuh Coutinho, representantes da empresa Bar do Vila, que compartilham experiências e falar sobre as conquistas; e passam dicas de como conciliar a vida de negócios com o cotidiano.

Destaque

Na oportunidade, será lançada a plataforma de vendas on-line Compre Delas Amapá, que reúne empreendedoras participantes do Projeto Sebrae Delas. A ferramenta é mais um canal de vendas proporcionado pelo Projeto às empreendedoras participantes. Um sistema completo e robusto, que possibilita a divulgação das empresas através de lojas on-line, com descrição e fotos de seus produtos ou serviços, e sistema de carrinho de compras com fechamento diretamente via WhatsApp da empresária, de forma a possibilitar negociação individual e a gestão independente de cada participante.

Inscrições

O investimento para participação no Encontro Mulheres de Negócios, é de R$ 40 reais e os ingressos podem ser adquiridos na Loja Online do Sebrae.

Coordenação

O Encontro Mulheres de Negócios é coordenado pela gerente da UEE/Sebrae/AP, Denise Nunes e pela gestora do Projeto Sebrae Delas no Amapá, Rejane Reis.

Programação

Data: 19.11.2021 – Sexta-Feira

Hora: 18h30 – Credenciamento

Hora: 19h30 – Talk Elas no Empreendedorismo

Hora: 20h00 – Palestra Faça o Tempo Trabalhar por Você.