Vigilância em Saúde e órgãos de segurança realizam barreiras sanitárias

 

A partir de denúncias da população sobre aglomerações em balneários a Superintendência de Vigilância em Saúde do Amapá (SVS), com apoio de órgãos do sistema de Segurança Pública, intensificou, no feriado de quinta-feira, 4, a fiscalização nas estradas de acesso aos balneários, e também com visitações nos próprios locais de aglomeração. Os bares não estão permitidos funcionar.

A fiscalização aconteceu em diversos locais, entre eles a Ponte da Integração, sobre o rio Matapi; posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no KM-9 da BR-210; e na comunidade do Lontra da Pedreira, área rural de Macapá.

Ao todo foram abordados 198 veículos sendo, 9 ônibus, 12 motos e 177 carros de passeio. Dez motoristas foram autuados por infringirem normas do Código Nacional de Trânsito. Cerca de 200 pessoas foram abordadas sem máscaras e foram orientadas a colocar. Ônibus que estavam caracterizados como passeio e fretados foram orientados a retornar.

“Você percebe um grande número de pessoas que ainda insistem em burlar o decreto de restrições. Ainda insistem em não tomar os cuidados necessários como, o uso de máscara e o distanciamento. Os indicadores da pandemia continuam subindo e essa massa de pessoas continua indo a balneários como se nada tivesse acontecendo”, declarou Roberto Malcher, chefe da Vigilância Sanitária da SVS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *