Tribunal de Justiça do Amapá celebra a união de 98 casais em mais uma edição do Programa Casamento na Comunidade

A Justiça do Amapá esteve presente, nesta última quinta-feira (16), na Igreja Universal do Reino de Deus, do Bairro Central de Macapá, para a celebração de mais uma edição do Programa Casamento na Comunidade. Com a presença do presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargador João Guilherme Lages, do coordenador do Programa, juiz Fábio Santana, do pastor Walmir Silva Oliveira e da tabeliã Taynara da Silva Maciel, representando o Cartório Juca Cruz, a cerimônia uniu 98 casais em matrimônio.


Em suas palavras iniciais, com confessado nervosismo, o pastor Walmir lembrou a todos que nada vem às mãos do fiel se não for dado pelo Céu. “Temos a honra de receber aqui estas autoridades que vieram nos oferecer apoio nessa cerimônia, mas Deus quem as iluminou e lhes deu esse pensamento bom, essa boa intenção de estar conosco”, assegurou. “Eles aqui estão para celebrar a união civil de todos os casais presentes, mas foi Deus quem criou o casamento e a família, e é o trabalho Dele que estamos fazendo aqui, esta noite”, concluiu.

A tabeliã Taynara Maciel, também registrando sua emoção por participar de mais uma edição do Casamento na Comunidade, reiterou as palavras do pastor, lembrando que “esta noite é uma celebração de amor, acima de qualquer coisa”. “Se puder desejar algo a cada casal participando desta cerimônia, que seja sabedoria para cuidar e prezar por esta relação, mantendo-a forte e saudável por toda a vida de todos vocês”, complementou.


O juiz Fábio Santana fez os devidos agradecimentos pela presença, empenho e participação de todos os parceiros ali representados na mesa, mas também à Assembleia Legislativa do Amapá. Diante de um templo com mais de 350 pessoas presentes, entre eles os 98 casais e seus familiares e amigos, o magistrado observou que “além de celebrar o amor, vocês todos estão aqui firmando um compromisso muito sério, aos olhos de Deus, mas também à luz da Lei e diante de toda a nossa sociedade”.
“O momento é de festa, sim, mas também de muita responsabilidade com seus respectivos cônjuges e com todo esse contexto que envolve essa união que oficializamos hoje”, concluiu.

O presidente do TJAP, desembargador João Lages, lembrou a todos a todos que o programa é uma ferramenta da Justiça criada em 1996 e que tem em seu histórico mais de 15 mil uniões oficializadas. “Só do início de 2019 até esta data, já contando com vocês, são 312 casais de uma meta de 691 até o final do ano entrando no seleto grupo dos casais oficialmente unidos”, registrou.
“O programa não existe apenas para proporcionar a vocês uma cerimônia a custo zero, mas também para erguer ao redor do casal e de sua família uma esfera de proteção legal prevista em nossa Constituição Federal”, ressaltou o magistrado.

“Mas, de fato, há algo que muda em todos nós quando casamos, e nos muda para melhor”, garantiu. “Nossa vida é muito corrida e, às vezes, nos esquecemos do quanto Ele está presente, mas este momento aqui, com certeza, conta com Sua bênção”, afirmou o desembargador Lages.

Um dos momentos mais marcantes da noite foi durante os votos do casal mais experiente da noite, que representou a totalidade dos noivos durante a cerimônia: Domingos Silva de Oliveira e Maria da Conceição de Oliveira. Escapando ao protocolo, o senhor Domingos declarou diante de todos. “Receba nesta aliança o amor que eu tenho em ti nos 18 anos que te conheço em nome do Senhor Jesus. Esta é uma aliança inquebrável, forte e fiel, até a morte”, declarou emocionando a todos.

Entre os demais casais presentes, Clenildo Vieira de Jesus e Cleonete Gomes dos Santos, pais de duas meninas – uma com 10 e outra com 18 anos –, já viviam maritalmente há 20 anos, mas finalmente resolveram oficializar por meio da parceria entre a Igreja Universal e a Justiça do Amapá. “O tempo passou e na ocupação do dia a dia fomos adiando, mas mesmo tendo demorado, nós vimos que agora era a hora”, relatou Clenildo. “O pastor falou que haveria a cerimônia e a esposa aqui cuidou das providências, agora estamos oficialmente casados, finalmente”, comemorou Cleonete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *