Violência doméstica reduz em média 52% nas três maiores cidades do Amapá

As estatísticas apontam que nos três maiores municípios a redução foi de: 54% em Macapá; 61% em Santana; e 41% em Laranjal do Jari. A Polícia Civil do Amapá divulgou nesta segunda-feira, 1º, dados referentes à violência doméstica contra a mulher nos municípios de Macapá, Santana e Laranjal do Jari. Os números equivalem aos 70 dias de isolamento, período de 20 de março a 28 de maio e apresentam uma redução média de 52% em registro de casos.


As estatísticas apontam que nos três maiores municípios do estado, a redução foi de:
• 54% em Macapá;
• 61% em Santana;
• 41% em Laranjal do Jari.

Os registros são do Núcleo Setorial de Planejamento da Polícia Civil do Amapá.
Em outra vertente, a Policia Civil também adotou medidas como a inclusão da violência doméstica nos crimes que podem ser registrados via internet no endereço eletrônico – http://delegaciavirtual.policiacivil.ap.gov.br/

Outra medida que a Polícia Civil disponibilizou para as mulheres é que elas tenham a possibilidade de requerer medida protetiva de urgência através de formulário disponível na Delegacia Eletrônica. A Polícia Civil do Estado do Amapá é a primeira do Brasil a oferecer esse recurso de forma virtual às vítimas de violência doméstica.

Dados
Um levantamento da Polícia Civil também traz informações de crimes contra a mulher registrados nas delegacias no mesmo período do ano passado e mostram uma redução em relação à 2020.
• Delegacia de Crimes Contra a Mulher – (Macapá)
2019 – 1.644
2020 – 757
• Delegacia de Crimes Contra a Mulher – (Santana)
2019 – 519
2020 – 202
• Delegacia de Crimes Contra a Mulher (Laranjal do Jari)
2019 – 169
2020 – 100

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *