SENAI conserta e entrega 10 respiradores hospitalares ao Governo do Amapá

 Uma nova operação realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Amapá e o Ministério da Defesa vai garantir o transporte de equipamentos hospitalares e materiais que vão dar apoio na luta contra o coronavírus. Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) chega ao estado neste sábado, 18, às 12h, no Aeroporto Internacional de Macapá – Alberto Alcolumbre, com 10 ventiladores pulmonares consertados no Centro de Inovação e Tecnologia do SENAI de Minas Gerais. Os aparelhos serão entregues ao Governo do Estado.

Para realizar a tarefa, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) disponibilizou engenheiros mecânicos, eletricistas e de automação. De acordo com os profissionais, os defeitos apresentados foram desde a necessidade de limpeza, calibração, verificação de peças plásticas ressecadas, mangueiras ou conexões até problemas com a bateria do equipamento.

A diretora de Operações do SENAI Amapá, Alyne Vieira, destaca que neste momento em que o país está vivendo uma verdadeira batalha para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, a Rede SENAI de Inovação não tem medido esforços para, de forma voluntária, contribuir com iniciativas em prol da saúde.

“As frentes de atuação do SENAI Amapá no sentido de combater a Covid-19 são várias. A instituição entrou em contato com as Secretarias de Estado da Ciência e Tecnologia e da Saúde e disponibilizou sua infraestrutura e conhecimento técnico para confecção de máscaras face shield nas impressoras 3D e para a manutenção de respiradores e aspiradores que apresentavam defeitos no seu funcionamento”, detalhou.

Reforço na luta contra o coronavírus

 

Além dos respiradores, protetores faciais tipo face shield (doados pelo SENAI/CE e SENAI CIMATEC/BA), máscaras de proteção, aventais fabricados em TNT – doados pelo SENAI/CE, chegarão ao estado para serem disponibilizados pelo SENAI Amapá aos profissionais que estão na linha de frente do atendimento à população no combate ao coronavírus.

O avião da FAB também vai trazer cinco novas impressoras 3D adquiridas pelo SENAI Amapá para aumentar a produção de protetores faciais conhecidas como face shield. A instituição já vem fabricando o Equipamento de Proteção Individual (EPI) para doar às unidades de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *