Violência

Do blog do jornalista Seles Nafes (link na coluna de links do blog)

 

A professora Maria Celis Coutinho Ferreira, de 56, anos, foi assassinada com duas facadas, no início da tarde desta quarta-feira, 21, quando passava em frente ao conjunto Mucajá, Bairro do Beirol, Zona Sul de Macapá. Segundo a polícia, a educadora foi vítima de latrocínio, o roubo seguido de morte.

Os policiais que atenderam a ocorrência contaram que Maria Celis passava em frente ao conjunto, quando dois menores tentaram puxar a bolsa dela. A professora segurou a bolsa e um dos assaltantes atacou desferindo-lhe duas facadas, uma atingiu o pescoço. A professora ainda foi levada para o Hospital de Emergência, mas não resistiu devido à hemorragia.

Um dos menores quando para ser atendido no HE após o crime

Duas horas depois, a Polícia Militar conseguiu informações sobre o paradeiro dos assaltantes. Os dois estavam escondidos em uma casa abandonada na antiga Vila do Mucajá, no Bairro Santa Inês. Os policiais foram ao local e se depararam com os dois em fuga. “Tivemos que perseguir um dos suspeitos pelo Bairro Santa Inês. O outro, conhecido como “Pretinho”, tentou agredir um dos policiais e foi alvejado na perna”, contou o oficial de plantão, tenente Rodney.

Um dos menores recebeu um tiro quando tentava fugir

Após a perseguição, os dois foram levados ao HE para atendimento médico, antes de serem entregues na Delegacia de Atos Infracionais, no bairro do Trem.

Maria Celis era professora da Escola Municipal Aracy Nascimento, localizada no Bairro Santa Rita. Segundo a família, ela estava participando de um treinamento ofertado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), que ocorria no auditório do Sesc. Ela tinha acabado de sair do treinamento para almoçar quando foi assassinada.

  • Parabéns, Senador Randolfe Rodrigues. Graças ao seu voto, os menores continuarão soltos e matando pessoas inocentes.

  • Cadê o Senador Capi com suas manifestações?
    Camilo teve sua chance e não fez nada.
    Já chega desses políticos de papel e projetinhos. Queremos político que trabalhe junto com o povo, sem picuinha.

  • Não há propoaganda que consiga esconder tanta incompetência. Só quem não quer enxergar a explosão da violência no período desse governo. Alguns ainda dizem que isso é o preço do progresso.Qual progresso? Onde?

  • É hora, alias,já até passou da hora de nossos representantes REVEREM esse ECA. Não suportamos vêr todos os dias pessoas inocentes sendo assaltadas, estupradas, humilhadas e mortas por estas “crionças”.
    Vivemos a sensação de impunidade.
    No velório da colega professora morta, não vi nenhum representante dos Direitos Humanos, concerteza já foram lá falar com os assassinos e seus familiares.
    Seria bom nossos representantes derem uma visitinha nos EUA e China e verem como fazem com essas pessoas assassinas.
    Infelizmente o senado votou contra a redução da menor idade.
    Mas cara eleitor, daqui com 4 anos temos novamente eleição pro senado, ai vcs sabem quem votou contra. Alias, a população brasileira clama por isso.
    Boa noite e que Deus nos proteja.

  • E o bandido ainda passou na frente dos cidadãos de bem que estavam aguardando sua vez de ser atendido!! Misericórdia!!

  • Esses maldiltos legisladores tem nas mãos o sangue de muitas vítimas por conceber leis que protegem monstros, lixos. Gente cujo resultado do seu “trabalho” só produz tragédia, morte.
    A outra mão manchada de sangue é do pessoal da imprensa, pois quando a honrada polícia manda pro inferno esses merdas, pronto, ai, de repente, o bandido aparece nas manchetes assim: o “rapaz” foi assassinado pela polícia”, a polícia atirou no “adolescente”, “…foi vítima da polícia”. Rapidinho a imprensa, os arautos do inútil, transformam monstros em coitadinhos e a polícia em monstro. Não querem nem saber sob que circunstância ou detalhes as coisas aconteceram. O importamte é logo incriminar a Polícia. Que droga! Vamos, vamos ficar ao lado da Polícia. Ela trabalha pelo cidadão de bem. É nosso único escudo. VIVA A POLÍCIA.
    Outro que tem mais sangue ainda nas mãos são os pais desse tipo de putrefado. Gente que só dissemina violência, negligência e irresponsabilidade para os seus filhos desde o nascimento.
    E a Justiça? A justiça vai sempre pro lado do que é melhor pro réu (putz).
    Só de pensar em falar do pessoal dos “direitos humanos pra monstro” me dá vontade de jogar o meu computador lá pro meio da rua de tanta raiva.
    Égua, vou te contar!

  • infelizmente esses vagabundos bandidos covardes daqui a 45 dias vão ta na rua matando e roubando,um vagabundo desse tinha que responder pelos seus atos pois sabe o que faz,vai a policia matar um crapula desses que aparece direitos de tudo que é lado,será que alguém do direitos humanos já foi com os familiares da professora.

    • Mais um exercício: substitua as palavras VAGABUNDOS BANDIDOS por POLÍTICOS CORRUPTOS, e saberás o porque de tanta violência em nosso estado.

  • E o governo nem tchum! Nome para isso: Incompetência. Sö o 3 de outubro para mudar isso. Senão mudar serão mais 4 anos de incompetência da oligarquia Capiberibe. Se isso acontecer serão 24 anos nas mãos desses senhores feudais do Amapá, e a “Ordem e Progresso” vai ficar só na bandeira do Brasil, porque por aqui está passando longe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *