Governo do Amapá lança 5ª edição do ‘Minha Primeira Empresa’, com oportunidades para 100 novos empreendedores

Programa Minha Primeira Empresa beneficia negócios na fase inicial e estimula a economia

O Governo do Amapá lançou nesta quinta-feira, 18, a 5ª edição do “Minha Primeira Empresa”, um programa que estimula a criação de negócios no estado. Na cerimônia, o governador Clécio Luís também oficializou a entrega de microcréditos a 48 empreendedores finalistas da última edição.

“Nós queremos fortalecer essa cultura do empreendedorismo no Amapá, saindo da economia do ‘contra-cheque’. A única saída para o nosso estado é através do setor privado, diversificando a renda. E nós estamos trabalhando por uma economia cada vez mais forte”, destacou o governador.

O “Minha Primeira Empresa” foi lançado em 2020 e já financiou quase 180 novos empreendimentos em todo o estado, como é o caso do empresário Odilon Gouveia, fundador de uma startup que recebeu R$ 80 mil na 4ª edição.

“O programa foi fundamental em todo esse percurso inicial. Somos o primeiro laboratório de criação de pós-larvas de camarão do estado e isso só foi possível por meio do que esse programa proporcionou. Entramos como startup e agora estamos produzindo”, descreveu Gouveia.

Chegam à etapa final do programa diversos tipos de negócios e em vários municípios, como uma cooperativa de vigilância em Macapá; uma confeitaria de Porto Grande; e uma agroindústria de Itaubal.

Novas oportunidades

A 5ª edição, cujos editais foram lançados nesta quinta-feira, conta com 100 novas oportunidades, onde cada empreendedor terá acesso a capacitação empresarial e a crédito, com acompanhamento técnico.

CONFIRA OS EDITAIS DA 5ª EDIÇÃO DO MINHA PRIMEIRA EMPRESA:

Podem se inscrever beneficiários de programas sociais, universitários, donos de startups de tecnologia e de bioeconomia, e de quem atua em área multisetorial, como comércio, indústria, serviços, produtor rural, cooperativa de produção, serviços e de extrativismo.

As inscrições para a 5ª edição do programa iniciam no domingo, 21, e vão até às 23h59 do dia 20 de agosto, por meio do site www.processoseletivo.gov.br.

As Unidades do Super Fácil e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em todo o estado apoiarão na realização das inscrições com a disponibilização de computadores e técnicos para orientação.

“Estamos reconstruindo uma parcela do empreendedorismo no Amapá. Esse programa é bem construído. Colocar dinheiro é só uma das fases. Precisamos capacitar o empreendedor. Por isso esse acordo merece essa alegria e esse orgulho. É a decisão acertada do poder público fazer a economia crescer por meio do empreendedorismo”, comentou Jurandil Juarez, presidente em exercício do Conselho Deliberativo do Sebrae-AP.

Aquecimento da economia

O programa acontece por meio de um acordo de cooperação firmado entre a Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá e (Agência Amapá), a Agência de Fomento do Amapá (Afap) e o Sebrae-AP.

“É essa pequena empresa que começa aqui que lá na frente nos ajuda a impulsionar a economia. É se jogando que os negócios vão pra frente. Que todas as empresas sigam contribuindo para o desenvolvimento econômico do Amapá e do Brasil”, celebrou a superintendente do Sebrae-AP, Alcilene Cavalcante.

Iniciativas como o Minha Primeira Empresa são políticas que proporcionam as condições para impulsionar a geração de emprego e aquecimento da economia do Amapá.

“Esses financiamentos entregues hoje atingem 48 empresas e superam o valor R$ 1 milhão. A Afap fica muito feliz em participar de mais essa etapa da consolidação de novos negócios no Amapá”, ressaltou o diretor-presidente da Afap, Eduardo Braz.

Beneficiada da 1ª etapa do programa, a empresária Nayely Costa destacou a importância de investimentos como o Minha Primeira Empresa para valorizar o setor privado no Amapá.

“Eu jamais imaginei que o nosso negócio sairia de MEI [Microeemprendedor Individual] para EPP [Empresa de Pequeno Porte] em menos de um ano e isso aconteceu na Expofeira, que veio para mudar a nossa vida. E este ano será ainda melhor. O empreendedorismo tem a capacidade de transformar ideias em mudança de vidas”, evidenciou Nayely, presidente do Clube Minha Primeira Empresa.

 

4º Festival Burger Fest Rock: um sucesso de gastronomia, empreendedorismo, cultura e sustentabilidade

O festival aconteceu durante o fim de semana e atraiu público de todas as idades para vivenciar a programação e exposições

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae em exercício, Jurandil Juarez; a diretora-superintendente do Sebrae no Amapá, Alcilene Cavalcante; a diretora técnica do Sebrae, Suelem Amoras; e o diretor de Administração e Finanças do Sebrae no Amapá, Marcell Harb, receberam a sociedade e empreendedores amapaenses, na 4ª edição do Burger Fest Rock. O objetivo é valorizar e divulgar os sabores regionais das hamburguerias, com criações inovadoras e exclusivas para o festival; e possibilitar aos visitantes uma experiência gastronômica diferenciada. O Burger Fest Rock aconteceu no Sebrae, durante o fim de semana, de 12 a 14, das 17h às 23h.

Sebrae

De acordo com o presidente do Conselho do Sebrae, em exercício, Jurandil Juarez, o evento foi um sucesso e atingiu pessoas e grupos de todas as idades. “O Burger Fest foi extraordinário, e movimentou as pessoas. É muito interessante ver as famílias, os jovens, as crianças, todos ligados no festival. Então o Burger Fest já é um grande acontecimento”, destacou o presidente, Jurandil Juarez.

“Quero agradecer a todos os empreendedores que participaram, que acreditam no Sebrae, e que contam com nosso apoio. Declaro em nome do Sebrae, que o nosso propósito é servir e apoiar os empresários que participam com a gente nesses grandes eventos”, disse a superintendente do Sebrae no Amapá, Alcilene Cavalcante.

MIDR

O ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional do Brasil (MIDR), Waldez Goés, esteve presente no festival e elogiou a realização do festival. “Quero parabenizar o Sebrae pelo Burger Fest Rock, que representa a juventude, a família, crianças, entretenimento, lazer e principalmente, o empreendedorismo, uma relação de rede de oportunidades, cada um agregando valor, atividade e capacitação”, disse o ministro, Waldez Goés.

Competição

A competição entre os 17 hamburgueres temáticos do Burger Fest Rock foi uma grande atração e incentivo para os chefs capricharem nos ingredientes regionais. O jurado/referência nacional, Fabrício Schibuola, definiu o pódio dos três (3) vencedores do concurso.

1º Lugar – Tucuju Burger (‘Ainda é cedo’ – Pão, carne bovina, geleia de bacon, creme de queijos regionais e crispy de macaxeira), teve o troféu entregue pela diretora-superintendente do Sebrae no Amapá, Alcilene Cavalcante; o 2º Lugar – Delícias da Oci (‘Pais e Filhos’ – Delicioso Burger feito com pão, queijo mussarela, blend de peixe chapeado, alface, camarões regionais grelhados com ervas, acompanha maionese de jambu),  teve o trófeu entregue pelo diretor de Administração e Finanças do Sebrae no Amapá, Marcell Harb; e o 3º Lugar – Garagem Foodbeer (‘Sete cidades’ – Hambúrguer com blend bovino, creme de queijo regional (manteiga), farofa de Panko com bacon, piracuí e pimentinha de cheiro), entregue pela gerente da Unidade de Atendimento Coletivo – Comércio e Serviços do Sebrae no Amapá (UAC-CS), Vânia Chermont.

Atrações

O evento contou com a Palestra de Marketing para Hamburguerias com o convidado nacional, Fabrício Schibuola; comercialização de hambúrgueres artesanais; cerveja artesanal e drinks; Espaço Tatoo; Espaço Kids; Exposição de artigos da banda Legião Urbana; e exposição de camisaria e acessórios.

Passaram pelo Palco Cultural durante as três noites de evento, as bandas Quitéria, Dezoito21, Savoye, Garage Vintage, Macho Veio, Hanna Paulino e Wanderley Andrade.

O visitante Márcio Cardoso, levou a esposa e os filhos para participar da programação. “Nós estamos aqui pela primeira vez no Burger Fest rock, e a gente está adorando esse evento. É um evento incrível que a gente queria ter vindo há bastante tempo, e graças a Deus ainda terão muitas outras edições, a gente vai vir sempre”, conta o visitante.

A dona da hamburgueria Bull Dog Hamburgueria, Ana Débora, participou pela segunda vez consecutiva do festival e revela que o evento ajudou para alavancar o empreendimento. “O evento Burger Fest Rock é muito importante, principalmente para quem está começando. Ano passado a gente também participou do festival e a nossa hamburgueria tinha acabado de começar, estava entrando no mercado e foi de grande importância, porque a gente pôde divulgar nosso nome, divulgar nosso lanche e trouxe bastante visibilidade para a hamburgueria”, apontou a empreendedora.

Pet

O Projeto Sebrae + Pet marcou presença com o Espaço Pet Friendly que ofereceu comida natural aos pets. “É uma experiência nova no mercado, onde algumas empresas da área de alimentação já estão aderindo para que você também possa curtir com seu animal na mesa comendo um hambúrguer”, revela a gestora do Projeto Sebrae + Pet, Kelly Cardoso.

Sustentabilidade

Nesta edição o Sebrae implementou política de sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente durantes o evento; foram disponibilizados pontos de coleta de vidro por todo o espaço do festival. A CEO da empresa Amazon Reuse, Marília Nery, conta qual será o destino dos materiais reciclados coletados. “Esses materiais serão encaminhados para as cadeias produtivas, que são empresas que trabalham com reciclagem, associações que fazem artesanatos e todo esse material vai gerar uma nova economia, que a gente chama de Economia Circular”, explicou a CEO, Marília Nery.

Coordenação

O Burger Fest Rock é coordenado pela gerente da Unidade de Atendimento Coletivo – Comércio e Serviços do Sebrae no Amapá (UAC-CS), Vânia Chermont; e pela gestora do Projeto de Gastronomia Tucuju, Tatiane Negrão.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Inclusão produtiva no Amapá ganha destaque na abertura do Congresso Transformar Juntos em Brasília/DF

O Projeto Força Mulher do Sebrae desenvolvido em Tartarugalzinho e municípios do Amapá foi apresentado para mais de 2 mil gestores públicos que participam do Congresso Transformar Juntos, um evento nacional que constrói caminhos de desenvolvimento econômico e social nos municípios


A superintendente do Sebrae no Amapá, Alcilene Cavalcante e a gerente de Políticas Públicas do Sebrae, Célia Cardoso, coordenam a delegação do Amapá com 30 participantes, no Congresso Transformar Juntos, que acontece no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília/DF, de 9 a 11 de julho. A programação está composta por casos de sucesso, palestras, oficinas, trocas de experiências e construção de redes em prol do desenvolvimento sustentável do país.

Segundo a superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante, as autoridades municipais e estaduais, gestores públicos, agentes de desenvolvimento, e lideranças locais são atores indispensáveis na transformação que o Amapá busca. “Se a vida acontece nas cidades, é com quem está nesta ponta que precisamos contar para mudar a realidade. Esse novo modelo de desenvolvimento social e econômico que a gente deseja, mirando na inclusão que passa pelo fomento aos pequenos negócios, só é possível se trabalharmos juntos. E é o que o Sebrae está propondo nesse evento”, disse a superintendente, Alcilene Cavalcante.

Amapá

Os municípios de Amapá, Tartarugalzinho, Oiapoque, Laranjal do Jari, Vitória do Jari, Pedra Branca do Amapari, Cutias do Araguari, Porto Grande, Santana, Mazagão e Serra do Navio, estão representados e estarão em capacitação no debate e na troca de experiências sobre políticas públicas voltadas para os territórios e municípios, no âmbito das Compras Públicas de micro e pequenas empresas; Simplificação do ambiente de negócios; estímulo às economias portadoras de futuro com ações de Turismo, Sustentabilidade, Economia Criativa, Inovação e Energia; além de impulsionar a Educação Empreendedora no país.

Destaque

A Prefeitura do Município de Tartarugalzinho/AP, apresentou no Painel – Transformando Vidas: Inclusão Socioprodutiva como Agente de Mudança, como o Projeto Força Mulher do Sebrae tem transformado vidas, a partir do empreendedorismo feminino e a independência financeira de mulheres em situação de vulnerabilidade social, que está resgatando sonhos por meio dos negócios.

A abertura oficial do evento contou com as presenças do presidente em exercício da República, Geraldo Alckmin; dos ministros do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho; e do Turismo, Celso Sabino; e do presidente nacional do Sebrae, Décio Lima.

 

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Fabrício Schibuola fundador do blog ‘Hambúrguer Perfeito’ especializado em hambúrguer no Brasil estará no Burger Fest Rock

A palestra com o publicitário faz parte da programação do Festival Burger Fest Rock, que acontece de 12 a 14 de julho. Fabrício possui 17,8 milhões de seguidores no Instagram, e atualmente seu blog é a maior rede multiplataforma dedicada a hambúrguer


Potencializar o desempenho e conhecimento dos empreendedores locais, é o propósito para o Sebrae trazer ao Amapá, o publicitário Fabrício Schibuola, que é conhecido por ser o criador e editor chefe do blog ‘Hambúrguer Perfeito’, dedicado a conteúdo, receitas e cursos sobre hambúrguer. O especialista estará no Burger Fest Rock, e ministrará a Palestra ‘Marketing para Hamburguerias – Como se diferenciar desse mercado tão competitivo’. O evento acontece na sede da instituição, no Auditório Campos do Laguinho, no sábado, 13 de julho, às 10h30.

“A palestra é uma capacitação com vagas limitadas e propõe introduzir novos conteúdos sobre marketingcomo estratégias de vendas, posicionamento nas redes sociais e demonstrar a nova dinâmica tecnológica e inovadora nesse segmento de hamburguerias”, disse a gestora do Projeto Gastronomia Tucuju, Tatiane Negrão.

Palestrante

Fabrício Schibuola é publicitário, pós-graduado em marketing de serviços pela FAAP e Design pela Elisava de Barcelona. O publicitário está no ramo desde 2009, quando fundou o blog, é responsável pela elaboração do Curso Hambúrguer Perfeito, um curso online que oferece receitas de hambúrguer, orientação e dicas para quem deseja ter uma hamburgueria. É sócio da The Burger Store e presta também consultoria em posicionamento de marca, comunicação e marketing digital para hamburguerias.

Inscrições

As inscrições são feitas pelo link https://acesse.one/IngressoPalestra e o investimento é de R$ 40 reais. O evento reúne interessados, empreendedores, potenciais empreendedores, e profissionais interessados em hambúrguer.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Sebrae promove oficinas preparatórias para expositores e equipes de apoio do Burger Fest Rock

Programação mostra estratégias e processos que melhoram os serviços do Festival Burger Fest Rock que acontecerá de 12 a 14 de julho, no Sebrae

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) realiza oficinas preparatórias para o Burger Fest Rock. O objetivo da ação é orientar os expositores e a equipe de apoio, para um melhor atendimento aos visitantes e consumidores que estarão no festival. O evento promove a integração e network dos grupos de trabalho, para troca de experiências e esclarecimentos de dúvidas sobre o festival. O encontro acontece na sede do Sebrae no Amapá, na Sala do Conhecimento, na próxima sexta (5), das 9h às 12h e das 14h às 18h.

Segundo a gestora do Projeto Gastronomia Tucuju, Tatiane Negrão, os eventos gastronômicos têm significativa importância, por serem capazes de integrar uma cadeia de valor complexa que pode envolver desde os pequenos produtores, os prestadores de serviços, o varejo e até mesmo a indústria de alimentos.

“Quando esses eventos são promovidos de forma estratégica, possibilitam a valorização da cultura local, os saberes e fazeres populares característicos de uma região, do comércio e do próprio destino turístico, configurando-se em um diferencial competitivo para a região, para os empresários e profissionais da gastronomia envolvidos no festival”, disse a gestora de projeto, Tatiane Negrão.

Oficinas

O encontro será divido em dois momentos, pela manhã será voltado para os 32 expositores do Festival Burger Fest Rock; e à tarde para os 40 colaboradores da equipe de apoio. A programação conta com palestras, oficinas e roda de conversa sobre diversos temas, entre eles, a importância dos festivais gastronômicos; etapas operacionais; planejamento, execução e pós-evento; segurança alimentar e a identificação dos processos existentes (pesquisa, infraestrutura, logística e comunicação).

Coordenação

As oficinas preparatórias para o Burger Fest Rock, são coordenadas pela gerente da Unidade de Atendimento Coletivo – Comércio e Serviços do Sebrae no Amapá (UAC-CS), Vânia Chermont e pela gestora do Projeto Gastronomia Tucuju no Sebrae, Tatiane Negrão.

Programação

Data: 5 de Julho de 2024 – Sexta-Feira

Local: Sede do Sebrae – Sala do Conhecimento

Hora: 9h

Palestra de Sustentabilidade (Coleta seletiva e resíduos) – Analista de Educação Empreendedora do Sebrae – Marília Correia

Palestra Pesquisa de Satisfação (Expositores e visitantes) – Analista de Gestão Estratégica do Sebrae – Thaís Viero

Palestra Plano de Mídia – Gerente de Comunicação do Sebrae – Sândala Barros e analista de publicidade do Sebrae – Beliza Alfaia

Palestra Infraestrutura – Colaborador de Soluções Inovadoras e Competitivas do Sebrae – Isaac Andrade

Palestra – A importância dos Festivais Gastronômicos e apresentação do projeto completo do Festival Burger Fest Rock – Etapas Operacionais (planejamento, execução e pós-evento) – Tatiane Negrão

Roda de conversa (Network e Integração)

Hora: 14h

Apresentação do Projeto do Festival Burger Fest Rock

Apresentação dos responsáveis pelos processos

Coordenação Geral – Vânia Chermont e Tatiane Negrão

Suporte e Logística – Maria Inês Barbosa

Infraestrutura – Isaac Andrade

Pesquisa – Thaís Viero

Comunicação – Beliza Alfaia.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Oiapoque Innovation leva capacitações de inovação para empreendedores de Oiapoque

Palestras, painéis e ideathon que abordará a inovação, tecnologia, bioeconomia, empreendedorismo e oportunidades na fronteira

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) promove o Oiapoque Innovation, evento com o objetivo de qualificar pequenos negócios e potenciais empreendedores nos temas de inovação, tecnologia, bioeconomia e empreendedorismo, com base nas necessidades locais e focado na aprendizagem disruptiva. O evento acontece no município de Oiapoque, no período de 17 a 19 julho, das 8h às 18h, é aberto para empreendedores, estudantes e potenciais empreendedores da cidade.

“Oportunidade única para os empreendedores de Oiapoque, que estão em busca de inovar, melhorar seus resultados e digitalizar os seus negócios, bem como criar modelos de negócios pautados nas oportunidades locais e inovadores”, disse a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Suelem Amoras.

Ideathon

O ideathon é uma maratona criada para gerar ideias inovadoras. Ela terá a duração de 48 horas, e reúne um grupo de pessoas com diferentes habilidades e conhecimentos para trabalharem juntas em desafios específicos. O objetivo é criar um ambiente colaborativo e estimulante para que as pessoas possam compartilhar ideias e inspirar umas às outras a pensar fora da caixa. O ideathon de Oiapoque terá como desafio principal o tema: Oportunidades de negócios inovadores na fronteira.

Palestras

O evento também contará com uma enriquecedora programação de palestras e painéis dos mais diversos temas, como startup, gestão de comunidade, energias, petróleo, tributos, empoderamento feminino, bioeconomia e marketing.

Coordenação

O gerente da Unidade de Soluções Inovadoras e Competitivas do Sebrae (Unic), Bruno Castro e a analista de negócios do Sebrae, Josseli Pantoja, estarão na coordenação geral do Oiapoque Innovation.

Parceiros

O Oiapoque Innovation é uma ação liderada pelo Sebrae e conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Oiapoque (PMO), Governo do Estado do Amapá (GEA), Instituto Federal do Amapá (IFAP), Universidade Federal do Amapá (Unifap), Tucuju Valley, Amapatec, Associação Comercial e Industrial de Oiapoque (ACOI) e Comissão de Empreendedorismo da Assembleia Legislativa (Alap) – Dep. Inácio.

 

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Delegação composta pelo Sebrae e Secricomex estreitam relações comerciais e parcerias institucionais na Guiana Francesa

Oiapoque

Segundo a superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante, a feira em Oiapoque está programada para ser um ponto de encontro de negócios para empresas dos dois lados da fronteira, para facilitar a troca de produtos, serviços e oportunidades de negócios entre o Amapá e a Guiana Francesa. O evento não só promove a integração econômica regional, mas também fortalece os laços culturais e sociais entre as comunidades envolvidas.

Durante nossa estadia na Guiana Francesa, nos encontraremos com líderes empresariais, autoridades governamentais e representantes de organizações locais. Nossas discussões visam não apenas explorar as oportunidades imediatas de colaboração, mas também estabelecer parcerias estratégicas que beneficiem ambos os lados da fronteira, disse a superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante.

Encontros

A Delegação do Amapá iniciou agenda institucional com o prefeito de Kourou, François Ringuet; as demais acontecem em Grand Port Maritime: Explorar oportunidades de logística e transporte para facilitar as exportações e importações entre as regiões; Réseau Entreprendre Guyane: Estabelecer colaborações entre empreendedores locais e o Sebrae Amapá, fomentando intercâmbios de conhecimento e melhores práticas empresariais; CTG (Collectivité Territoriale de Guyane): Discutir colaborações em políticas públicas e desenvolvimento regional; Chambre de Métiers et de l’Artisanat: Fortalecer o setor de micro e pequenas empresas, promovendo o empreendedorismo e a capacitação profissional; Fábrica SOLAM: Identificar oportunidades na indústria de alimentos para parcerias na produção e distribuição entre as regiões; Câmara de Comércio (CCIG): Estratégias de comércio exterior e investimento direto estrangeiro no Amapá; e Hiper U: Explorar oportunidades de importação de produtos brasileiros para expansão de mercados no Amapá.

Delegação

Participam da missão institucional a Guiana Francesa, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Amapá em exercício, Jurandil dos Santos Juarez; a superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante; o diretor de administração e finanças do Sebrae, Marcell Harb; a gerente da Unidade de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial do Sebrae, Célia Cardoso; gestor de Acesso a Mercados do Sebrae, Rômulo Brasão; coordenadora do Escritório Regional do Sebrae em Oiapoque, Tereza Márcia Rúbio; presidente da Associação Comercial de Oiapoque, Lilma Campos; Secricomex, Larissa Diniz; Secricomex, Roger Marcos Simonel.

 

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Sebrae realiza cerimônia de encerramento do Ciclo 4 do ALI Produtividade e ALI Transformação Digital

O evento promove um encontro coletivo de encerramento do ciclo, celebrando a jornada vivida com compartilhamento de casos de sucessos


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) reúne participantes dos projetos ALI Produtividade e ALI Transformação Digital, para o encerramento do 4º Ciclo de atendimento com foco em inovação. O objetivo é reunir, apresentar resultados e confraternizar com a finalização dos trabalhos desenvolvidos pelos agentes e celebrar a jornada vivida com casos de sucesso. O evento acontece na sede do Sebrae, no Salão de Eventos Macapá, nesta quarta (25), das 19h às 22h. 

Segundo a gestora do Projeto Agentes Locais de Inovação (ALI), Nilda Oliveira, a instituição receberá 150 empreendedores e profissionais/ALI, número que corresponde a totalidade de participantes nas jornadas ALI Produtividade e ALI Transformação Digital.

“O encontro, estimula o compartilhamento de experiências entre os presentes, contará com um momento de valorização e reconhecimento das empresas que se destacaram no Programa Agentes Locais de Inovação. O encerramento da jornada marca o fortalecimento da cultura de inovação no Amapá, pois apresenta de forma prática, o resultado de uma metodologia que pauta inovação com foco no aumento do faturamento e produtividade, com técnicas para redução de custos, estratégias para aumentar a receita das empresas e novas perspectivas acerca do mercado empresarial”, destaca a analista, Nilda Oliveira.

A cerimônia de encerramento estimula conexões entre os participantes, e contará com a Palestra Show “⁠O Segredo dos Preços Lucrativos“ e a participação de empresários atendidos pelos projetos ALI Produtividade e Transformação Digital.

ALI

O Projeto Agente Local de Inovação (ALI) existe há 15 anos ajudando a criar negócios mais fortes e lucrativos. Em 2010, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), tornou-se parceiro e possibilitou a abrangência nacional do projeto. Em 2020, integrou ao Programa Brasil Mais, uma iniciativa do Governo Federal que visa aumentar a produtividade e competitividade das empresas brasileiras, com a promoção de melhorias rápidas, de baixo custo e alto impacto.

Os ALIs são bolsistas, graduados, selecionados e capacitados pelo Sebrae para atuar nas micro e pequenas empresas de comércio ou serviços, com o objetivo de promover a inovação para reduzir os custos e/ou aumentar o faturamento.

Metodologia

Durante 6 meses, os ALIs acompanham a realidade do negócio, traçam um raio X da situação da empresa e ajudam na construção e implantação de um plano de inovação juntamente com o empreendedor.

O projeto busca fomentar o sucesso dos pequenos negócios com práticas de inovação, seja em processos, produtos, serviços ou modelos de negócios. Trabalhando na inovação de arranjos locais, serviços, processos, incluindo sustentabilidade e tecnologia em todas as práticas desenvolvidas durante a jornada de acompanhamento.

Coordenação

O Encontro de Celebração e Encerramento do 4º Ciclo de Acompanhamento do Projeto Agente Local de Inovação (ALI) é coordenado pelo gerente da Unidade de Soluções Inovadoras e Competitivas do Sebrae no Amapá (Unic), Bruno Castro e pela gestora do Projeto ALI, Nilda Oliveira.

Programação

Data: 25.6.2024 – Quarta-Feira

Local: Sede do Sebrae – Salão de Eventos Macapá

   Hora:18h30 – Recepção dos empresários pelos Agentes Locais de Inovação

Hora:19h – Abertura do evento com fala da Diretoria e Gerência

Hora:19h30 – Palestra “⁠O Segredo dos Preços Lucrativos“

Hora: 20h10 – Momento de reconhecimento das empresas destaques, com a entrega de troféus para 14 empresas, sendo 12 do ALI Produtividade e 2 do ALI Transformação Digital

Hora: 20h40 – Painel com os casos de sucesso do Ciclo 4

Hora: 21h10 – Entrega coletiva dos displays

Hora: 21h30 – Avisos finais e encerramento do evento.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Showroom de Moda Autoral abre 8ª edição do Modamazon

O Showroom de Moda Autoral é uma ação de mercado inédita e conta com a participação de 16 criadores amapaenses



A 8ª edição do Modamazon inicia com uma programação especial e realiza o Showroom de Moda Autoral e Sessão de Negócios que é uma solução de mercado que busca aproximar e aquecer setores da economia local. O objetivo é estimular ações de fomento a moda autoral amapaense; gerar conexões e aproximações entre criadores de moda autoral e compradores em potencial; e ativar o ambiente de pré-lançamento da 8ª edição do Modamazon. O showroom acontece no hall de entrada do Sebrae, nesta quinta (13), das 9h às 16h.

Segundo a analista de negócios do Sebrae, Francinne Bacelar, será um momento de apresentação dos criadores da moda amapaense à imprensa, empresários e gestores públicos. “Durante o evento, os visitantes terão oportunidade de conhecer a história de cada criador, bem como o diferencial de cada marca, as matérias primas locais, utilizadas no desenvolvimento das coleções, com o tema Rio Amazonas: Que nos banha e nos inspira”, disse Francinne Bacelar.

Participam do Showroom de Moda Autoral 14 empresas do segmento vestuário; e duas (2) empresas de acessórios. O showroom possui uma característica comercial, com a prospecção de negócios entre os criadores de moda autoral e o comércio varejista do ecossistema da moda, e empresas da cadeia do turismo.

Empresas

Nesta edição, 16 marcas participarão com a apresentação de coleções que contextualizam o tema, entre eles – Driko Peixoto Underwear – Vestuário masculino e moda praia; Ateliê Irene Gama – Vestuário Feminino e moda casual; Camapu – Vestuário masculino e moda casual; Leilane Isacksson – Vestuário feminino e moda masculina; Ateliê Ronny Alencar – Vestuário feminino e moda festa; Stylu Afro – Vestuário Masculino e moda afro; Crioula – Vestuário Feminino e moda em crochê; St Amazon – Vestuário feminino e moda casual; Coletivo Arte Mapige – Vestuário feminino e Biojoias; Patricinha Nega linda – Vestuário masculino e biojóias; Edna Carvalho – Acessórios biojóias e moda casual; Japu – Acessórios bolsas e moda casual; Coletivo Crochê Bio – Vestuário feminino e moda em crochê; Karina Guedes Crochê Design – vestuário feminino e moda em crochê; Coletivo Calçoene – vestuário masculino e feminino e, Empório Valesca Cardoso – vestuário masculino e feminino.

Modamazon

Ação – Showroom e Sessão de Negócios com os 16 estilistas da Moda Autoral
Data: 13/06/2024 – Quinta-Feira
Local: Hall de Entrada do Sebrae Amapá
Horário: 9h às 16h

Ação: Desfile de Coleções
Data: 15/06/2024 – Sábado
Local: Salão de Eventos Macapá – Sede do Sebrae no Amapá
Horário: 19h às 22h

Ação: Desfile de Coleções
Data: 16/06/2024 – Domingo
Local: Salão de Eventos Macapá – Sede do Sebrae no Amapá
Horário: 19h às 22h.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Sebrae realiza 8ª edição do Modamazon

O evento reúne criadores de moda autoral para divulgar e fortalecer a criação de produtos de vestuários e acessórios com foco na regionalidade e matéria prima do estado do Amapá.

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), realiza a 8ª edição do Modamazon, com o tema ‘Rio Amazonas, que nos banha e inspira’. O objetivo é divulgar e fortalecer o mercado da moda autoral no estado do Amapá com o desenvolvimento e criação de coleções, com foco na regionalidade e matéria prima local. O evento acontece nos dias 13, 15 e 16 de junho, na sede da instituição em Macapá, no Hall de Entrada do Sebrae e Salão de Eventos Macapá, das 19h às 22h.

A gestora estadual do Projeto Moda e Fios do Sebrae no Amapá, Francinne Bacelar, destaca duas novidades desta edição que acontecem de forma conjunta – A primeira é o Showroom com Sessão de Negócios, que tem como objetivo apresentar o diferencial de cada estilista no mercado da moda autoral amapaense e ao mesmo tempo gerar conexões empresariais e aproximar os estilistas junto a empresas e entidades que desejam confeccionar vestimentas, uniformes, acessórios e até souvenirs personalizados, com características regionais em sua marca. A segunda é a realização do Encontro de Gestores de Moda do Sistema Sebrae – edição Amazônia Legal, na qual serão compartilhadas boas práticas, iniciativas como Inova Amazônia, Inova Biomas Moda, entre outras pautas que fortalecem a moda na Amazônia.
“O Modamazon, é a maior iniciativa no mercado da moda amapaense e reúne empresários de pequenos negócios, artesões, estilistas, criadores independentes, produtores de moda, modelos, lojistas do ecossistema da moda e gestores públicos, bem como a presença de gestores de moda do Sistema Sebrae da Amazônia Legal, promovendo ainda mais conexões transversais e comerciais, entre a moda e o turismo”, disse a analista de negócios, Francinne Bacelar.
Modamazon
O Modamazon atende a um coletivo de moda amapaense, fundado em 2018 pelo criador de moda, Driko Peixoto. O projeto une os criadores para desenvolver produtos que carreguem a história e identidade cultural, gerando conexões com a sociedade e enaltecendo o estado do Amapá.
A 8ª edição, com o tema ‘Rio Amazonas, que nos banha e inspira’, traz a proposta de demonstrar a riqueza e beleza no entorno do rio nas peças de vestuário e acessório.
Moda
A Moda Autoral se refere à produção em que o estilista acompanha todo o processo, desde a criação do conceito ao lançamento e as vendas dos produtos. Esse tipo de produção traz inúmeros benefícios para o profissional, para a sociedade, natureza e para a renovação criativa no mundo da moda. O mercado autoral contribui para uma indústria mais criativa, de forma personalizada e em escala reduzida.
Empresas
Nesta edição, 16 marcas participarão com a apresentação de coleções que contextualizam o tema, entre eles – Driko Peixoto Underwear – Vestuário masculino e moda praia; Ateliê Irene Gama – Vestuário Feminino e moda casual; Camapu – Vestuário masculino e moda casual; Leilane Isacksson – Vestuário feminino e moda masculina; Ateliê Ronny Alencar – Vestuário feminino e moda festa; Stylu Afro – Vestuário Masculino e moda afro; Crioula – Vestuário Feminino e moda em crochê; St Amazon – Vestuário feminino e moda casual; Coletivo Arte Mapige – Vestuário feminino e Biojoias; Patricinha Nega linda – Vestuário masculino e biojóias; Edna Carvalho – Acessórios biojóias e moda casual; Japu – Acessórios bolsas e moda casual; Coletivo Crochê Bio – Vestuário feminino e moda em crochê; Karina Guedes Crochê Design – vestuário feminino e moda em crochê; Coletivo Calçoene – vestuário masculino e feminino e, Empório Valesca Cardoso – vestuário masculino e feminino.
Programação
Ação – Showroom e Sessão de Negócios com os 16 estilistas da Moda Autoral
Data: 13/06/2024 – Quinta-Feira
Local: Hall de Entrada do Sebrae Amapá
Horário: 9h às 16h
Objetivo: promover exposição com estilistas de moda autoral junto à imprensa, entidades e instituições, lojistas do ecossistema da moda e empresas da cadeia do turismo, como forma de gerar conexões de negócios e apresentar o diferencial de cada marca autoral.
Ação: Desfile de Coleções
Data: 15/06/2024 – Sábado
Local: Salão de Eventos Macapá – Sede do Sebrae no Amapá
Horário: 19h às 22h
Ação: Desfile de Coleções
Data: 16/06/2024 – Domingo
Local: Salão de Eventos Macapá – Sede do Sebrae no Amapá
Horário: 19h às 22h
Objetivo: Apresentação das coleções autorais, com propostas conceituais e comerciais contextualizando o Rio Amazonas nos produtos e desfile de lançamento das coleções de 18 empresas de moda autoral.
Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Presidente Josiel Alcolumbre comunica afastamento temporário do Sebrae

O comunicado de afastamento temporário aos membros do Conselho do Sebrae, ocorreu na Reunião Ordinária do colegiado e visa a participação no processo eleitoral 2024

O presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá (CDE), Josiel Alcolumbre, comunicou desincompatibilização institucional que ocorrerá no próximo 5 de junho, com o objetivo de participar do pleito eleitoral 2024; no mesmo ato, designou o conselheiro Jurandil Juarez, como vice-presidente que assume interinamente a presidência do colegiado, no dia 6 de junho. O anúncio ocorreu na sede do Sebrae, na Reunião Ordinária do Conselho, nesta terça (28), às 16h.

O presidente Josiel Alcolumbre, comemorou as entregas que se comprometeu à frente da instituição e num período muito curto de tempo, tamanha a importância que é o Sebrae no Amapá. Lembrou que na disputa pela presidência apresentou propostas para fazer mais e melhor, com respeito com quem o antecedeu, e destacou que a instituição é feita por pessoas comprometidas com o desenvolvimento do Amapá.

“Gostaria de comunicar oficialmente que, considerando a possibilidade de concorrer às eleições, me afasto temporariamente das minhas funções do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae no Amapá, a partir do dia 5 de junho de 2024, o período de afastamento foi deferido e está em conformidade com os prazos de desincompatibilização, estabelecidos pela Lei Complementar 64/1990, que determina que os conselheiros e diretores executivos devem se desincompatibilizar quatro meses antes das eleições. Ressalto, que meu afastamento seguirá as diretrizes estabelecidas pelo Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae, respeitando integralmente o prazo de desincompatibilização previsto em Lei. Informo ainda, que após cumpridas as exigências legais retornarei às funções como presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Amapá”, finalizou o presidente Josiel Alcolumbre.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Projeto Expo Sebrae + Pet promove 2ª edição com tema Festa Junina


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) promove a 2ª Edição da Expo Sebrae + Pet. O objetivo é atender um mix de clientes apaixonados por animais de estimação, criar sensações e experiências diferenciadas de consumo e uma alternativa de visibilidade das empresas participantes do projeto. A exposição acontece na sede da instituição, no Salão de Eventos Macapá, Auditório Campos do Laguinho e no estacionamento, nos dias 7 e 8 de junho, das 17h às 22h.

“O Projeto Sebrae + Pet, busca fortalecer o setor com capacitações, consultorias e ações de mercado que aumentam a competitividade e o faturamento das empresas do segmento pet e veterinário. Um setor da economia que cresce permanentemente, é fundamental estarmos preparados para os desafios e oportunidades que surgem”, disse a gestora do Projeto Sebrae + Pet, Kelly Cardoso.

Amapá

De acordo com o Mapa de Empresas da Receita Federal, o Amapá possui 202 empresas ativas relacionadas a venda e serviços para animais, incluindo pet; dessas, 182 são pequenos negócios formalizados.

Atividades

O conteúdo programático da Expo Sebrae + Pet inclui concurso de miss Pet e mister pet caipira com inscrição presencial, de 1kg de ração; desfile pet roça; casamento na roça pet; praça de alimentação pet com mais de 30 expositores do segmento; dog park – espaço destinado aos pets com obstáculos e adestradores; palestras orientativas e oficina gourmet pet.

Palestra

A 2ª Edição da Expo Sebrae + Pet conta com as palestras de adestramento, motivacional e quatro mentorias para donos de creche e hotel.

Projeto

Sebrae + Pet é destinados às empresas que realizam atividades nos setores pet e veterinário e desejam aumentar a competitividade e faturamento do negócio. No Sebrae + Pet, as empresas receberão conhecimento, por meio de capacitações, consultorias e ações de mercado que contribuem para a organização, aumento de clientes, faturamento, otimização dos recursos, inovação e redução de custos.  

Coordenação

A Expo Sebrae + Pet é coordenado pela gerente da Unidade de Atendimento Coletivo – Comércio e Serviços do Sebrae no Amapá (UAC-CS), Vânia Chermont; e pela gestora do Projeto Sebrae + Pet, Kelly Cardoso.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Sebrae e instituições parceiras realizam 15ª Edição da Semana do MEI na próxima segunda (20)

Maior evento de atendimento ao Microempreendedor Individual, oferece serviços gratuitos, entre eles, palestras, atendimento itinerante e oficinas, com o objetivo de conectar conhecimento com oportunidades de mercado


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) e instituições parceiras realizam a 15ª Edição da Semana do Microempreendedor Individual (MEI), com o tema ‘Chega Junto!’. A ação acontece no período de 20 a 24 de maio, das 9h às 21h, simultaneamente em Macapá, Santana, Oiapoque e Laranjal do Jari/AP. O Sebrae Nacional realizará a Semana do MEI no mesmo período, com uma programação exclusiva, em formato digital.

Em Macapá, a Semana do MEI ocorre na sede do Sebrae, no Auditório Campos do Laguinho, no Salão de Eventos Macapá e no estacionamento. Nos demais municípios, a ação ocorrerá nos escritórios regionais do Sebrae e nas Salas do Empreendedor.

A diretora técnica do Sebrae no Amapá, destaca que a 15ª edição do evento conta com a parceria de 28 instituições, e destaca a importância de uma rede ampla de atendimento para a Semana do MEI.  “Estamos firmes no propósito de promover atendimento de excelência aos clientes do Sebrae. Para essa semana especial, nós firmamos parcerias estratégicas com órgãos e instituições que estão ofertando serviços, orientações e informações que contribuem para o desenvolvimento de um ambiente favorável aos pequenos negócios”, afirmou a diretora, Suelem Amoras.

Para a coordenadora estadual do evento, Lailla Nascimento, a Semana do MEI tem a finalidade de oferecer orientação técnica, soluções educacionais do Sebrae, consultorias gerenciais e feira de negócios.

“Além do conhecimento e dos serviços que o Sebrae e parceiros irão ofertar na Semana do MEI, a ação também é uma ferramenta importante para a regularização e crescimento do público empreendedor, pois quando fortalecemos esse elo de parceria, reconhecemos a potência que os microempreendedores individuais e potenciais empreendedores geram para a sociedade e a economia do estado”, finalizou a coordenadora Lailla Nascimento.

Sebrae

Serão ofertados pelo Sebrae os serviços de orientação de abertura e formalização de empresas, alteração cadastral, declaração anual do MEI, simulação de parcelamento, parcelamento de débitos, emissão de Documento de Arrecadação do Simples (DAS), baixa do MEI e orientação técnica.

Novidades

  A Semana do MEI, contará com o Espaço DIGITALMEI – Com oferta de soluções digitais do Sebrae e de empresas,  como o Portal, Loja, Aplicativo do MEI, Catálogo de Empresas, Ferramenta de geração de NF-e e Jornada do MEI.

No Espaço Moda Sebrae – Exposição de empresas MEI do Projeto AP – Moda e Fios e oficinas práticas (Trancista, Automaquiagem, Fotografia de Produtos e Glossário da Moda) e Desfile de Moda

No Espaço Cabine Vista-se com o Sebrae, contará com a realização de Consultoria de Moda & Estilo com a especialista Leilane Isackasson, que disponibilizará coloração pessoal e diagnóstico de estilo, para melhoria da comunicação visual dos empreendedores e equipes de vendas.

No Espaço Viva + Saudável MEI, contará com a parceria do SESC, SESI e Secretaria Municipal de Saúde para serviços de orientações de saúde, medição de P.A e teste de glicemia.

Feira

A Semana do MEI 2024 irá contar com uma Feira de Negócios, com 30 expositores realizando a comercialização de produtos e serviços em diversos segmentos, como sorvetes e chopps gourmet, salgados e refeições, cafés saborizados, comércio varejista de suvenires, bijuterias e artesanatos, bolos de potes e doces, serviços de estética e beleza, entre outros. A Feira acontecerá no estacionamento do Sebrae, das 16h às 21h.

