Vacina Pfizer: grávidas e puérperas recebem 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em Santana

O prefeito de Santana, Bala Rocha, acompanhou o início da vacinação no
Centro de Diagnóstico da Mulher, reservado para este público-alvo. Ele
destacou que as mulheres que ainda não tomaram a vacina contra a gripe
podem receber a 1ª dose da vacina da Pfizer e falou sobre a importância
da imunização. “Convoco as mulheres grávidas e puérperas para se
vacinarem, pois a vacina Pfizer é segura, um dos imunizantes de maior
eficácia contra a covid-19. Portanto, não fiquem preocupadas e busquem a
vacinação”, enfatizou o prefeito.

 

Grávida de seis meses, Luciana Mendes, de 29 anos, espera ansiosa pela
filha Maria Isi e não segurou a emoção ao receber a primeira dose da
vacina contra a Covid-19. “Impossível não me emocionar. Estava esperando
por esse momento, pois quando a gente se torna mãe, passa a pensar
primeiro no nosso filho e o cuidado com a saúde vem em primeiro lugar”,
disse a dentista.

 

Para receber a 1ª dose do imunizante, além de documentos de
identificação e comprovante de residência, as mulheres devem apresentar
a carteira de acompanhamento e/ou pré-natal, exame laboratorial Beta HCG
ou ultrassonografia. No caso das puérperas, apresentar a declaração do
nascimento da criança.

Vacina Pfizer

Inicialmente o município conta com 354 doses das vacinas Pfizer/BioNTech
para a vacinação deste público-alvo em Santana. A prefeitura mantém os
imunizantes armazenados no Centro de Armazenamento e Distribuição de
Imunobiológicos (CADI), do Governo do Estado, onde os frascos ficam em
temperaturas entre -25ºC e -15ºC. Na sala de vacinação, o imunizante é
mantido em temperaturas de armazenamento entre +2ºC e +8ºC. O prazo para
aplicação das doses na população alvo é de cinco dias. Cada frasco
possui seis doses, cuja a validade é de seis horas após a abertura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *