O Amapá que Empreende. Renato Salviano e sua inovadora “Boutique Vinho e Cia”

O jovem advogado Renato Salviano estava iniciando com seu negócio de vinhos, quando foi surpreendido pela pandemia, que assola o mundo desde 2020.

Na coluna de hoje, “O Amapá que Empreende” vamos mostrar como nasceu a Boutique Vinho e Cia, a partir da pandemia, quando ao invés de desanimar com o negócio, Renato ampliou, e hoje, pouco mais de um ano depois, diversificou e tem sua empresa reconhecida no mercado da gastronomia e por seus clientes, que gostam e indicam o serviço.

“A Boutique surgiu no início de 2020 com a intenção de fornecer bebidas e consultoria para eventos de todos os portes. Como  Embaixador da WineEventos, consigo fornecer por um preço especial e prestar a consultoria de qual melhor bebida se encaixa para qualquer evento. Com a pandemia e os decretos que proibiram os eventos, tivemos que nos adaptar, e assim surgiu o delivery de bebidas para todos os públicos, o que hoje é nosso carro chefe, atendendo vários bairros da cidade de Macapá através de delivery próprio e pelo iFood”, conta Renato Salviano.

A pandemia e uma nova oportunidade

A pandemia trancou as pessoas em casa. Com isso elas passaram a se permitir tomar um vinho durante a semana, sem aguardar ocasiões especiais, aproveitando melhor a companhia de sua família. As lives também ajudaram a impulsionar, pois era uma maneira da pessoa se divertir com um show sem sair de casa, e o vinho era uma excelente bebida para a ocasião.. Quem já consumia vinho passou a consumir mais, e quem ainda não tinha esse hábito de consumo, passou a ter, pela praticidade e o efeito alegre alegre que o vinho traz. O consumo de vinho aumentou no mundo inteiro, e no Brasil foi muito significativo.

“Hoje, mesmo com a flexibilização das medidas protetivas, o consumo continua alto e quem começou a tomar o vinho no ano passado, já se permite a experimentar rótulos novos e de valor mais agregado”, diz o empresário.

“Com o aumento do consumo, percebemos que o vinho brasileiro ainda era deixado de lado. Então além das duas importadoras que trabalhamos, buscamos representação de vinícolas brasileiras. Hoje, representamos 5 vinícolas do sul do país e trabalhamos com rótulos de diversas outras”, nos informa Renato.

Fornecendo e prestando serviço ao setor da gastronomia 

A reabertura dos restaurantes fez com que os clientes da Boutique e demais consumidores, buscassem o vinho fora de casa. E havia falta de opções em alguns estabelecimentos, como também, a necessidade de melhorar os serviços em relação à carta de vinhos. Era um nicho a ser explorado. E Renato investiu na diversidade de seu negócio. “Aproveitei os cursos que já fiz, incluindo internacionais, e o mais atual, de sommelier, e busquei os donos de restaurante para além de fornecer rótulos especiais, prestar a consultoria, treinar a equipe para executar o serviço de vinho perfeito, e sempre acompanhar a quantidade de produtos da adega, atentando-se para o mercado e as procuras”.

Hoje a Boutique Vinho e Cia atende cinco restaurantes de Macapá  tendo exclusividade na adega de 2 deles. O treinamento da equipe é constante, sempre atualizado, bem como, a consultoria de harmonização, buscando sempre vinhos que harmonizem com os pratos da casa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *