Repiquete no Meio do Mundo

Um blog feito na esquina do Rio Amazonas com a Linha do Equador, no Amapá.

Fórum das Cidades: prefeito Clécio propõe políticas compensatórias entre municípios e governo

Alcilene Cavalcante em 19 de junho de 2015

O prefeito Clécio Luís integrou na manhã desta quinta-feira, 18, o Fórum das Cidades, que reuniu gestores dos 16 municípios amapaenses em uma programação que debateu o planejamento de ações e agendas permanentes entre Governo do Estado e prefeituras. O encontro também reuniu autoridades do Poder Judiciário e de controle fiscal, além de parlamentares municipais e estaduais.

Em sua fala, Clécio Luís reconheceu a iniciativa de retomar o fórum como uma ação de construção para a relação sólida entre as administrações municipal e estadual, em busca do desenvolvimento econômico e social de cada cidade.

“Da mesma forma que os governos estaduais dependem da União, os municípios dependem das parcerias com o Estado, portanto é fundamental que ocorram as cooperações no campo político, sobretudo com ações concretas. Quero estabelecer uma relação com o governo que resulte em parceria com as prefeituras independente de bandeiras partidárias, de forma clara e transparente pautadas nas necessidades dos municípios”, disse Clécio Luís.

As dificuldades enfrentadas com a crise financeira estabelecida no país e os impactos sobre os fundos de participação dos estados e municípios diretamente na gestão dos poderes executivos, também foi destaque durante o Fórum das Cidades.

ForumdasCidades

 

 

Andreza Sanches/Asscom PMM

Sobre o Parque Zoobotânico. Publicado neste blog em agosto de 2013

Alcilene Cavalcante em 19 de junho de 2015

* Marco Antonio Chagas. Doutor em Gestão Ambiental

onca pintada

Em 2008 o Parque Zoobotânico abrigava uma fauna de 221 animais. Em 2011 esse número caiu para 105 e hoje existem somente 60 animais no Parque.

Participei da elaboração do projeto de revitalização do “zoo” do Parque e peço perdão pelos equívocos. Errei pela utopia e por não considerar a história do parque, cuja vocação sempre foi a botânica do Sacaca.

A Instrução Normativa do IBAMA Nº 04, de 04 de março de 2002, estabelece as regras para o funcionamento de jardins zoológicos públicos ou privados. A categoria de jardins zoológicos mais simples (Categoria C) exige atendimento de 14 itens, incluindo a existência de laboratório para análises clínicas e patológicas, ambulatório veterinário,  setor extra destinado a animais excedentes, munido de equipamentos e instalações que atendam as necessidades dos animais alojados, entre outros.

Cuidar de animais em cativeiro é uma missão franciscana. Todos conhecem a luta do Paulo Amorim da RPPN REVECOM, em Santana. Uma onça custa ao Paulo entre R$ 6 a 10 mil reais/mês. Poucos sabem, mas enquanto as novelas globais passam, Paulo está mendigando sobras de alimentos dos supermercados para os animais abrigados na reserva.

A Prefeitura fez a opção de construir gaiolas para os 60 animais ainda existentes no Parque porque agora o prefeito atual blá, blá, blá… Também torço pelo Prefeito Clécio, mas a PMM já tem problemas demais.

Os animais têm o direito de morrer em paz. Evitar a exposição humana e destiná-los para um dos Centros de Triagem de Animais Silvestres – CETAS/IBAMA seria mais razoável. Esse Centro ficou de receber apoio da Ferreira Gomes Energia para abrigar os animais resgatados por ocasião do desmatamento da área do reservatório da hidrelétrica, que deverá começar ainda este ano.

Quando estudante do “IETA Forever”, minha primeira aula de campo de ciências foi organizada pelo professor Paulino Sousa do Rosário. Fomos ao Parque ouvir os ensinamentos botânicos do Benedito Vítor Rabelo, um dos maiores pesquisadores da Amazônia, o qual tenho a honra de compartilhar de sua amizade.

Enquanto a “Revolução dos Bichos” não acontece, minha sugestão é transferir os animais para o CETAS/IBAMA e destinar o Parque para atividade lazer, recreação e educação ambiental, como aquelas dos bons tempos do IETA.

*Nota do Blog: Espero que o prefeito Clécio Luis leia este artigo e tome a sensata decisão de transformar esse parque Zoobotânico em Parque Botânico.

Marabaixo

Alcilene Cavalcante em 17 de junho de 2015

S

Agenda do servidor: subindo no telhado

Alcilene Cavalcante em 17 de junho de 2015

Tem ameaça de greves e paralisações pipocando pra todo lado. É que chegou o meio do ano e nada de reajustes para as categorias de servidores públicos do estado. Muita reunião e nenhum encaminhamento de reposição salarial.

Setor de Infraestrutura, com engenheiros, geólogos, arquitetos e técnicos da área, entram em greve a partir de hoje.

Professores e técnicos da Universidade Estadual – UEAP estão em greve há 10 dias e protestaram ontem em frente ao Palácio do Governo.

Servidores da Caesa anunciam greve para o próximo dia 22.

Já os professores, fazem assembleia geral da categoria, nesta quarta-feira à noite, pra decidir se aceitam a proposta do governo sobre pagamento da regência de classe. Há indicativo de paralisação.

Médicos também ameaçam parar.

 

18 anos do sobrinho lindo

Alcilene Cavalcante em 17 de junho de 2015

E hoje o blog festeja o aniversário do Allan Rafael Chaves Cavalcante, que chega a maioridade.

É um lindo de tudo. Na delicadeza, inteligência, caráter e leveza nas coisas da vida. Acadêmico de engenharia de Telecomunicações, vascaíno e Paysandu doente. (Ok, ninguém é perfeito).

Feliz Aniversário, Lhó.

Aqui na sua eterna segunda, terceira ou quarta casa, festejamos sua vida com muito carinho.

Rafa_n

Eu fiz uma fogueirinha

Alcilene Cavalcante em 17 de junho de 2015

Moda

*Jéssica Guimarães. Bacharel em Direito, estudante de Artes Visuais, Trendsetter e Cool Hunter de moda e comportamento.

Estamos no mês junino e as festas juninas fazem nos reunir em festinhas desde as de escola, bairro, igreja, produtoras, até as feitas em casa para família e como é sempre bom se vestir bem, se sentir confortável e não gastar tanto, darei 4 dicas de looks para uma festinha junina com roupas que você pode ter no seu armário como roupas com estampas xadrez, floridas e com motivos juninos até o nosso bom e velho jeans.

Look 1: Saia feita de camisa xadrez de mangas com uma camisa básica e no cabelo uma tiara junina e bota rasteira para quem busca conforto. Esse look visa a praticidade, você pode pegar uma camisa do seu irmão como no meu caso, amigo, namorado ou pai. Por camisas masculinas geralmente serem maiores e a maioria dos homens possuírem ao menos uma camisa xadrez. Você pode abrir a camisa de mangas (ver se cabe em seu tamanho) e abotoar para o lado deixando uma fenda ou abotoar na frente e fechar todos os botões e amarrar as mangas do jeito que preferir com nós ou laços e por uma camisa básica para dar visão a peça de baixo.

Imagem 1

Look 2: Jardineira xadrez com camisa básica. Você pode aproveitar uma jardineira jeans ou uma estampada xadrez ou florida para um look mais romântico para festas juninas mais familiares. Para dar um A mais junino é só usar a tiara junina que estão à venda nesse período no comércio com diversos preços e modelos ou você pode usar uma que já tenha em casa ou de alguma criança próxima, já que são produzidas em tamanho único a maioria das tiaras.

Imagem 2

 

Look 3: Calça jeans com camisa de manga florida de tecido junino, tiara junina. Basicamente você pega uma calça jeans de sua preferência e a usa com uma camisa mais comportada junina sendo com estampa: xadrez, florida, com motivos juninos como balões ou fogueiras ou até mesmo você pode usar uma branca e customizar com canetas para tecido. Esse look vai da festa junina da igreja a festa junina em boates acrescentando uma bota de salto para pessoas que buscam ser discretas, gostam de se movimentar sem medo e estarem de acordo com o tema.

Imagem 3

Look 4: Conjuntinho com jaqueta jeans, sapatilha marrom. Se você passou pela febre dos conjuntinhos vai ter um conjunto com estampa divertida, básica, xadrez ou florida. Use e abuse dele e para dar um toque mais descolado é só pegar uma camisa ou jaqueta sua ou masculina mesmo como no look mostrado e enrolar as mangas e usar como um quimono aberto/jaqueta.

Imagem 4

Dica: Os tecidos juninos são bem baratinhos e estão em torno de 5 a 6 reais e você pode comprar 30 cm ou até mesmo 1 metro dependendo da sua criatividade e cortar bandeiras ou o que preferir e costurar em um jeans ou em um vestido básico ou estampado em uma das estampas que falei e de sua preferência customizar.

*Trendsetter: Gerador de tendências e que lança moda.

*Cool Hunter: Caçador de Tendências, pesquisador que observa em 360 graus o que está acontecendo a sua volta.

