Calandrine-7_setembro

Na manhã desta quarta-feira, 31, o Coronel Gastão Calandrine se despede do comando da Polícia Militar do Amapá.

Calandrine assumiu o comando da PM no segundo governo de Waldez Góes e ficou três anos no cargo de Comandante-Geral. Na tropa e na sociedade seu comando é bem avaliado, depois de algumas gestões desastrosas, que comprometeram a disciplina e o trabalho da instituição nos anos anteriores.

Uniu a corporação, deixou a política partidária fora do quartel, zelou pela imagem da PM, conduziu com seriedade a gestão e botou a PM na rua. Mesmo passando por imensas dificuldades orçamentárias e financeiras, uma vez que, que a segurança pública não tem sido prioridade no orçamento do estado.

Calandrine deixa o cargo pra disputar uma vaga de deputado estadual nas eleições deste ano.

O Coronel Marcos Vasconcelos é quem assume o comando, que é outro gigante na PM, e um oficial verdadeiramente operacional.

Vasco- 066