‘É impossível inovar sem incorporar a diversidade’, afirma presidente da Central das Favelas durante o Startup Day no Amapá

Alzira Nogueira reforçou a necessidade de inclusão de atores sociais no evento realizado pelo Sebrae com apoio do Governo do Estado.

A necessidade de promover mudanças culturais na estrutura das startups e nas políticas públicas para incluir atores sociais nos processos de inovação foi o tema debatido durante o painel “O Poder de Inclusão e Inovação”, realizado dentro da programação do Startup Day, neste sábado, 16, na sede dos Magistrados. O evento é promovido pelo Sebrae-AP, com o apoio do Governo do Estado.

Uma das especialistas que palestrou foi a presidente da Central das Favelas do Amapá (Cufa-AP), Alzira Nogueira, de 51 anos, que reforçou a necessidade de inclusão de atores sociais.

“Precisamos promover mudanças culturais nas estruturas das organizações das startups e nas políticas públicas para incluir os atores sociais dentro desses processos de inovação. É impossível inovar sem incorporar a diversidade. A experiência dos diferentes sujeitos, as narrativas e visão do mundo são essenciais para a construção de inovação e processos disruptivos dentro das organizações. Isso é mais do que meramente cota racial, mas é mudar a perspectiva ética”, pontuou a Alzira.

O diálogo da inclusão deve ser pautado na educação empresarial, principalmente para construir o discurso baseado na empatia, no respeito à diversidade e à inclusão.

“Para promover inovação com inclusão, os processos educativos são fundamentais, com letramento em gênero, letramento em toda a comunidade LGBT, educação empresarial com o foco na diversidade”, destacou a presidente da Cufa.

Incentivo aos jovens

O Startup Day oportunizou a troca de experiências e incentivos dos jovens que participaram em caravana, como foi o caso da estudante Amanda Letícia, de 14 anos, da Escola de Gestão Compartilhada Professora Risalva Freitas do Amaral, que desenvolve há um ano, o projeto de sustentabilidade no ambiente escolar.

“No projeto ‘Ensino da Física descobrindo o universo da sustentabilidade’, usamos os materiais recicláveis para deixar os alunos de ensino fundamental com uma base de física e gastronomia, como forma de melhorar o aprendizado e gerar oportunidades de participar de eventos como campeonatos e olimpíadas”, explicou Amanda.

Outro jovem da mesma escola é Wallace Silva, de 17 anos, que é entusiasta da tecnologia e inovação. E que em breve vai participar das Olimpíadas de Robótica, dentro e fora do estado.

“Nosso projeto já tem dois anos e é sobre robótica educacional, porque o futuro do mundo é atrelado a tecnologia. Mostramos aos alunos como funciona a questão da computação para despertar o pensamento crítico deles e tentar achar a solução com o teor tecnológico, como por exemplo a reciclagem de materiais eletrônicos para construir protótipos para ser apresentado em feiras e torneios robóticos”, contou o estudante.

Startup Day 2024

É um evento realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) em parceria com o Governo do Estado, Comunidade Tucuju Valley, Rede Amazônica, Amapatec, Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Prefeitura Municipal de Santana e o Instituto Federal do Amapá (Ifap).

O evento promove negócios inovadores, viabiliza networking com especialistas do ecossistema de inovação e estimula o surgimento de mais startups no Amapá. A programação realizada neste sábado, 16, aconteceu de forma simultânea em todos os estados do Brasil e Distrito Federal.

‘Estamos no coração da Amazônia, usamos a biotecnologia como pilar inovador’, diz executiva no Startup Day 2024

Evento realizado pelo Sebrae, com apoio do Governo do Amapá, destacou investimentos em pesquisa baseados na bioeconomia.

“Estamos no coração da Amazônia e, com isso utilizamos a biotecnologia como um pilar inovador”, destacou Ericka Bezerra, executiva da Associação Amapaense de Tecnologia (Amapatec), ao palestrar durante o  Startup Day 2024, realizado neste sábado, 16, em Macapá.

A programação, promovida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) com o apoio do Governo do Estado, ocorreu simultaneamente em todo o Brasil. No Amapá, o encontro proporcionou debates sobre o desenvolvimento sustentável na Região Amazônica, alinhado ao desenvolvimento sustentável.

A empreendedora relembrou que o Amapá é um dos estados mais preservados do país, o que contribui para a produção com matéria-prima natural, unindo sustentabilidade e economia.

“Discutir esse assunto fortalece ainda mais o debate, pois conecta e integra atores fundamentais da nossa área. Essa oportunidade de falar de tecnologia é um momento de transformar e criar novos negócios que, posteriormente, viram uma startup”, afirmou Ericka.

Especialistas do setor compartilharam diferentes visões sobre o tema, destacando incentivos e investimentos em pesquisa e empreendedorismo baseado na bioeconomia. Além disso, foram discutidas estratégias para promover a inserção de comunidades locais em pesquisas inovadoras.

“Pesquisas para essa área geram, além de emprego e renda para a população, novos horizontes para um futuro socialmente econômico no Amapá. Discutir sobre hubs de inovação, que fazem parte do Plano de Governo, é uma oportunidade em que várias instituições de ensino terão para mostrar seus projetos e perspectivas no setor tecnológico”, destacou o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Edvan Andrade.

Startup Day

No Amapá, mais de 800 pessoas participaram do evento que reuniu palestrantes de diversos estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Amazonas e Rio Grande do Sul, para discutir investimentos, políticas sociais e ambientais na região Amazônica e ideias inovadoras na área da tecnologia.

Os temas voltam a ser debatidos após o Startup20, realizado em fevereiro, que tratou o cenário econômico das startups com representantes das maiores economias do mundo, realizado pela Associação Brasileira de Startups em parceria com o Governo do Estado e o Sebrae.

Startup Day 2024 traz oportunidade de inovação e negócios para impulsionar o empreendedorismo criativo no Amapá

Evento realizado pelo Sebrae, com apoio do Governo do Estado, neste sábado, 16, tem objetivo de estimular o mercado de inovação.


Com objetivo de promover negócios, inovação e viabilizar novas oportunidades no mercado criativo, o Startup Day, realizado anualmente pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) do Amapá, com apoio do Governo do Estado, acontece neste sábado, 16, na sede dos Magistrados, em Macapá, tendo como meta o engajamento do público para o surgimento e desenvolvimento de negócios promissores no estado e na região.

Este ano, o encontro tem a proposta de capacitar mais de 600 pessoas e aumentar o número de empreendimentos. Em fevereiro, o Amapá debateu o setor econômico das startups com as maiores economias do planeta, que se reuniram na capital para trocar experiências e abrir oportunidades em bioeconomia, inovação, tecnologia e desenvolvimento sustentável durante o Startup20, realizado pela Associação Brasileira de Startups em parceria com o Governo do Estado e Sebrae.

Agora o tema volta a ser debatido, reforçando a importância do Amapá como pólo emergente de empreendedores no setor. Além disso, o Startup Day se consolida com uma dinâmica de acessibilidade e um espaço para novas conexões no mundo dos negócios.

“O evento é de fundamental importância para alavancar o desenvolvimento de novos negócios de base tecnológica no estado, além de gerar conexões entre o ecossistema local com palestrantes que são referência em inovação no cenário nacional. O Governo do Estado participa de forma ativa junto ao ecossistema local de inovação no movimento de se fazer do Amapá o estado mais inovador da Amazônia, de maneira que se tenha impacto direto desde a educação básica até o setor produtivo, agregando valor aos serviços e produtos desenvolvidos aqui”, destacou Marceli Coimbra, secretária em exercício de Ciência e Tecnologia do Amapá.

Na programação deste ano do Startup Day, o estado recebe palestrantes nacionais e especialistas que buscam difundir conhecimento e novas práticas para alavancar negócios na Região Amazônica.

Startups

As startups são empreendimentos com modelo de negócios inovador, com impacto social e que solucionam problemas.

Presentes no dia a dia de todos, as startups são empreendimentos com modelo de negócios escalável, repetível e guiadas por uma ideia transformadora, com impacto social, seja um produto ou serviço, e que soluciona problemas. Em 2023, a média de faturamento de cada startup no Brasil foi de R$ 876 mil, de acordo com a Associação Brasileira de Startups.

As startups também se caracterizam pela necessidade de tornar o empreendimento sustentável dentro do mercado econômico, sendo consideradas empresas de alto potencial e risco, principalmente no seu início, sendo modelos de negócio perfeitos para quem possui perfil empreendedor.

Confira a programação:

Sábado, 16

Local: sede dos Magistrados

  • 8h – Credenciamento
  • 8h30 – Café de conexão
  • 9h30 – Palestra “Startup boa é Startup que Vende’, ministrada por Theo Orosco, CEO da Exact Sales.
  • 10h05 – Painel ‘O poder das CEO’s na Bioeconomia’, com a mestra em Gestão Pública do Desenvolvimento Regional, Juliana Porto; a CEO da Yara Couro, Bruna Freitas; CEO da Engenho Café de Açaí, Valda Gonçalves; e CEO da Amazon Bioprotein, Antonia Bezerra.
  • 10h40 – Palestra ‘Como escalar sua Startup com a nuvem’, ministrada pelo representante da Cloud Manager, Will Sousa.
  • 11h15 – Painel ‘Como os Parques e Hubs alavancam o Ecossistema de Inovação na Amazônia?’, com a CEO da Amapatec, Erika Bezerra; CEO da Ai3 – Inovação Integrada, Agliberto Chagas; presidente da Amapatec, Lindomar Ferreira; e o secretário da Ciência e Tecnologia do Amapá, Edvan Andrade.
  • 11h50 – Palestra ‘Crimes cibernéticos, o ambiente digital está protegido?’, com a delegada Aurea Uchôa, da Delegacia Crimes Cibernéticos.
  • 14h10 – Painel ‘Microbiota – O tesouro no Ecossistema da Amazônia’, com o CEO da Bactolac, Antonio Carlos; a CEO da Blue-Green Nutrição, Elane Cunha; e o pesquisador da Embrapa, Gilvan Silva.
  • 14h45 – Painel ‘Principais tecnologias de Inteligência Artificial e como aplicá-las na sua empresa’, com o CEO da Assinadoc, Felipe Ladislau; Co-Founder e CTO da Tributei, Wanderson Elias; CEO da Amaztrace, Victor Costa; e o Head de produto de dados e A.I S3 Tecnologia, Luiz Gaudencio.
  • 15h20 – Caso de Sucesso ‘Rede Amazônica: Uma senhora ou uma jovem de 50 anos e o poder da Inovação’, com o CEO da SouRev, Frank Portela; e CEO do Grupo Rede Amazônica, Phelippe Daou Júnior e participação de Phelippe Daou Neto.
  • 16h55 – Palestra ‘Investimento do Amazônia para a Amazônia’, com o palestrante diretor-presidente da Bemol e co-fundador da FAZ e MUSA, Denis Minev; e o CEO da SouRev, Frank Portela.
  • 17h30 – Painel ‘O poder da Inclusão gera a Inovação’, com a CEO e Founder da Onfluu Comunicação, Mayara Pereira; e com a presidente da CUFA Amapá, Alzira Nogueira; a líder de cultura da empresa SouRev, Fleur Duarte; e a CEO da NOUN, Úrsula Ariel.

Startup Day 2024 reúne palestrantes nacionais e especialistas para fomentar ecossistema de inovação no Amapá

Evento é referência no setor do empreendedorismo tecnológico e tem como público-alvo entusiastas, empreendedores e startups em todos os níveis de maturidade


O Startup Day é um evento realizado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) em parceria com o Governo do Estado (GEA), Comunidade Tucuju Valley, Rede Amazônica, Amapatec, Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Prefeitura Municipal de Santana (PMS) e o Instituto Federal do Amapá (IFAP). O evento promove negócios inovadores em nível internacional, viabiliza networking com especialistas do ecossistema de inovação e estimula o surgimento de mais startups no Amapá. O Startup Day 2024 acontece na Sede dos Magistrados, no dia 16 de março, das 9h às 17h.

Segundo a analista da Unidade de Soluções Inovadoras e Competitivas do Sebrae (Unic), Josseli Pantoja, o evento busca engajar o público para o surgimento e desenvolvimento de negócios promissores, com destaque para as demandas e necessidades das startups de cada estado e região do Brasil.
É um evento que se destaca por ser único no panorama da inovação no Brasil. O Startup Day acontece como um marco anual que reúne a comunidade empreendedora do estado do Amapá, sendo um evento técnico que oportuniza diversas palestras e painéis que se classifica como um movimento precursor do ecossistema de Startup, disse a analista, Josseli Pantoja

Público

O evento tem como público-alvo, empreendedores, estudantes e startups em fase de curiosidade, ideação, validação, tração, crescimento e escala.

A fase de curiosidade tem como perfil pessoas que demonstram curiosidade pela atividade empresarial, mas ainda não têm um negócio e a ideação trata-se de um empreendedor em potencial trabalhando em uma ideia de negócio. Na fase de validação, a startup está em direção ao encaixe entre Problema e Solução e validação de MVPs.

Na etapa de tração, a empresa já possui um portfólio de clientes pagantes, deve estar consistentemente melhorando sua operação em direção à previsibilidade de receita e o encaixe entre Produto e Mercado. O momento de crescimento vem após o encaixe entre Produto e Mercado, otimizando a gestão para acelerar vendas e escalar o negócio e na última etapa, o momento de escala significa que a empresa está crescendo 100% ou mais durante o ano.

Resultados

Em 2023, o Startup Day no Brasil atingiu quase 16 mil pessoas participantes, com uma programação ampla e diversificada em todos os 26 estados e o Distrito Federal. Em escala municipal, o evento atingiu a marca de 110 municípios participantes, número que superou as edições dos últimos quatro anos. No Amapá, mais de 300 participantes durante um dia de imersão no universo de Startups. Em 2024, a proposta do evento é capacitar mais de 600 pessoas e aumentar ainda mais a densidade de startups no Amapá.

Coordenação

A 10ª Edição do Startup Day, é coordenada pelo gerente da Unidade de Soluções Inovadoras e Competitivas do Sebrae no Amapá (Unic), Bruno Castro; e pela gestora do Projeto Startup Amapá, Josseli Pantoja.

Programação

Data: 16 de março de 2024 – Sábado

Local: Sede dos Magistrados

Hora: 9h30 às 10h05 – Palestra ‘Startup boa é Startup que Vende’, ministrada por Theo Orosco, CEO da Exact Sales

Hora: 10h05 às 10h40 – Painel ‘O poder das CEO’s na Bioeconomia’, com a moderadora Juliana Porto, mestre em Gestão Pública do Desenvolvimento Regional e as painelistas Bruna Freitas, CEO da Yara Couro; Valda Gonçalves, CEO da Engenho Café de Açaí; e Antonia Bezerra, CEO da Amazon Bioprotein

Hora: 10h40 às 11h15 – Palestra ‘Como escalar sua Startup com a nuvem’, ministrada por Will Sousa, Cloud Manager

Hora: 11h15 às 11h50 – Painel ‘Como os Parques e Hubs alavancam o Ecossistema de Inovação na Amazônia?’, com Erika Bezerra, CEO da Amapatec; Agliberto Chagas, CEO da Ai3 – Inovação Integrada; Lindomar Ferreira, Presidente da Amapatec; e Edvan Andrade, Secretário da Ciência e Tecnologia – SETEC

Hora: 11h50 às 12h50 – Palestra ‘Crimes cibernéticos, o ambiente digital está protegido?’, com Aurea Uchôa, Delegada da Polícia Civil – Crimes Cibernéticos DR CCIBER

Hora: 14h10 às 14h45 – Painel ‘Microbiota – O tesouro no Ecossistema da Amazônia’, com o moderador Antonio Carlos, CEO da Bactolac e os painelistas Elane Cunha, CEO da Blue-Green Nutrição e Gilvan Silva, Pesquisador da EMBRAPA

Hora: 14h45 às 15h20 – Painel ‘Principais tecnologias de Inteligência Artificial e como aplicá-las na sua empresa’, com o moderador Felipe Ladislau, CEO da Assinadoc e os painelistas Wanderson Elias, Co Founder e CTO da Tributei; Victor Costa, CEO da Amaztrace; e Luiz Gaudencio, Head de produto de dados e A.I S3 Tecnologia

Hora: 15h20 às 16h55 – Caso de Sucesso ‘Rede Amazônica: Uma senhora ou uma jovem de 50 anos e o poder da Inovação’, com o moderador Frank Portela, CEO da SouRev e os painelistas Phelippe Daou Júnior, CEO do Grupo Rede Amazônica e Phelippe Daou Neto

Hora: 16h55 às 17h30 – Palestra ‘Investimento do Amazônia para a Amazônia’, com o palestrante Denis Minev, Diretor-presidente da Bemol e co-fundador da FAZ e MUSA; e Frank Portela, CEO da SouRev

Hora: 17h30 às 18h05 – Painel ‘O poder da Inclusão gera a Inovação’, com a moderadora Mayara Pereira, CEO e Founder da Onfluu Comunicação, e com as painelistas Alzira Nogueira, Presidente da CUFA Amapá; Fleur Duarte, Líder de cultura da empresa SouRev; e Úrsula Ariel, CEO da NOUN.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação

Startup Day reúne no Sebrae público do setor de negócios inovadores, neste sábado (27)

O evento 100% presencial, gratuito, conta com a presença de 18 especialistas e reúne mais de 300 pessoas


O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) realiza a 9ª edição do Startup Day em parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Amapá (Setec) e Tucuju Valley. O objetivo é possibilitar mentorias com os empresários milionários do setor de inovação e um grupo de palestrantes e painelistas que são referência para falar sobre empreendedorismo, tecnologia, inovação e bioeconomia. Estão na programação palestras, talks e o Desafio Sebrae Like a Boss, com interação e conteúdo para os empreendedores. O evento ocorre na sede do Sebrae em Macapá, neste sábado (27), das 8h às 18h30.

Segundo a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Suelem Amoras, a programação foi elaborada para empreendedores, pessoas físicas e startups em todos os níveis de maturidade, curiosidade, ideação, operação e demais públicos que possui interesse por novos conhecimentos e oportunidades para empreender no Amapá.

“Este evento de conexão proporciona o encontro entre as demandas do mercado e as soluções oferecidas por startups, além de permitir quem tem uma ideia, iniciar o processo de transformação para um negócio. Não se restringe apenas a empresas já em operação em busca de expansão, mas também abrange aquelas que estão nas fases iniciais de ideação e validação dos seus modelos de negócios.” destaca a diretora Suelem Amoras.

Palestrantes

O evento Startup Day conta com a presença dos palestrantes Fernando Seabra, idealizador do Clube BoraFazer, investidor anjo, mentor do Planeta Startup, advisor no Batalha das Startups, e avaliador Shark Tank Brasil; os especialistas Marcelo Creão, João Alberto Capiberibe, Edivan Andrade e Raphael Medeiros, a palestrante e presidente da Abstartup, Ingrid Barth; designer Úrsula Ariel; Erika Bezerra; Lindomar Ferreira; Sabrine Gemelli e Felipe Ladislau, Cirilo Simões, Antonio Fascio, Felipe Ferreira; Waldir Júnior; José Carlos Tavares, pesquisador na área de fármacos e medicamentos; Marcos Klein, e Frank Portela, CEO da RevPay, empreendedor e vendedor.

Programação

Data: 27 de maio – Sábado

Hora: 8h às 18h30

Palestra: Liderar para inovar – Fernando Seabra

Bate-papo: Biodiversidade: Riqueza e Diversidade – Marcelo Creão, João Alberto Capiberibe, Edivan Andrade e Raphael Medeiros

Palestra: Altos e baixos da Jornada Empreendedora – Ingrid Barth

Talk: Design – Criatividade com diversidade – Úrsula Ariel

Talk: Os segredos da comunidade revelação do Brasil – Erika Bezerra, Lindomar Ferreira, Sabrine Gemelli e Felipe Ladislau

Talk: Startups de Sucesso: Do Amapá para o mundo – Cirilo Simões, Antonio Fascio, Felipe Ferreira e Waldir Júnior

Palestra: Bioeconomia Amapaense para Fármacos – José Carlos Tavares

Palestra: Metaverso, Realidade Virtual e Inteligência Artificial – A internet 3.0 – Marcos Klein

Palestra: Startup com função de empoderamento feminino – Frank Portela.

Sebrae no Amapá/Unidade de Marketing e Comunicação