Tem Café no Blog

Café com Notícia agora também é coluna

Coluna Café com Notícia, das jornalistas Márcia Corrêa e Ana Girlene, estreou ontem no jornal Diário do Amapá e hoje estréia no blog.

No mesmo ritmo do programa de rádio, a coluna será semanal com as notícias mais quentes do ambiente tucuju.

Novo olhar

 

Erradicar a catarata no Amapá é uma ambição possível. A boa notícia foi dada pelo assessor do Ministério da Saúde, Arnaldo Balarini, que faz a ponte entre os governos estadual e federal na busca de recursos e parcerias para o estado. O secretário de saúde, Lineu Facundes, informa que a demanda espontânea de pacientes está em mais de dois mil aguardando cirurgia. Atualmente são feitos 60 procedimentos por mês pelo programa Visão para Todos. Com a parceria da Escola Paulista de Medicina, que deverá se concretizar em julho, aí sim a erradicação poderá ser um sonho possível. A catarata causa cegueira e aflige, sobretudo, os idosos.

 

Comprinhas

 

“A credibilidade daquele que representa o povo não pode ser manchada por inverdades”, disse a deputada estadual Sandra Ohana (PP) sobre divulgação de notas de compra de ração para cachorro e acessório para manicure, que aparecem em sua prestação de contas de verba indenizatória, referente a agosto de 2011. As notas estão incluídas na papelada recolhida pelo Ministério Público do Estado, durante a Operação Eclésia. A deputada nega as compras, pero las facturas existen, existen.

Dinheiro tem

Durante a semana esteve em Macapá o chefe do Departamento Nacional de Auditoria do SUS, Adalberto Fulgêncio, para reunir com auditores locais e saber como o dinheiro do Ministério da Saúde está sendo gasto no Amapá. Para ele, a incapacidade dos gestores em captar e executar os recursos da saúde no Brasil consegue ser ainda maior que a corrupção. Fulgêncio referia-se à elaboração e aprovação de projetos por parte de governos e prefeituras junto aos programas federais.

Delação arrependida

Após confessar, por meio de delação premiada, a participação em esquema de emissão de notas frias da Cooperativa de Transporte de Veículos Leves e Pesados – Cootran para Assembleia Legislativa, o presidente da entidade, Sinésio Leal da Silva, indiciado pelo delegado Leandro Leite (Inquérito Policial 023/2012), deve mudar o depoimento em juízo. Para o promotor Afonso Guimarães, o acusado vai complicar ainda mais a sua situação, pois em três depoimentos anteriores havia explicado em detalhes como tudo funcionava. Chegou a dizer que recebia 5% de cada nota emitida.

Amigos sob suspeita

Tesoureiro do Banco do Brasil, Fúlvio Sussuarana disse em depoimento para a Polícia Civil que estranhava a frequência e a quantidade de dinheiro sacado na “boca do caixa” por Gleidson da Silva (Gargamel), seu amigo de adolescência. “Já suspeitava que ele estivesse envolvido em algum esquema criminoso e sempre o alertava dizendo: cuidado Gleidson, pois é o seu CPF que está registrado aqui”, disse ao delegado Leandro Leite. Fúlvio acabou indiciado junto com amigo, suspeito de favorecer o pagamento de cheques com assinaturas falsas.

Recado dado

Protagonista de um momento histórico – é a primeira mulher a assumir a função de maior envergadura na Justiça do Amapá, a desembargadora Sueli Pini disparou o recado: “Aquilo que depender de um julgamento meu, vou sempre aplicar o Direito achado na Lei e não nas conveniências ou nos bastidores”. Sueli ficou conhecida internacionalmente por sua atuação no Juizado Itinerante, viajando pelo Amapá em um barco até localidades ribeirinhas e distantes, bem distantes do acesso burocratizado à justiça formal.

Café pingado

Vôo alto

Reconhecida com uma das prefeitas que mais percorre os corredores de ministérios em busca de recursos para o seu município (Laranjal do Jari), a prefeita Euricélia Cardoso, que encerra seu segundo mandato no final do ano, pretende passar ainda mais tempo em Brasília. Confessou que deverá concorrer a uma vaga de deputada federal em 2014.

Rasante

Roberto Gurgel, chefe do Ministério Público Federal, entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o artigo 12 da Lei do Ministério Público do Amapá. Esse artigo se refere à destituição do Procurador Geral de Justiça, e foi com base nele que a Assembleia Legislativa pediu o afastamento da procuradora Ivana Cei. Caso o Supremo Tribunal Federal acate a ação de Gurgel, o artigo será extirpado e a AL ficará sem justificativa legal para o pedido.

Transição planetária

“Quanto mais lúcido o indivíduo, quanto maior a sua responsabilidade em relação ao povo, mais graves as consequências dos seus atos”, palavras do médium e orador espírita Divaldo Pereira Franco (85), durante entrevista exclusiva ao programa Café com Notícia. Reconhecido mundialmente como referência do Espiritismo, ele esteve em Macapá na quarta-feira (20) e levou ao Teatro das Bacabeiras cerca de mil pessoas, ficando em média 300 do lado de fora assistindo sua palestra através de telão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *