Taí. Gostei.

O presidente em exercício da Assembléia Legislativa do Amapá, deputado Junior Favacho(PMDB), junto com os deputados Jacy Amanajás e Bruno Mineiro, estiveram ontem em Brasília em visita oficial aos senadores João Capiberibe(PSB) e Randolfe Rodrigues(PSOL).

Favacho pediu apoio dos senadores para o trabalho de reaproximação entre os Poderes Legislativos no Amapá e em Brasília, firmando a chegada de uma “nova era”. O presidente informou aos senadores que a verba indenizatória da ALAP foi reduzida de R$50 mil para cerca de R$ 24 mil, e aproximadamente 300 funcionários que não justificavam suas contratações já foram demitidos. A medida visa atender recomendações do Ministério Público. E garantiu  o deputado que em trinta dias, todos os gastos da ALAP estarão detalhados na internet, como determina a Lei 131/2009, a Lei da Transparência.

Com o senador Randolfe Rodrigues, o presidente Júnior Favacho, assinou o protocolo de intenções referente a outorga da TV e da Rádio Senado para o estado do Amapá. A assinatura do termo que autoriza a ALAP a administrar essa concessão, foi realizada na Secretaria de Comunicação Social do Senado e contou com a presença de diretores e técnicos da TV e da Rádio Senado, além dos deputados estaduais amapaenses.

 

  • Banaca,
    Gostei mesmo. Acho que estes jovens deputados ( Favacho e Bruno), juntamente como o Jovem Senador Randolfe, podem ajudar o EStado a sair do buraco. As medidas são importantes, mas precisamos, para o bem de todos, reduzir o orçamento da AL para no máximo 60 milhões e alocar a sobra orçamentária da AL na saúde pública do estado e aí sim cobrar do Executivo eficácia. Parabéns aos jovens Deputado. Vá lá. Voi incluir o Amanajás no meio da juventute.
    Muleke, que acha que ainda pra cortar pelo menos mais 1000 AÇEÇORES do listão do Edinho e do Moisés.

    • Vc sempre acertando em suas colocações,gosto de ler seus comentários.Quanto ao deputado Amanajás,creio que o importante é ser jovem nas boas idéias de melhorias, p/o estado e sua população. A idade chega e com ela nossas deficiencias nos neurônios,mas oque se vê na maioria dos politicos é que estes só funcionam em beneficios própios,ou seja, ai os neuros funcionam que é uma blz.Parabéns aos que fazem seu trabalho com eficácia e p/o bem de todos.Portando,dando uma de D. Pedro,diga ao povo que eles ficam(kkkk…), menos os 300 (será q é só isto?),pq a limpeza se faz necessária.

      • OPS! fiquei sabendo de outra coisita à respeito desses “dispensados”,vamos ficar ligados nas listas de funcionários de outros orgãos.

  • Acredito que essa medida de aproximação com outros poderes e fundamental para o povo do Amapá, onde poderá discutir a partilha do orçamento e quem sabe não melhore as condições de vida do povo.

  • Maravilhosamente conscientes as medidas que estão sendo adotadas pelo Presidente da Assembléia Legislativa Amiraldo Favacho Junior. Isso vai fazer um bem tão grandioso à população amapaense, no sentido principalmente, de que, os recursos financeiros que eram desviados, aliás, que eram programados para enriquecimento ilícitos de parlamentares às nossas custas, com certeza, servirão, agora, para suprir necessidades da saúde, educação, agricultura e similares do GEA.

    Que essas medidas possam servir de exemplos à todos os segmentos governamentais, e que com isso o governo Camilo Capiberibe comece realmente a deslanchar de forma mais arrasadora positivamente o progresso do Estado do Amapá.

    Oxalá, tudo isso não seja utopia, mas, sim, realidade.

    Já começa a acreditar em nossos jovens políticos TUCUJU, e que não sigam os péssimos exemplos dos nossos velhos políticos TUCUJU.

    SERÁ QUE EU ESTOU SONHANDO? SERÁ QUE EU ESTOU EM DEVANEIO? Como diz o meu amigo Fernando Canto: vou tentar riscar “o espaço com lápis, faca e avião…”

  • Espero não estar enganado, mais é a força jovem de politicos, com um novo geito de fazer politica é por isso que nas eleções agora vou de juventude vou de Davi Alcolumbre 25.

      • Concordo c/vc Ludimila,vamos dar tempo ao temo e ver se os “jovens” irão ser firmes nesses propósitos ou irão ficar pelo meio do caminho.Já ouvi dizer(gente que trabalha na PMM) que alguns dos 300 que foram dispensados da ALAP,estão tomando outros rumos,ou melhor,os padrinhos já estão alocando-os em outras plagasa.Melhor ficar-mos com o olhometro ligadin…..hehehehe

  • Depois do fundo do poço e natural emergir, madidas de contenção de gastos são bem vindas, mas o dinheiro economizado vai para onde? Alguém sabe? Para a Escola do Legislativo não vale.

  • Quando vão liberar a lista de funcionários da AL? To doido pra ver quem recebe e não recebe. Espero que o povo do amapá, acostumado com migalhas, não se iluda com essa tal “nova era”.

    • Tô doidinho para ver a tal lista. Vamos ver se eles vão divulgar mesmo, pois o Ex-Presidente Deputado Moises Souza não divulgou quase nada dos funcionários… Tava mais para embassado do que para transparência. Se ele de embassado já ficou todo enrolado com o MPE…Agora, imagina se ele fosse transparente!!!

  • Blá, blá, blá… Palavras são lindas. Mas a realidade é perversa. Macapá está jogada as baratas, aliás, o Estado todo. Nada funciona direito. Coleta de lixo, saúde, asfalto de péssima qualidade. Etc, etc, etc. E o orçamento do Legislativo cada ano mais gordo… Só temos que acreditar nos jovens políticos mesmo…porque os velhos.. rhum, tá difícil.

  • CONCORDO COM PAULO. ESSE JACI AMANAJAS GASTOU QUASE UM MILHÃO COM ALUGUEL DE CARROS. ESTÃO TEMEROSOS COM A AÇÃO DA DRA. IVANA CEI E DRA. SUELI. NADA MUDOU NA AL. QUERO VER COMO VÃO GASTAR OS 150 MILHÕES AGORA.

    • Manda pra mim, pois, com 150 milhões, até um idiota como eu resolve os problemas da saúde no Estado (Maternidade nova e totalmente equipada, Hospital do Cancer novo e equipado e o Pronto Socorro Nono na Zona Norte e todo equipado). Depois, chama a galera toda do concurso aos poucos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *