Governo oferta cursos profissionalizantes para trabalhadores de Macapá e Santana

O Governo do Amapá oferta cursos profissionalizantes gratuitos para jovens e trabalhadores de Macapá e Santana. Nessa primeira etapa, serão disponibilizadas 420 vagas para diversas áreas. As inscrições iniciam nesta segunda-feira, 23, nos formatos online e presencial.
Como critério, o candidato deve possuir escolaridade mínima de Ensino Fundamental II, ou seja, do 6º ao 9º ano do fundamental.
A Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) é a responsável pela oferta de 19 cursos, com carga horária de 20 a 160 horas aulas. As inscrições seguem até 25 de maio.

A vagas são para motorista condutor de carga (25); operador de empilhadeira (25); movimentação de produtos perigosos (25); técnicas de limpeza e arrumação (25); cozinha industrial (25); operador de caixa (20); repositor (20); preparo de drinques e coqueteis (20); auxiliar de cozinha (20); manipulação de alimentos (20); curso de hambúrguer artesanal (20); porteiro e vigia (20); montador de móveis (20); ornamentação e brindes para festas (20); frentista (20), salgadeiro (25); cabeleireiro (25); massoterapia (25) e calceteiro (20).

Inscrições

Para se inscrever presencialmente, o candidato deve se dirigir ao prédio da Casa do Trabalhador, na Avenida Mendonça Júnior, bairro Santa Rita, das 8h às 12h. No ato da inscrição, preencher uma ficha com os dados pessoais e a opção de curso.
Para o processo de inscrição online, é necessário acessar o link e preencher o documento. O candidato poderá escolher um segundo curso como opção.
A maioria dos cursos serão aplicados no Centro de Ensino Profissionalizante do Amapá Professora Josinete Oliveira Barroso (Cepajob), no bairro Santa Rita. Todos os participantes receberão certificados emitidos pela Sete.

“São cursos gratuitos oferecidos pelo Governo com o objetivo de preparar os jovens e os trabalhadores para o primeiro emprego ou recolocação no mercado de trabalho com escolaridade mínima de Ensino Fundamental II”, afirmou o secretário de estado do Trabalho e Empreendedorismo, Luiz Carlos Araújo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.