TrendSetter/ Cool Hunter são profissões liberais com a mesma intenção, mas destinadas para pessoas além do seu tempo. Esta profissão estudo a tendência do seu público alvo, sendo o objetivo não informar o que tem no mercado mas sim um propósito maior de estudar atitudes e comportamentos do ser humano acabando por predizer algo futuro no comportamento do consumidor.

 

 

Álbum de Retrato

Alcilene Cavalcante em 17 de junho de 2015

Na colorida e linda ilha de Guadeloupe, departamento ultramarino francês, no Caribe.

O

Com a amiga Lindeti Góes e moças do consulado brasileiro

Marialva Ramalho eleita reitora do IFAP

Alcilene Cavalcante em 17 de junho de 2015

A professora Doutora Marialva Ramalho venceu as eleições para reitora do Instituto Federal de Educação do Amapá-IFAP. E foi a mais votada nas três categorias: Professores, técnicos e alunos.

No IFAP não é lista tríplice. Portanto, será a nova reitora.

Parabéns Marialva. Ifap estará em ótimas mãos.

Marialva_n

 

Pedro da Lua em campanha pelos idosos

Alcilene Cavalcante em 17 de junho de 2015

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, Pedro da Lua, defendeu ontem na AL, a instalação da Delegacia do Idoso. A defesa ocorreu por ocasião do Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a pessoa Idosa.

Pedro da Lua vai lançar, por meio da CDH, a 1ª Campanha de Conscientização da Não Violência à Pessoa Idosa, com o objetivo de orientar a população para a redução da violência familiar. “No fundo, não basta só punir. A nossa sociedade não está preparada para receber o seu idoso, a sua idosa. As pessoas pensam que vão usufruir eternamente do vigor jovial da vida”, disse.

Uma boa pauta de engajamento do deputado.

E ele nem precisa de 100 assessores pra isso. E tem em sua equipe o Renivaldo Costa, que é competente e bom de serviço.

Da lua

O Petróleo é nosso!

Alcilene Cavalcante em 16 de junho de 2015

Acaí-DSCN2930

Faleceu a mestra Lucimar Costa

Alcilene Cavalcante em 16 de junho de 2015

Educadora por várias décadas e queridíssima em todos os ambientes onde atuava, Lucimar Costa, a Luci, faleceu ontem, vítima de “complicações” de saúde. Primeiramente foi diagnosticada com dengue, no hospital da Unimed, e depois com um quadro infeccioso que só agravava.

Triste isso.

A professora Luci está sendo velada na Capela Santa Rita (Mendonca Furtado) e seu sepultamento ocorre às 11 horas desta terça-feira, no cemitério Nossa Senhora da Conceição.

Que Deus misericordioso conforte sua amada família

Lucimar

Pacientes dividem leito em único hospital infantil do Amapá

Alcilene Cavalcante em 16 de junho de 2015

A inspeção do Promotor da Saúde, André Araújo, do Ministério Público do Amapá, foi notícia no Jornal Hoje, da TV Globo

Veja a matéria aqui

O Hospital de Santana está do mesmo jeito. O Jornal do Amapá desta segunda-feira mostrou as crianças doentes dormindo em bancos de madeira.

 

Veja aqui

O Secretário de Saúde, Pedro Leite, disse à TV Amapá que as obras nos hospitais foram retomadas e que estavam paradas por inadimplência do estado. E que até dezembro inaugura pelo menos 5 obras, entre as quais o Hospital da Crianças, o Hospital Alberto Lima e a UPA da Zona Sul.

#Oremos

Parlamentares e empresários tratando sobre o petróleo no Amapá

Alcilene Cavalcante em 16 de junho de 2015

Era domingo à noite. E domingo de jogo do Brasil. Mas essa turma estava em reunião de trabalho, lutando para garantir ao Amapá investimentos, prioridades, e transparência no trabalho de prospecção e exploração de petróleo na costa do estado.

A reunião foi organizada pelo senador Randolfe Rodrigues, que chamou as empresas Total e British Petroleum, que integram o consórcio responsável pela exploração de petróleo no Amapá, para explicar as etapas do trabalho aos parlamentares e empresários do estado.

Estavam presentes na reunião de domingo a noite, além de Randolfe e dos representantes das empresas, o senador Davi Alcolumbre, o deputado federal Marcos Reátegui, o vereador André Lima, o secretário de Indústria e Comércio, Viterbino, os diretores do Sebrae, Alvarenga e Valdeir, e o empresário Jaime Nunes, que atua também na área de logística.

Reunião Petroleo

As empresas explicaram que só a fase de perfuração vai apontar se existe realmente petróleo em quantidade com potencial comercial.

Ler o restante do post »

Cuide do seu jardim, ao invés de esperar que lhe tragam flores

Alcilene Cavalcante em 16 de junho de 2015

Os conhecidos versos desse poema mostram como Macapá poderia ser bem mais bonita se todas as empresas, e pelo menos parte de seus moradores, cuidassem de suas calçadas e plantasse jardins.

Essas fotos são da calçada de uma das sorveteria Jesus de Nazaré. A que fica na esquina da Eliezer Levy com Coaracy Nunes.

Gostei e registrei.

Jardim-1

Jardim-2

jardim-3

Tempo de Colégio

Alcilene Cavalcante em 16 de junho de 2015

Tempodecolegio-_n

Reconhece essa turma do Colégio Amapaense? Escreve aí.

 

Procuradora Clara Banha. 34 anos de Ministério Público

Alcilene Cavalcante em 16 de junho de 2015

A procuradora de Justiça, Clara Banha, foi homenageada por colegas procuradores e promotores de justiça, pelos seus 34 anos de atuação no MP, considerando o MP-DFT e MP-AP.

A procuradora relembrou alguns momentos ao ingressar na carreira do Ministério Público dos Territórios Federais, em 12 de junho de 1981, como defensora pública.  “Em outubro de 1983, fui promovida por merecimento ao cargo de promotora de Justiça e, no dia 1º de novembro de 1991, após 10 anos de Ministério Público do Distrito Federal, optei pelo Ministério Público do Estado do Amapá, sendo a primeira integrante do órgão. Tenho orgulho de fazer parte desta instituição tão admirada e respeitada. Fui a primeira integrante do MP-AP, com o número 001 na Instituição”, disse a procuradora, que, em 1º de novembro de 1991, integrou o Ministério Público Estadual, como procuradora de Justiça, ocupando o primeiro posto na lista de antiguidade dos Membros do MP-AP.

Em 1997 foi eleita procuradora-geral de Justiça do MP-AP,  e reconduzida ao cargo em 1999.

Clara Banha

 

Veneza. Para enfeitar a semana

Alcilene Cavalcante em 15 de junho de 2015

Veneza-4

Conselho Superior do MP-AP homologa lista sêxtupla para desembargador

Alcilene Cavalcante em 15 de junho de 2015

Em sessão realizada na sexta-feira (12), na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, o Conselho Superior do Ministério Público do Amapá (MP-AP) homologou, por unanimidade, a eleição que definiu a lista sêxtupla para o desembargo, destinada ao preenchimento da vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), reservada ao Quinto constitucional do MP-AP.

A eleição, ocorrida no dia 22 de maio, seguiu todas as normas vigentes e a formação da lista sêxtupla foi composta da seguinte forma: O procurador de Justiça, Fernando Luís França, ficou em primeiro lugar, com cinco votos, seguido pelo procurador de Justiça, Nicolau Eládio Bassalo Crispino, que obteve quatro votos. Os procuradores de Justiça, Joel Sousa das Chagas, Manoel de Jesus Ferreira de Brito, Jayme Henrique Ferreira, e a promotora de Justiça, Alessandra Moro de Carvalho, fecharam a lista com três votos cada.

“Fomos maduros em todo este processo. As discussões foram muito importantes para o nosso crescimento. Agora, vamos enviar a lista sêxtupla para o Tribunal de Justiça do Estado do Amapá para, a partir daí, se dar a escolha do novo desembargador pelo governador do Estado”, declarou o procurador-geral de Justiça, Roberto Alvares.

 

Conselho Superior

Conselho Superior

Membros eleitos para a lista sêxtupla

Membros eleitos para a lista sêxtupla

 

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Seminário Economia do Agronegócio no Amapá acontece hoje

Alcilene Cavalcante em 15 de junho de 2015

Seminario-1seminario-2

 

Comunicado de cancelamento dos desligamentos das subestações Macapá II e Santa Rita

Alcilene Cavalcante em 13 de junho de 2015

A CEA tem enfrentado problemas para realizar manutenções corretivas em seu sistema de distribuição que atende a Subestação Macapá II.  Tivemos que adiar o desligamento por duas semanas. A greve dos trabalhadores da Eletronorte (semana passada, está semana foi firmado um acordo e os trabalhadores iriam a realizar os serviços) e a prova do instituto federal do Amapá – IFAP nos obrigaram a adiar os desligamentos. Ressaltamos que as manutenções são fundamentais à segurança do sistema.

A Companhia irá realizar o desligamento durante a próxima semana. Estamos realizando os protocolos do setor elétrico para que possamos definir a data dos serviços.

Ascom CEA