Novo relatório descarta presença da variante Deltracon no Amapá

Após análise realizada pelo Laboratório de Referência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o caso anteriormente notificado no Amapá como suspeito de Deltacron foi oficialmente descartado para a recombinação genética em nova variante.

Foi confirmado, portanto, que o caso do paciente monitorado pelas equipes do Amapá, trata-se de co-detecção, ou seja, o homem de 34 anos foi infectado por duas cepas do coronavírus (Ômicron e Delta), mas elas não obtiveram recombinação genética para a nova variante, que circula em outros países, sobretudo, europeus.

A análise foi publicada no relatório de sequenciamento genômico do Laboratório de Referência Nacional da Fiocruz e descarta oficialmente a suspeita. Atualmente, apenas o caso notificado no estado do Pará segue em investigação pela Fundação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.