Parceiros

São parceiros da Semana do MEI a Receita Federal do Brasil; Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS); Conselho Regional de Contabilidade (CRC); Junta Comercial do Amapá (Jucap); Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM-AP); Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá; Instituto de Defesa do Consumidor (Procon); Correios; Associação do Empreendedor Individual (Amei/AP); Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam); Secretaria Municipal de Vigilância em Saúde (Semvs); Serviço Nacional de Aprendizagem Nacional (Senai); Serviço Social do Comércio (Sesc); Serviço Social da Indústria (Sesi); Polícia Civil do Amapá (PC-AP); Núcleo de Apoio Contábil Fiscal (NAF Ceap); Núcleo de Apoio Contábil Fiscal (NAF Unopar); Núcleo de Apoio Contábil Fiscal (NAF Estácio); Caixa Econômica Federal; Banco do Brasil; Agência de Fomento do Amapá (Afap); Cooperativa Sicredi Integração MT/AP/PA (Sicredi); Sicoob; Banco da Amazônia; Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz); Área de Livre Comércio de Macapá e Santana (Suframa ALCMS); Secretaria Municipal de Habitação e Ordenamento Urbano (Semhou); e Secretaria Municipal de Finanças (Semfi).

Programação

Período: 20 a 24/5/2024 – Segunda a Sexta-Feira

Horário: 9h às 17h

Ação: Atendimento Itinerante Aqui Tem Sebrae – Zona Norte (Av. Carlos Lins Cortes, nº 75 – Infraero II)  e Zona Sul (Novo Buritizal em frente ao Superfácil)

Período: 22 a 24/5/2024 – Quarta a Sexta-Feira

Horário: 9h às 17h

Ação: Atendimento do Sebrae e das Instituições Parceiras

Período: 22 a 24/5/2024 – Quarta a Sexta-Feira

Horário: 16h às 21h

Ação: Feira de Negócios e Capacitações de Palestras, Oficinas e Consultorias.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Sebrae e instituições parceiras realizam 15ª Edição da Semana do MEI 2024, maior evento de atendimento para Microempreendedor Individual no Brasil

O evento oferta gratuitamente palestras, serviços, atendimento itinerante e oficinas, com o objetivo de conectar conhecimento com oportunidades de mercado


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) e instituições parceiras realizam a 15ª Edição da Semana do Microempreendedor Individual (MEI), com o tema ‘Chega Junto!’. A ação acontece no período de 20 a 24 de maio, das 9h às 21h, simultaneamente em Macapá, Santana, Oiapoque e Laranjal do Jari/AP. O Sebrae Nacional realizará a Semana do MEI no mesmo período, com uma programação exclusiva e em formato digital.

Em Macapá, a Semana do MEI ocorre na sede do Sebrae, no Auditório Campos do Laguinho, no Salão de Eventos Macapá e no estacionamento. Nos demais municípios, a ação ocorrerá nos escritórios regionais do Sebrae e nas Salas do Empreendedor.

A diretora técnica do Sebrae no Amapá, destaca que a 15ª edição do evento conta com a parceria de 28 instituições, e destaca a importância de uma rede ampla de atendimento para a Semana do MEI.  “Estamos firmes no propósito de promover atendimento de excelência aos clientes do Sebrae. Para essa semana especial, nós firmamos parcerias estratégicas com órgãos e instituições que estão ofertando serviços, orientações e informações que contribuem para o desenvolvimento de um ambiente favorável aos pequenos negócios”, afirmou a diretora, Suelem Amoras.

Para a coordenadora estadual do evento, Lailla Nascimento, a Semana do MEI tem a finalidade de oferecer orientação técnica, soluções educacionais do Sebrae, consultorias gerenciais e feira de negócios.

“Além do conhecimento e dos serviços que o Sebrae e parceiros irão ofertar na Semana do MEI, a ação também é uma ferramenta importante para a regularização e crescimento do público empreendedor, pois quando fortalecemos esse elo de parceria, reconhecemos a potência que os microempreendedores individuais e potenciais empreendedores geram para a sociedade e a economia do estado”, finalizou a coordenadora Lailla Nascimento.

Sebrae

Serão ofertados pelo Sebrae os serviços de orientação de abertura e formalização de empresas, alteração cadastral, declaração anual do MEI, simulação de parcelamento, parcelamento de débitos, emissão de Documento de Arrecadação do Simples (DAS), baixa do MEI e orientação técnica.

NOVIDADES

– Espaço DIGITALMEI – Oferta de soluções digitais do Sebrae e de empresas, tais como: Portal, Loja, Aplicativo do MEI, Catálogo de Empresas, Ferramenta de geração de NF-e e Jornada do MEI.

– Espaço Moda Sebrae – Exposição de empresas MEI do Projeto AP – Moda e Fios e oficinas práticas (Trancista, Automaquiagem, Fotografia de Produtos e Glossário da Moda) e Desfile de Moda

– Cabine Vista-se com o Sebrae com realização de Consultoria de Moda & Estilo com a especialista Leilane Isackasson, que disponibilizará coloração pessoal e diagnóstico de estilo, para melhoria da comunicação visual  dos empreendedores e equipes de vendas.

 – Espaço Viva + Saudável MEI – que conta com a parceria do SESC, SESI e Secretaria Municipal de Saúde para serviços de orientações de saúde, medição de P.A e teste de glicemia;

Feira

A Semana do MEI 2024 irá contar com uma Feira de Negócios, com 30 expositores realizando a comercialização de produtos e serviços em diversos segmentos, como sorvetes e chopps gourmet, salgados e refeições, cafés saborizados, comércio varejista de suvenires, bijuterias e artesanatos, bolos de potes e doces, serviços de estética e beleza, entre outros. A Feira acontecerá no estacionamento do Sebrae, das 16h às 21h.

Parceiros

São parceiros da Semana do MEI a Receita Federal do Brasil; Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS); Conselho Regional de Contabilidade (CRC); Junta Comercial do Amapá (Jucap); Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM-AP); Agência de Desenvolvimento Econômico do Amapá; Instituto de Defesa do Consumidor (Procon); Correios; Associação do Empreendedor Individual (Amei/AP); Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam); Secretaria Municipal de Vigilância em Saúde (Semvs); Serviço Nacional de Aprendizagem Nacional (Senai); Serviço Social do Comércio (Sesc); Serviço Social da Indústria (Sesi); Polícia Civil do Amapá (PC-AP); Núcleo de Apoio Contábil Fiscal (NAF Ceap); Núcleo de Apoio Contábil Fiscal (NAF Unopar); Núcleo de Apoio Contábil Fiscal (NAF Estácio); Caixa Econômica Federal; Banco do Brasil; Agência de Fomento do Amapá (Afap); Cooperativa Sicredi Integração MT/AP/PA (Sicredi); Sicoob; Banco da Amazônia; Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz); Área de Livre Comércio de Macapá e Santana (Suframa ALCMS); Secretaria Municipal de Habitação e Ordenamento Urbano (Semhou); e Secretaria Municipal de Finanças (Semfi).

Programação

Período: 20 a 24/5/2024 – Segunda a Sexta-Feira

Horário: 9h às 17h

Ação: Atendimento Itinerante Aqui Tem Sebrae – Zona Norte (Av. Carlos Lins Cortes, nº 75 – Infraero II)  e Zona Sul (Novo Buritizal em frente ao Superfácil)

Período: 22 a 24/5/2024 – Quarta a Sexta-Feira

Horário: 9h às 17h

Ação: Atendimento do Sebrae e das Instituições Parceiras

Período: 22 a 24/5/2024 – Quarta a Sexta-Feira

Horário: 16h às 21h

Ação: Feira de Negócios e Capacitações de Palestras, Oficinas e Consultorias.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Governo do Amapá prepara ações de assistência social para população do Rio Grande do Sul

Gestores alinham ação integrada de apoio ao Rio Grande do Sul

O Governo do Amapá reuniu gestores estaduais nesta terça-feira, 7, para planejar formas de assistência e pontos de arrecadação de produtos emergenciais para o Rio Grande do Sul. A ação segue o lançamento da campanha solidária em favor das vítimas das fortes chuvas e enchentes que atingem a população gaúcha.

Coordenada pelo Comitê de Respostas Rápidas do Governo do Estado, a atividade é resultado da união de esforços que vai levar doações e assistência especializada. A atuação conjunta envolve a Defesa Civil, a Secretaria de Assistência Social, Polícia Militar (PM-AP), Corpo de Bombeiros (CBM), Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), Ministério Público (MP-AP), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Assembleia Legislativa do Estado, Defensoria Pública do Amapá, Associação dos Municípios do Amapá (Ameap), Sebrae e Central Única das Favelas (Cufa-AP).

O presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador Adão Carvalho, detalhou que na fase inicial, que segue até quinta-feira, 9, o foco é arrecadar produtos e organizar o envio para dar assistência à população gaúcha.

“Tivemos essa reunião com a participação de diversas instituições e técnicos dos poderes no nosso estado e foi instituído o Comitê de Inteligência Institucional para ajudar o Rio Grande do Sul. Nesse primeiro momento, será arrecadado material de higiene, cobertores, lençóis e toalhas, ou seja, produtos que as pessoas estão precisando com mais urgência”, explicou o desembargador.

A secretária de Estado da Assistência Social, Aline Gurgel, enfatizou que as medidas foram definidas de maneira rápida, mas com organização e planejamento, em uma estratégia integrada de ação humanitária.

“A gestão estadual juntou todos os poderes constituídos para levar assistência ao estado gaúcho, pois estamos empenhados e solidários em ajudar. Além da equipe especializada que foi enviada para salvar pessoas, nós estamos mobilizando toda a sociedade civil e as instituições para que possamos fazer arrecadações importantes, como fraldas geriátricas e pediátricas, além de produtos de higiene pessoal, lanternas e pilhas”, reforçou a secretária.O que pode ser doado?

  • Produtos de higiene pessoal, como escova de dente, creme dental, sabonete, desodorante, shampoo e absorvente
  • Cobertores, toalhas e roupas de cama
  • Pilhas de qualquer tamanho e lanternas

Confira os postos de arrecadação:

  • Ministério Público do Amapá, nos prédios da Avenida Fab, do complexo Araxá e da Zona Norte
  • Ginásio Avertino Ramos, na rua Cândido Mendes, nº 20, bairro Central
  • Vice-Governadoria, na Avenida Mendonça Furtado, nº 2278, bairro Santa Rita
  • Tribunal de Contas do Estado, na Avenida Fab
  • Assembleia Legislativa do Estado do Amapá, na Avenida Fab, s/n, bairro Central
  • Tribunal de Justiça do Estado do Amapá, na Avenida Fab, nº 1295, bairro Central
  • Juizado da Zona Norte, no bairro Infraero, e da Zona Sul, no bairro Novo Buritizal
  • Defensoria Pública do Amapá, na rua Eliezer Levy, nº 1157, bairro Central
  • Prefeituras municipais
  • Sebrae, na Avenida Ernestino Borges, nº 740, bairro Central
  • Central Única das Favelas Amapá, na Rua São José, nº 1500, bairro Central
  • Polícia Militar do Estado do Amapá, no 1º Batalhão da Zona Sul e Batalhão da Zona Norte, em Macapá
  • Corpo de Bombeiros, na Avenida Santana, nº 1815, bairro Central, no município de Santana
  • Quartel do Corpo de Bombeiros da Zona Oeste, rua Nove, nº 276, bairro Marabaixo

Envio de militares

Como parte das ações de apoio ao Rio Grande do Sul, nesta segunda-feira, 6, o Governo do Amapá enviou uma equipe de 16 militares do Corpo de Bombeiroscedidos para atuarem nos trabalhos de salvamento e apoio às vítimas das enchentes na região. O grupo especializado em resgates já atuou em operações no Brasil e no exterior.

SOS Rio Grande do Sul

Diante da situação de calamidade pública enfrentada pelos gaúchos, o Governo do Rio Grande Sul reativou o canal de doações “SOS Rio Grande do Sul”. Foi restabelecida a chave PIX (CNPJ: 92.958.800/0001-38), vinculada à conta bancária criada pelo Banrisul.

Feira de Produtos do Campo inicia no Sebrae nesta sexta (3)

A feira conta com 54 expositores que variam entre empreendedores rurais, empresários do segmento de plantas ornamentais e agroindústrias


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) realiza mais uma edição da Feira de Produtos do Campo. O objetivo é apresentar produtos de qualidade da agricultura familiar, agroindústrias e do segmento de plantas ornamentais produzidos nas comunidades e nas empresas urbanas atendidas pelo Sebrae por meio de projetos do Agronegócio e Indústria.  A Feira ocorre no estacionamento da sede do Sebrae, nesta sexta (3), das 8h às 17h; e no sábado (4), das 8h às 13h.

Segundo a gerente da Unidade de Atendimento Coletivo – Agronegócio e Indústria do Sebrae no Amapá (UAC-Agrin), Larissa Queiroz, a instituição realiza a Feira de Produtos do Campo desde 2015, e já faz parte do calendário de eventos anuais da instituição.

“A feira é uma ação de mercado, estruturada para nossos clientes, produtores rurais e empresas urbanas, que expõem e comercializam produtos dos segmentos da agricultura familiar, agroindústrias e plantas ornamentais. Para nós, a feira é uma vitrine, uma pequena amostra da qualidade da produção local. É um espaço para comercialização direta, mas também a possibilidade de parcerias comerciais futuras, uma vez que organizamos visitas monitoradas de potenciais empresas compradoras para conhecer os expositores e seus produtos”, explica a gerente, Larissa Queiroz.

Produtos

A proposta da feira é proporcionar aos produtores um ambiente de acesso a mercado diferenciado, onde possam fazer negócios imediatos com a venda direta ao consumidor, expor a qualidade dos produtos do campo, realizar prospecção para futuras negociações, captar empresários do setor alimentício e fomentar parcerias comerciais.

Os produtos apresentados pelos expositores são na maioria, da agricultura familiar, como hortaliças, frutas, farinha, tapioca, tucupi, doces, geleias, açaí, mel, queijos, pimenta, biscoitos, óleos vegetais, plantas ornamentais, adubos, pescados e aves.

Produtores

Esta edição da Feira de Produtos do Campo reúne 54 expositores, sendo produtores rurais, empresários de plantas ornamentais e agroindústrias. Os produtores são oriundos de Itaubal/Inajá, Tartarugalzinho: Assentamento Governador Janary, Santana: Assentamento Matão do Piaçacá, Porto Grande – Perimetral Norte, Colônia Agrícola do Matapi e Nova Colina e Pedra Branca do Amaparí – Assentamento Perimetral Norte, Assentamento Sete Ilhas, Assentamento Tucano 1.

Parceiros

A Feira de Produtos do Campo é uma realização do Sebrae, em parceria com o Governo do Estado do Amapá (GEA), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Reunião marca início das instalações do Escritório de Negócios da CTG no Amapá

A iniciativa fortalece o diálogo institucional e as relações comerciais e culturais entre o Amapá e a Guiana Francesa



Em agenda oficial, na sede do Sebrae em Macapá, o governador do Amapá, Clécio Luís, junto a superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante; o secretário de estado do Planejamento, Lucas Abrahão; e o secretário de Relações Internacionais, Fabrício Penafort, receberam o representante da Coletividade Territorial da Guiana Francesa (CTG), Remy Louis Budoc.

GEA

O governador do Amapá, Clécio Luís Vieira, destacou que a presença do representante da CTG, Remy Budoc, representa a cooperação da Guiana no estado, comunicou a instalação de um escritório de negócios da CTG, e apresentou a Maquete do Porto Seco, que será construído na ponta da Ponte Binacional em Saint George, e toda a estrutura de ida e vinda de cargas com reserva para o Brasil e para o Amapá.

“O Sebrae já é parceiro desse projeto e nós queremos ser também, e a vinda da CTG para o Amapá é mais um passo muito importante para concretizar as relações comerciais que a gente fala há décadas. A vinda de um membro da CTG é muito importante; por isso, vim pessoalmente recepcioná-lo como sinalização de todo o nosso interesse em cooperarmos, também na área de negócios. Temos problemas comuns, Guiana e Amapá, temos uma cooperação que já existe no mundo real e entre os habitantes, os amapaenses cooperam com os guianenses e vice-versa, em todas as áreas, mas as instituições precisam institucionalizar o que já existe, formalizá-la e legalizá-la e escolhemos o Sebrae para fazer isso, que é um local simbólico”, disse o governador do Amapá, Clécio Luis.

CTG

Segundo o representante da CTG, Remy Louis Budoc, existem outros projetos da França para parcerias, entre eles, a Zona Franca em Saint George e o projeto de uma plataforma comum de comunicação para compartilhar notícias Amapá/Guiana, para acesso de informações sobre o que está acontecendo nos dois lados da fronteira.

Sebrae

Para a superintendente do Sebrae, Alcilene Cavalcante, a aproximação de negócios entre os dois países beneficia também, as pequenas empresas, as tratativas para instalação do escritório de negócios da CTG, abre as portas para acordos de cooperação.

“Como encaminhamento faremos uma visita técnica, em missão à Guiana Francesa para convidar as entidades e as empresas a participarem da Feira de Negócios em Oiapoque que esse ano, vai ser uma edição internacional e vamos contar com as parcerias para estar trazendo as instituições e empresas da Guiana ao Amapá”, disse a superintendente, Alcilene Cavalcante.

