Publicidade

Repiquete no Meio do Mundo

Um blog feito na esquina do Rio Amazonas com a Linha do Equador, no Amapá.

Faleceu o geólogo Marcos Palheta

Alcilene Cavalcante em 15 de setembro de 2017

Uma homenagem de seu amigo Marcos Chagas

Marco Antonio Palha Palheta
“Se tivesse que falar sobre o que mais me afeta com o tempo cronológico da vida, diria que é a perda de amigos”.
Conheci aquele menino de pernas torta desde que nasceu. Recebi o seu nome, pois Dona Morenita havia emprestado de minha mãe o nome “Marco Antonio”, um ano antes. Ele de 63 e eu do ano seguinte.
Ele na Mendonça Furtado e eu no Bairro Alto. Havia conexões entre nossos quintais, o que facilitava nossos encontros, coisa comum na Macapá antiga.
Ele, assim como eu, e boa parte dos “menudos de Macapá”, também fomos apaixonados pelas filhas do Seu Abiguá. Mas, isso é segredo!
Roubamos a bike do Chico Bessa. A gente só queria chegar “bacana” no Circulo Militar e se exibir para as gatas… como fazia o Badu Picanço.
Jogamos basquete juntos no Guarani. Ouvimos as mesmas broncas do Seu Milton. Os portugueses Américo e Chico Diniz ganharam muitos campeonatos de basquete a nossas custas.
Ele virou geólogo e eu também. Parecia que não queria o deixar sumir de minha vista.
Desde 2002, nos encontrávamos todas as terças e sábados para um basquete entre amigos.
Saudades eternas meu amigo e irmão Marco Antonio Palha Palheta.
Ah! Segura a camisa 4 aí por cima.

 

Marquinho, como eu o chamava, foi meu colega de classe em todo o ensino fundamental. Estudioso, tornou-se um grande prossiinal, dos quadros do DNPM.

Ele faleceu na tarde desta sexta-feira, 15 de setembro, depois de um rápido câncer no estômago. Seu velório acontece na capela Santa Rita.

Que o Senhor o receba em sua Glória.

11 comentários »

Publicado no Instagram

Alcilene Cavalcante em 13 de setembro de 2017

GabrielDay! Hoje é aniversário do Gabriel. Um dia de felicidade plena e gratidão por poder festejar sua vida e presença em nossa família. Parabéns filho amado! Você foi o encaixe perfeito na nossa vida. Muita admiração por você! Leve, solidário, feliz, responsável, doce, íntegro. Que meus desejos como mãe lhe acompanhem todos os dias. Saúde, felicidade, conquistas profissionais e pessoais, dignidade nas lutas da vida, força e leveza nos momentos difíceis, projetos executados e desejos realizados. Muito gratidão a Deus pela benção de ser sua mãe, Biel!
Publicado no Instagram

Deixar um comentário

Publicado no Instagram

Alcilene Cavalcante em 11 de setembro de 2017

E hoje o Rio Lindo De Janeiro, está mais lindo, pois é dia de @marisacruz11 . Amiga querida, doce e eternamente linda. Feliz Aniversário, amiga! Que os dias sejam sempre alegres como seu sorriso e leve como sua alma. Deus sabe que és uma filha maravilhosa e temente a Ele. Paz, saúde, sucesso no trabalho, amor e alegrias.
Publicado no Instagram

1 comentário »

Entre a Tortura e a Matinta Pereira é lançado na Bienal do Livro do Rio de Janeiro

Alcilene Cavalcante em 11 de setembro de 2017

Professor e advogado Dorival Santos, o querido Ney Bola, lançou seu livro “Entre a Tortura e a Matinta Pereira” na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, no último final de semana.  A obra retrata a ditadura militar no Amapá, e como as lendas amazônicas eram usadas no imaginário da população para causar medo dos “comunistas” e criar fatos inexistentes.

1 comentário »

Prefeitura de Macapá multa CEA em R$ 1 milhão

Alcilene Cavalcante em 11 de setembro de 2017

 

 

 

Fiscais da Prefeitura de Macapá autuaram, na manhã de quinta-feira, 7, a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA). A multa, no valor de R$ 1 milhão, foi devido à empresa estar fazendo poda e supressão de árvores sem nenhuma autorização dos órgãos competentes.

 

 

 

A fiscalização da Secretaria Municipal de Meio ambiente (Semam) flagrou durante a ronda equipes da CEA fazendo os serviços nas ruas Leopoldo Machado, Jovino Dinoá, Hamilton Silva e Av. José Tupinambá. Cerca de 100 árvores tiveram parte dos troncos cortados e pelo menos cinco foram totalmente eliminadas.

 

 

 

A multa por infração gravíssima foi baseada no Decreto 458 de 2014, Art. 30 da Lei Municipal de Meio Ambiente 948/86.

 

 

 

Aline Brito

Assessora de comunicação/Semam

Deixar um comentário