StartupON: mais de 300 pessoas participam do evento que impulsiona a expansão das startups no Amapá

Ao longo deste sábado, 29, público tem a oportunidade de conhecer a modalidade de negócio e ouvir experiências de empreendedores que já atuam no ramo.


Mais de 300 pessoas participam do StartupON neste sábado, 29, em Macapá. O evento oferta orientações e mentorias gratuitas para empreendedores e pessoas interessadas em conhecer mais sobre as startups, que são empresas com soluções inovadoras e objetivas para atender uma ou mais necessidades do mercado.

Com objetivo de impulsionar a expansão das startups no Amapá, a iniciativa é da Associação Brasileira de Startups (Abstartups), com o apoio do Governo do Estado e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Durante a programação, os participantes têm a oportunidade de ampliar o networking e conhecer mais sobre temas como bioeconomia, ensino e pesquisa e ‘vendarketing’, uma estratégia de marketing voltada para conquistar mais clientes.

Para a psicóloga Marciene Lobato, de 42 anos, o StartupON foi fundamental para conhecer mais sobre como é o processo de criação de uma startup. Ela tem interesse em desenvolver tecnologias voltadas para a saúde mental dentro das empresas, uma necessidade que vem crescendo nos últimos anos, principalmente, depois da pandemia da Covid-19.

“Uma grande dúvida que eu tinha é como é que a gente pode começar uma startup? Outro ponto, precisa de dinheiro? Eu descobri aqui que a gente precisa ter uma renda, uma fonte, mas o governo apresenta linhas de crédito. Com isso, aprendi que não precisa de muito dinheiro, mas precisa muita vontade e acreditar naquilo que você quer”, ressaltou a psicóloga.

Pessoas como Marciane tiveram a oportunidade de conhecer a experiência de startups amapaenses já consolidadas no mercado, como é o caso da Tributei, que atua na área fiscal.

“Eventos concentram agentes, atores e pessoas que são importantes no mundo de startups, onde eles compartilham conhecimentos e experiências que nos ajudam a evitar erros e também estabelecer conexões”, Jefferson Pinto, fundador Tributei.

O gestor da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia, Edivan Barros, pontuou que o Governo do Amapá aposta em soluções inovadoras como caminho para o desenvolvimento econômico e tecnológico.

“Startups, hoje, representam a nova economia, que agrega a inovação de tecnologia com os ativos ambientais da Amazônia. Nesse evento, vimos muitas pessoas de fora do mundo das startups com ideias inovadoras que poderão ser, no futuro, empresas com desenvolvimento de negócios puramente tecnológicos”, disse o gestor da Setec, Edivan Barros.

Incentivo à inovação

Com DNA 100% amapaense, a Tucuju Valley reúne um grupo de empreendedores com foco em apoiar startups que estão se consolidando no mercado local. Um levantamento realizado pelo grupo em 2021 mostra que as startups amapaenses conseguiram atingir uma marca superior a R$20 milhões em faturamento, com cerca de 500 empregos gerados diretamente e 2 mil indiretamente.

“A gente tem acompanhado a movimentação do Amapá, os últimos quatro anos foram muito ricos para o estado. Com o StartupON, a gente espera potencializar esse movimento que está acontecendo para que tenha mais empreendedores e mais startups na região Norte”, destacou Danilo Picucci, diretor de Ecossistemas e Comunidades Abstartups.

Para o empreendedor Lindomar Góes, que faz parte do Tucuju Valley, eventos como esse são um fator decisivo para pessoas que já têm a vontade de entrar no segmento.

“Deste público que participou do evento, muitos vão pesquisar sobre startups e voltarão, ano que vem, para o próximo evento, já  como cases de sucesso, como novas startups milionárias no Amapá”, destacou Lindomar.

A diretora-superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante, reforçou que a entidade apoia iniciativas que formetam a inovação.

“O Sebrae vai estar sempre incentivando esse processo, porque a gente tem entendimento de desenvolver o Amapá através de soluções inovadoras”, pontuou.

Associação Brasileira de Startup chega em Macapá para promover o dia de mentoria gratuita para empreenderes


Desde 2018, o StartupON, iniciativa da Associação Brasileira de Startups (Abstartups), tem oferecido mentorias gratuitas à startups em fases iniciais em todo o país. A quarta edição na região norte, deste ano, chega em Macapá, no Amapá, na quinta-feira, dia 20 de outubro. A iniciativa conta com o apoio institucional da Manaus Tech Hub, AWS, Ambev, Dell Technologies e Intel, e será co-realizada pela comunidade Tucuju Valley.
Ao longo de 71 edições, o StartupON já impactou mais de 11.000 pessoas. O encontro tem o intuito de gerar visibilidade para as comunidades de startups locais e expandir o conhecimento e networking entre os seus participantes. Por meio dele, a Abstartups pretende ampliar o público, focando em Líderes de Comunidade e Ecossistema, Empreendedores Early e Entusiastas/Curiosos e Startups em fases de Operação e Tração.
No último Mapeamento do Ecossistema de Startups, foi constatado que 66,7% das startups do estado do Amapá estão concentradas nos segmentos de educação, agronegócio e desenvolvimento de software. Dessa forma, essa iniciativa busca impulsionar ainda mais um ecossistema que está em ebulição. “O foco é mostrar aos fundadores de startups e pessoas que estão pensando em empreender que este é um celeiro ainda pouco explorado e que merece atenção do ecossistema. Nossa missão é direcionar empreendedores a uma jornada saudável e, claro, que ajude no desenvolvimento tecnológico de todo o Brasil”, comenta Danilo Picucci, diretor de Ecossistemas & Comunidades da Abstartups.
Como um dos apoiadores da iniciativa, o Manaus Tech Hub, espaço de inovação aberta criado e mantido pelo Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia, tem como uma de suas finalidades contribuir diretamente à ampliação do ecossistema de inovação da região Norte e do Brasil. “A união de grandes organizações a fim de abrir oportunidades de desenvolvimento às startups e aprimorar suas aplicações em novas tecnologias é gratificante e é o principal foco do MTH. o desenvolvimento da tecnologia e expansão do networking no Brasil”, explica Paulo Melo, Gerente Sênior do MTH e de novos negócios no Sidia.

Durante todo o evento, empreendedores terão acesso a palestras com empreendedores locais e de outros locais do Brasil, acesso a pessoas de mercado dispostas a compartilhar conhecimento e interação entre os principais mentores da região. Dessa forma, startups terão mais chances de serem vistas por potenciais investidores. A programação completa ainda conta com palestras e happy hour.
O conteúdo apresentado trará uma visão de como empreendedores do Brasil inteiro podem encontrar suporte e oportunidades de mercado, por meio da experiência de pessoas envolvidas nos ecossistemas locais. A participação é 100% gratuita e as inscrições acontecem através do Sympla, no link disponível aqui.

ASCOM StartupON Macapá