Clécio Luís divulga “Nota de pesar” pelo falecimento do cantor Jomasan

 

Foi com grande tristeza que recebi a notícia do falecimento de José Maria Santos, neste sábado, 25 de Setembro, aos 73 anos. Paraense que jovem chegou ao Amapá, mudou-se para a Guiana Francesa, residindo na cidade de Kourou há mais de 50 anos.

O cantor, compositor e instrumentista que se batizou artisticamente como Jomasan, usando as iniciais de seu nome, lançou obras como ‘Vou ver Chicago’, um de seus sucessos discográficos que colocou esse artista amazônico entre os grandes nomes da música brasileira produzida no norte do país.


“Filho do Raimundo e da dona Maria da boca do Amazonas”, estreou na música em Macapá, participando de festivais e posteriormente integrando a banda Os Cometas. Ele fez parte da primeira formação da bateria da escola de samba Piratas da Batucada, por onde ganhou o título de “Tamborim de Ouro” do carnaval amapaense.

Na atividades culturais de nossa gestão municipal, Jomasan participou da Estação Lunar, na noite Amapá – Guiana Francesa e também na Estação Brega, ambas no Macapá Verão.

É com a irreverência de nossas conversas e incontáveis histórias das travessias do rio Oiapoque encurtando distância e ultrapassando fronteiras que o guardarei na lembrança.

Neste momento de dor, peço a Deus que conforte o coração de familiares e amigos. Que o nosso Jomasan descanse ao lado do pai.

Fotos: Max Renê e Gabriel Flores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.