Pré-Candidatura de Paulo Lemos à Prefeitura de Macapá terá apoio do Partido dos Trabalhadores

Em uma reunião realizada em Brasília na manhã desta quarta-feira, foi oficializado o apoio do Partido dos Trabalhadores (PT) à pré-candidatura de Paulo Lemos (PSOL) à Prefeitura de Macapá. O evento contou com a presença do senador Randolfe Rodrigues, da presidente do PSOL, Paula Coradi, e da presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, que juntos formalizaram o apoio.

A aliança entre os partidos é vista como um marco significativo para a política local, visando fortalecer o campo progressista. O Partido dos Trabalhadores (PT), se junta à Rede Sustentabilidade, que compõe a federação com o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL).

Paulo Lemos agradeceu o apoio recebido e destacou seus principais objetivos caso seja eleito prefeito. “Nossa campanha será pautada pelo diálogo com a sociedade, na promoção da igualdade social e na geração de emprego e renda. Macapá precisa de uma gestão que olhe para todos os seus cidadãos e cidadãs, e estou preparado para esse desafio,” declarou Lemos, reafirmando que defenderá o plano de governo que ganhou nas urnas no Brasil em 2022, representando uma frente ampla de partidos democráticos e progressistas.

Com esta aliança, a pré-candidatura de Paulo Lemos ganha um importante respaldo político, fortalecendo suas chances na disputa pela Prefeitura de Macapá e sinalizando um novo caminho para a cidade com mais oportunidades.

*Adryany Magalhães*
_Comunicação PSOL AP_

’Determinação do presidente Lula é total apoio para o povo atingido pela estiagem no Amapá’, diz ministro Wellington Dias

O ministro do Desenvolvimento e Assistência Social confirmou neste domingo, 22, o apoio para amenizar a situação.

Após decretar situação de emergência no município de Tartarugalzinho, o Governo Federal se colocou à disposição para auxiliar o Governo do Amapá no combate às queimadas que atingem o estado, devido ao período de estiagem, quando as chuvas diminuem.

O ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome do Brasil, Wellington Dias, confirmou neste domingo, 22, o apoio para amenizar a situação.

“A determinação do presidente Lula é total apoio para o povo atingido pela estiagem em Tartarugalzinho e onde mais precisar no Amapá!”, reforçou Dias.

O ministro destacou que, já na segunda-feira, 23, o Governo Federal vai adotar as providências junto à Caixa Econômica para liberar ao estado recursos que permitam o reforço ao combate às queimadas.

Ainda no sábado, 21, o governador Clécio Luís decretou situação de emergência em todo estado, permitindo maior agilidade na tomada de decisões administrativas para auxiliar as famílias amapaenses atingidas pela estiagem.

“Infelizmente, os números de queimadas estão aumentando. As consequências afetam diretamente a saúde, a economia e o meio ambiente. Juntos, enfrentaremos os desafios e trabalharemos para um Amapá mais forte”, destacou Clécio Luís.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de 1 a 19 de outubro de 2023, o Amapá teve mais de 10 mil focos de incêndio, enquanto no mesmo períoto de 2022 foram contabilizados 4,7 mil focos, uma variação de 113%.

Ação humanitária

Além de decretar situação de emergência, Governo do Amapá garantiu à Prefeitura de Tartarugalzinho cestas básicas, kits de higiene, garrafões de água mineral, caixas d’água, combustível, cinco mil unidades de hipoclorito, além de carros-pipa para abastecimento das famílias e irrigação das plantações.

Todo material recebido será distribuído, posteriormente, pelo município, após realização de triagem das famílias que estão sendo impactadas pelos focos de incêndio.