Publicidade

Repiquete no Meio do Mundo

Um blog feito na esquina do Rio Amazonas com a Linha do Equador, no Amapá.

Ex-deputado Edinho Duarte perde o benefício da prisão domiciliar e volta para a penitenciária

Alcilene Cavalcante em 25 de setembro de 2017

O Juiz DAVI SCHWAB KOHLS, da Vara de Execução Penal, revogou a prisão domiciliar do ex-deputado estadual Edinho Duarte.

Em sua decisão, o magistrado determinou o retorno do ex-parlamentar ao IAPEN para o cumprimento do restante de sua pena, de acordo com o regime fixado na planilha de liquidação de penas, ou seja, por ora no regime fechado.

Deixar um comentário

Publicado no Instagram

Alcilene Cavalcante em 25 de setembro de 2017

E a semana começa cheia de trabalho e bons desafios. Na intranet, a mensagem é "Gratidão gera Gratidão ". E tudo que eu preciso aqui é de: Palavra de Deus pra seguir. Água saborizada pra me hidratar e Café para me manter esperta. O resto a gente faz. Uma semana produtiva, e cheia de bençãos e vitórias para vcs . #work #workworkwork
Publicado no Instagram

Deixar um comentário

MP-AP participa de evento “Entre Olhares: Um experimento de conexão humana”, que acontece mundialmente neste sábado, 23

Alcilene Cavalcante em 22 de setembro de 2017

 
O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Santana, realizará, a partir das 16h deste sábado (23), o encontro “Entre Olhares: Um Experimento de Conexão Humana”. O evento, que acontecerá na Praça Samaúma, no entorno da Procuradoria Geral de Justiça, é uma ação do Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas, coordenado pela promotora de Justiça Sílvia Canela, e objetiva reestabelecer a conexão humana através do olhar.
A iniciativa é aberta ao público e consiste na interação entre estranhos por meio do cruzamento de olhares. O encontro “Entre Olhares” irá acontecer em mais de 73 países, simultaneamente. Será um minuto de contato visual com um estranho, com o intuito de promover uma conexão global. O experimento é uma forma de reaver o modo como o mundo é visto através de uma plataforma de amor humano e conexão com o público. Segundo os organizadores do evento mundial, o encontro é um modo eficaz de comunicação global, sem a necessidade de palavras.
“É preciso aprender mais uma vez a nos relacionarmos uns com os outros. Todos nós sabemos e sentimos o quanto a correria da vida nos desconecta uns dos outros”, destaca a promotora de Justiça Sílvia Canela.
O Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas é um órgão criado com o intuito de disseminar a cultura da paz, buscando isso através da mediação, conciliação e das práticas restaurativas. Dessa maneira, o MP-AP torna-se mais próximo da comunidade, estabelecendo políticas públicas que fornecem proteção para a família, concretizando os direitos humanos e a pacificação social. Além deste encontro, o Núcleo é responsável por diversas atividades com o mesmo objetivo, como, por exemplo, a Mediação Transformativa, Círculos Restaurativos, Constelações Sistêmicas, Oficina da Parentalidade e o Projeto Escola Restaurativa.
Para mais informações sobre o evento “Entre Olhares: Um Experimento de Conexão Humana”, acesse The World’s Biggest Eye Contact Experiment

Deixar um comentário

Hoje tem Equinócio da Primavera

Alcilene Cavalcante em 22 de setembro de 2017

A troca de estações do inverno para a primavera acontecerá neste dia 22 de setembro, às 17h02, durante o Equinócio. Para apreciar o momento, o Governo do Amapá vai recepcionar visitantes e estudantes no Monumento Marco Zero do Equador, com o atendimento de guias de turismo, além de uma programação cultural com marabaixo e capoeira.

O momento que marca o início das estações outono e primavera, em que a Terra se inclina fazendo com que a Linha do Equador fique mais próxima da direção do sol, é chamado de Equinócio. Peculiar entre os fenômenos de todo o Brasil, o período em que o dia e noite ficam iguais em relação à duração, acontece duas vezes ao ano e sempre atrai muitos curiosos para o Monumento Marco Zero do Equador. A sombra do relógio solar é projetada de forma simétrica em cima da linha imaginária, impressionando os visitantes.

Durante todo o dia do Equinócio de Primavera, estudantes de diversas escolas públicas e particulares que fazem parte do projeto “Escola vai ao meio do mundo”, visitam o Marco Zero para aprenderem sobre ciência, conhecendo mais sobre o fenômeno que acontece duas vezes ao ano (em março ocorre o Equinócio das Águas, que marca o início do outono).

O secretário de Estado do Turismo, Vicent Cruz, ressalta a importância de unir a educação e cultura com o turismo. “Esse projeto educacional tem o objetivo de promover o fenômeno do Equinócio como um dos principais eventos turísticos do Amapá e também tornar a visitação um hábito da população amapaense, desenvolvendo o turismo interno”, ressaltou.

Pela parte da tarde, a programação cultural tem início para dar visibilidade à cultura afro-amapaense, mostrando aos visitantes do Monumento Marco Zero a qualidade do marabaixo do extremo norte. A programação contará com rodas de capoeira, vendas de comidas típicas e o lançamento de um CD, com a participação de 20 cantores das comunidades e grupos do Amapá.

O projeto “Marabaishow”, que reúne os artistas locais, é coordenado por Carlos Pirú, Nonato Soledade e o produtor musical Elvis Pantoja, de uma parceria entre o Studio Soledad e o movimento Nação Marabaixeira. O objetivo é propagar o marabaixo em todas as camadas sociais e faixas etárias, para que a musicalidade das comunidades se espalhe Brasil a fora.

As comunidades de Torrão do Matapi; Mazagão Velho; Igarapé do Lago; Curiaú, Maruanum e também de bairros tradicionais de Macapá, como o Laguinho e Favela que realizam o ciclo do Marabaixo anualmente, fazem parte da composição do disco.

Ao mesmo tempo estará acontecendo o IX Fest Jeep, no estacionamento do Sambódromo. Um grande evento, que reúne jipeiros de diversos cantos da América do Sul para competir no meio do mundo. Todos os participantes e familiares são direcionados a visitarem o monumento Marco Zero, para conhecer mais sobre o ponto turístico e o fenômeno da troca de estações.

Deixar um comentário

Sheila Sá faz dois shows em Macapá com participações especiais de Zé Miguel, Deize Pinheiro e Dekko Matos

Alcilene Cavalcante em 21 de setembro de 2017

 

 

Sheila Sá é uma cantora amapaense, nascida em Santana, que após muito estudo e refinamento do talento nato, conquistou espaço no Rio de Janeiro e volta neste setembro para o Amapá, onde faz dois shows, no Bar Barril e Teatro das Bacabeiras. Traz para os palcos amapaenses o estilo variado das canções que interpreta com sensibilidade e presença de palco, marcas de seu trabalho nos 22 anos de carreira iniciada em sua cidade natal, e aperfeiçoada no Rio de janeiro. Os shows serão dias 22 e 23 de setembro.

 

A artista

Ela levou a sério a brincadeira de infância, quando imitava cantores na frente da televisão, e aos 9 anos começou a estudar piano clássico, leitura escrita musical e violão, na Escola de Música Walkíria Lima. Começou a exercitar a voz nos corais de igreja, e nos recitais da escola, e logo participava de festivais no Sesc/AP e se apresentava no Projeto Botequim. Continuou a vida acadêmica no Rio de Janeiro, na Escola de Música Villa Lobos, e formou-se no Curso Técnico de Canto Lírico na UFRJ.

 

Shows

 

No Teatro das Bacabeiras, 22, a artista terá a participação do cantor e compositor Zé Miguel, e do artista Dekko matos, que fará uma performance, e no Bar Barril, sobe no palco Pinheiro, que desponta no cenário nacional como revelação do Amapá. O repertório dos shows será variado, de músicas do disco lançado, e de outros músicos brasileiros.

 

SERVIÇOS:

Show Sheila Sá

Dia 22 de setembro

Local: Teatro das Bacabeiras

Hora: 21h

Ingresso: R$ 20,00

Dia 23 de setembro

Local: Bar Barril

Hora: 22h

Mesa: R$ 100,00 e Ingresso: R$ 25,00.

Contatos para venda, reserva e informações: 99112-8043

 

Mariléia Maciel

Deixar um comentário

Nota de esclarecimento do MP-AP

Alcilene Cavalcante em 21 de setembro de 2017

 

O Ministério Público do Amapá (MP-AP) esclarece que a notícia veiculada em site jornalístico, com o título “STJ anula julgamento da Operação Eclésia”, ao contrário do divulgado, revela-se importante ao andamento das ações promovidas pelo Ministério Público.

A decisão do STJ, nos autos do HC nº 354800/AP, apenas homologa um Termo de Colaboração Premiada proposto, às vésperas do julgamento da Ação Penal nº 0001417-13.2012.8.03.0000, que apurava mais um esquema de desvio de recursos públicos da Assembleia Legislativa do Amapá, mediante fraudes em licitações.

A homologacão, na verdade, reforça as investigações promovidas pelo Ministério Público, que também havia recorrido da decisão do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), por considerar o instituto da Delação Premiada um meio de obtenção de provas eficaz para a apuração dos crimes.

Diferente do que propagam os interessados na impunidade, a quase totalidade das ações penais e cíveis decorrentes da Operação Eclésia, deflagrada no Poder Legislativo do Estado, tem alcançado as expectativas da população, que espera do Ministério Público e do Poder Judiciário atuação e imparcialidade para a punição dos culpados e recuperação dos recursos públicos desviados.

 

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616/(96) Email: [email protected]

Deixar um comentário

O tamanho da corrupção

Alcilene Cavalcante em 21 de setembro de 2017

Cerca de R$ 200 milhões de reais em prejuízos causados ao erário tramitam na 4ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá, em ações de Improbidade Administrativa

A Juíza Alaíde Maria de Paula, titular da 4ª Vara Cível e de Fazenda Pública da Comarca de Macapá, apresentou um levantamento apontando que tramitam 47 processos de improbidade administrativa sob sua tutela. Eles datam de 2011 a 2017 e correspondem a um montante de R$ 200 milhões de reais só em processos ainda não sentenciados.

Grande parte desses processos levantados, 28, corresponde às denúncias apresentadas pelo Ministério Público a partir da Operação Eclésia, deflagrada em 2012 pelo MPE em conjunto com a Polícia Civil do Estado. Os demais tratam de supostos desvios de recursos públicos em Caixas Escolares, DETRAN, Secretaria de Segurança Pública e órgãos diversos da administração pública e servidores públicos.

Ler o restante do post »

Deixar um comentário