Acompanharam a reunião do Governo do Estado do Amapá no Sebrae, o superintendente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Hilton Cardoso; a assessora técnica do Sebrae, gerente de Soluções Inovadoras e Competitivas do Sebrae no Amapá, Bruno Castro; Isana Alencar; e os técnicos da Secretaria de Relações Internacionais e Comércio Exterior do Governo do Amapá, Roger Simonel e Ionize Oliveira.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Sebrae promove capacitação para o segmento da Gastronomia

A capacitação busca sanar a dificuldade dos empresários em reter talentos, mão de obra qualificada, falta de um processo estruturado para contratação, qualificação e treinamentos de equipes


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) reúne empresários do Projeto Gastronomia Tucuju, no Curso Operação de Sucesso: Estratégias avançadas para gerir colaboradores e processos na Gastronomia. O objetivo é capacitar, orientar e estruturar o processo de gestão de pessoas e processos nos estabelecimentos atendidos pelo projeto. O curso acontece no Centro de Educação Empreendedora, localizado na Avenida Padre Manoel de Nóbrega, s/n, no período de 22 a 25 de abril, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

“Através da oferta desta capacitação, o Sebrae no Amapá proporciona que os empresários do segmento possam cada vez mais se reciclar, inovar ou até mesmo implementar ferramentas que venham a agregar valor nos seus serviços e a própria operacionalização de suas empresas”, disse a gestora do Projeto Gastronomia Tucuju, Tatiane Negrão.

Instrutor

O Curso Operação de Sucesso: Estratégias avançadas para gerir colaboradores e processos na Gastronomia conta com a presença do instrutor de Minas Gerais, João Gurgel Salvati, fundador da Humam, uma startup especializada no atendimento humanizado para o segmento de alimentação.

Coordenação

O treinamento no segmento da gastronomia é coordenado pela gerente da Unidade de Atendimento Coletivo – Comércio e Serviços do Sebrae no Amapá (UAC-CS), Vânia Chermont; e pela gestora do Projeto Gastronomia Tucuju, Tatiane Negrão.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Professora do Amapá vence Prêmio Educador Transformador, em São Paulo

O projeto desenvolvido pela professora do Instituto Federal do Amapá, Leila Nunes venceu o prêmio Educador Transformador que aconteceu em São Paulo nesta quarta-feira, 24 de abril. O prêmio reconhece professores e educadores com projetos na área da educação empreendedora.

O trabalho  entitulado “ Mulheres de Fibra: Edificando o mundo conscientemente“ competiu na categoria Educação profissional. O anúncio foi feito durante a Bett Educar 2024, maior evento de educação e tecnologia da América Latina.

“ Estou muito feliz de estar levando esse prêmio para o Amapá. Esse prêmio não é só meu,  mais também de casa um que esteve comigo. Eu agradeço as minhas primeiras mulheres de fibra, que foram minhas alunas e ao Sebrae Amapá que nunca soltou a minha mão desde o Desafio Liga jovem no qual eu desenvolvi esse trabalho”, falou emocionada a professora Leila Nunes.

O projeto Mulheres de Fibra surgiu com intuito de incentivar meninas na ciência e criar estratégias mitigadoras para a construção civil, incentivando alunas do curso técnico em edificações do Ifap, em situação de vulnerabilidade. Ele ensina às alunas a pesquisar fibras oriundas de materiais orgânicos, para inserção em materiais cerâmicos, também promovendo o reaproveitamento do resíduo ao invés de descartá-lo, de forma inadequada, no meio ambiente, gerando gases que possam contribuir para o efeito estufa.

Concorrentes

Foram 35 professores vencedores das etapas regionais que concorrem ao prêmio, somente 7 consagraram -se vencedores do prêmio.

Prêmio

O Prêmio Educador Transformador é uma iniciativa que reconhece e promove práticas educacionais transformadoras. Se inscreveram professores e professoras que implementaram projetos educacionais nos anos de 2021, 2022 e/ou 2023 que desenvolveram ou estão desenvolvendo alguma ação inovadora. A inscrição foi gratuita e em sete categorias – Educação Infantil; Ensino Fundamental – Anos Iniciais; Ensino Fundamental – Anos Finais; Ensino Médio Regular; Educação Profissional; EJA (Educação de Jovem e Adulto); e Educação Superior.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Sebrae abre inscrições para processo seletivo do Programa Agentes Locais de Inovação

Com bolsa ALI de R$ 5 mil, os profissionais com formação em nível superior em qualquer área de conhecimento, têm até 7 de maio para confirmar inscrições e concorrerem para atendimento em empresas, negócios rurais e escolas no Estado do Amapá


O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) realiza processo seletivo para bolsistas do Projeto ALI, destinado para profissionais de nível superior e professores orientadores. As modalidades contempladas no edital são
ALI Produtividade, ALI Educação Empreendedora e ALI Rural. As inscrições estão abertas, são gratuitas e encerram no dia 7 de maio, às 18h.

São 17 vagas para contratação de imediata. Para o ALI Produtividade, serão seis (6) contratações imediatas e 18 vagas para cadastro reserva, nas modalidades Inovação Rural e Educação Empreendedora, serão cinco (5) contratações imediatas e 15 vagas para cadastro reserva, para cada modalidade. Para professores orientadores, uma (1) vaga imediata e duas (2) para cadastro reserva.

A seleção está sendo conduzida pela Empresa EGaion Consultoria. Os interessados podem acessar o comunicado do Processo Seletivo SEBRAE/AP – ALI 01/2024 na aba “Seleções” da página inicial do portal www.egaion.com.br. O Sebrae no Amapá não atenderá nenhum candidato nem passará informações sobre este processo seletivo, cabendo à EGaion todo e qualquer esclarecimento aos candidatos participantes desta seleção.

Segundo a gestora do Projeto ALI Produtividade do Sebrae no Amapá, Nilda Oliveira, os agentes locais de inovação e orientadores acadêmicos selecionados no edital serão bolsistas capacitados pelo Sebrae.

“Os Agentes Locais de Inovação (ALI), são bolsistas que terão por objetivo ser um facilitador da implantação da inovação nas micro e pequenas empresas, propriedades e empresas rurais, instituições de ensino, das regiões selecionadas a integrar a Rede de Agentes no Estado, de acordo com cada modalidade.  Atuarão na aplicação de ferramentas ágeis que trabalham a aplicação de diagnóstico, levantamento e priorização de problemas, identificação, testagem e validação de solução, planejamento e monitoramento da implantação da solução e mensurações inicial e final. Os orientadores acadêmicos são bolsistas para atuar como orientadores e mentores dos agentes locais de inovação em suas publicações bibliográficas e demais atividades previstas em seu plano de trabalho”, explica a gestora, Nilda Oliveira.

Modalidades

No Amapá o Programa ALI atua em três modalidades, sendo estas, ALI Produtividade, ALI Educação Empreendedora e ALI Rural.

Os Agentes Locais de Inovação da modalidade Produtividade atuamdesenvolvendo atividades de extensão tecnológica que permite avaliar o impacto da inovação na produtividade dos pequenos negócios, a partir da instrumentalização com ferramentas e metodologias ágeis, por um período de 30 meses.

Os Agentes Locais de Inovação da modalidade Educação Empreendedora atuam estimulando a incorporação da temática de inovação nas práticas educacionais das instituições de ensino como forma de implantar a educação empreendedora em seu planejamento educacional, por um período um período de 24 meses

Os Agentes Locais de Inovação da modalidade Rural atuam estimulando a pesquisa e o desenvolvimento de processos inovadores para as empresas rurais, por um período de até 24 meses.

Projeto

O Projeto Agentes Locais de Inovação (ALI) é um projeto de extensão tecnológica, que avalia o impacto gerado pela inovação. Em sua metodologia é trabalhada a instrumentalização com ferramentas ágeis como forma de promover a implantação da inovação. O trabalho de pesquisa e o resultado gerado devem ser apresentados em formato de produção bibliográfica, conforme definido em metodologia, no cronograma do Projeto e no Plano de Trabalho do bolsista.

Requisitos

Entre os requisitos para atuação como ALI estão, ter formação superior com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e experiência comprovada de, no mínimo, seis meses. Para orientadores, é necessário possuir pós-graduação completa (stricto sensu – mestrado ou doutorado) em qualquer área de conhecimento.

A concessão das Bolsas de Extensão Tecnológica (BET) e Bolsas de Inovação Territorial (BIT), é uma iniciativa desenvolvida no âmbito da Política de Inovação do Sistema Sebrae Nacional, que tem como objeto a promoção da inovação para o desenvolvimento sustentável do país, por meio da utilização do Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação (MLCTI).

Coordenação

O processo seletivo para bolsistas do Projeto Agentes Locais de Inovação (ALI) é coordenado pelo gerente da Unidade de Soluções Inovadoras e Competitivas do Sebrae no Amapá (Unic), Bruno Castro e pela gestora do Projeto ALI, Nilda Oliveira.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação