Saúde: A bomba cai no colo do governo de Camilo. Acompanhe os últimos acontecimentos

A possível paralisação dos plantões médicos no Amapá saiu ontem no blog do jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo

No AP, médicos decidem paralisar os plantões do SUS http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/arch2011-08-21_2011-08-27.html

 

O ambiente está tensionado. Médicos querem aumento e regularização nos plantões e aumento de salários, cumprindo o piso nacional da categoria.

“Para complementar os salários dos médicos do Estado, que hoje recebem em média 3.056 mil reais e está muito abaixo do recomendado pela Federação Nacional dos Médicos, que é R$ 9.188,72, a Secretaria de Saúde do Estado paga os plantões para complementar o salário da categoria, embora os profissionais não realizem os plantões”. Diz o site do CRM- Conselho Regional de Medicina.

Equipe de governo passou praticamente todo o dia de ontem, sábado, reunido, fechando proposta para regularizar os plantões dos médicos. A proposta será apresentada na segunda-feira ao o sindicato dos médicos, CRM e as associações classistas.

Os médicos querem resolver a questão dos plantões, até por que há uma denúncia no Ministério Público Federal de que eles ganham plantões que não são efetivamente cumpridos, mas também querem aumento nos salários.

E aí a coisa começa a complicar. A data-base de aumento dos servidores públicos já passou. O governo sabe que aumento para uma categoria significa crise nas outras, não só da saúde como enfermeiros e outros técnicos, mas também na polícia, educação, gestão e etc.

O fato é que o governo do estado do Amapá ainda não tem trabalho de plano de carreira e política salarial para as categorias de servidores.

O salário dos médicos, de fato é muito baixo. Mesmo eles ganhando dois contratos.

Mas também é fato que a grande maioria desses importantes profissionais, não cumpre sua carga horária com o estado. Nem os que ganham 20 horas, muito menos os que ganham 40. E a população que procura as unidades de saúde, sabe.

Não generalizo nem quero ser injusta com nenhum profissional. Mas que a maioria não cumpre, é fato.

É justo os médicos ganharem o que indica o piso da categoria. Passam muitos anos na faculdade, mais residência, especialidades, riscos e etc. Não que seja uma categoria melhor que as outras, cada uma tem sua importância e suas obrigações contratuais.  Mas também é justo que como os demais profissionais, eles cumpram seus horários de trabalho.

Problema que se arrasta

O secretário Edilson Pereira, que está sim, empenhado em resolver com seriedade os graves problemas da saúde, diz que os problemas dos plantões e outros vêm de muitos anos. Mas que a Sesa está corrigindo com ações de gestão que incluem a valorização do profissional, condições de trabalho, melhorias na estrutura, tudo para o melhor atendimento ao usuário, que é a população. Que o governo deve aumentar o valor dos plantões, e está estudando todos os impactos para que acabe com as irregularidades de pagamento de plantões excedentes como complementação salarial e que os médicos cumpram efetivamente os plantões para os quais estão recebendo.

E nós, contribuintes, usuários da saúde, esperamos que estado e profissionais cumpram, cada um a sua parte, e que a crise não seja agravada com  a paralisação e saída da escala de plantões nem pedidos de demissão dos profissionais que atuam no Amapá.

Ou estaremos no JN no Ar.

  • Alguem pode me ajudar a compreender. Por quê tudo que está desorganizado, desorganiza ainda mais se inicia a organizar?

    • PORQUE OS MEDICOS NÃO RECLAMAROM NO ANTERIOR GOVERNO?……..PORQUE AGORA?……ALGUIEN ESTA INTERESSADO EM GERAR CLIMA DE DESORGANIZAÇÃO?…..

  • Eles merecem ganhar o justo sim, mas tem que trabalhar, e quando for plantao tem que cumprir, um medico que estuda ingles com minha cunhada, simplesmente vai as aulas durante o plantao dele, pois eo unico horario que da para ele. bunito nao. tem que abrir as portas do amapa para novos medicos, aumentem salario e duvido se nao vai ter muitos querendo vir para macapa. para voce ver como esta uma amiga que trabalha comigo, conseguiu marcar consulta com um medico e foi 2 duas vezes eo cara nao apareceu, ou seja falta medico no amapa.

  • É o fim da Civilização pagamos salários altissimos para policiais manterem os Bolsões de miséria longe da Beira-Rio enquanto as pessoas que cuidam das nossas vidas não tem condições de trabalho alvará salário. Se eu fosse o funcionário mais importante e tivesse desprestigiado também não ia Trabalhar.

    • E quem disse que ele é o profissional mais importante?coloca entao so eles num hospital e veja se as coisas andam.Cada cabeça de m….

  • Porque o Camilo Capiberibe do PSB não chama de volta do Antenor Ferrari hem….ele ñ era o professor de Deus…Camilo faça jus qyue até agora o senhor ñ fez nsada nada nada

  • O Problema da saúde muda o foco, é preciso voltar ao foco, o problema não é apenas com os salários dos médicos, mas sim de estrutura, não tem leitos, não tem medicamentos, não tem aparelhos de oxigênio, e falta enfermeiros, auxiliares, e médicos, se aumentar os salários do médicos resolvesse o problema era bom, mas o CAOS emgloba muitos outros fatores. INTERVENÇÃO FEDERAL JÁ! falta tudo no pronto socorro e no PAI. Quantos mais terão que morrer sem atendimentos? INTERVENÇÃO FEDERAL JÁ, que o Camilo não está dando conta, o Lélio Silva está melhor que o PS.

    • Concordo com praticamente tudo. Aumentar o salário dos médicos é só o que a classe está pedindo, é uma medida remediativa pra evitar uma crise gigante. Mas sobre a intervenção federal seria engraçado, porque não é só aqui no Amapá que a saúde está um caos, é generalizado. =/

    • O Lélio tem uma equipe que trabalha junto há muito tempo, são dinamicos e compromissados com a saúde pública, sempre trabalharam mais que os outros mesmo sem reconhecimento em valores e sempre puderam contar com chefes eficientes. Se dependesse apenas deles a saúde estaria melhor.

    • Querida lamento voce estar desinformada a respeito do PAI,graças a Deus e a determinação do Gov. Camilo,Dr. Edilson e toda equipe do HCA/PAI conseguimos reduzir a Taxa de Mortalidade Infantil em 37,54% comparando com o 1º Semestre de 2010,e dia 27/08 climatizamos todo PAI para maior conforto e qualidade no atendimento das crianças e genitores.E se ainda atendemos crianças no corredor é porque a Atenção Primária do municipio de Macapá está inoperante e até agora não vi ninguem se preocupando com isso inclusive a AL.Nesta quinta-feira passada esteve aqui a Dep Rosely Matos que durante a visita ao perguntarmos para as mães porque elas não tinham ido aos Postos e UPA’s elas foram unânimes em responder:”É PORQUE QUANDO VÃO LÁ NÃO SÃO ATENDIDAS E NÃO ESTÁ FUNCIONANDO”, e nós convidamos a Deputada para visitarmos as UPA’s e Postos de Saúde e juntarmos forças para fortalecermos o atendimento pelo municipio,pois o MS preconiza que até 85% de todo o atendimento de Saúde pode e deve ser resolvido pela Estratégia Saúde da Familia,Postos de Saúde e UPA’S 24 horas.Voce esta convidada para vir até aqui e fazer uma visita no HCA/PAI,conhecer nossa realidade e se tornar voluntária na causa das crianças e adolescentes do Amapá.Olinda Araújo.Diretora do HCA/PAI.

      • Olinda vc está certa. A Prefeitura de Macapá precisa dar mais atenção à saúde dos seus munícipes, melhorando o atendimento nas UBS’s e UPA’s. Os hospitais do GEA só deveriam atender os pacientes se primeiro fossem atendidos nas UBS’s e UPA’s e devidamente encaminhados.

  • Quem define salário é o mercado, todas as entidades classistas, de todas as áreas, RECOMENDAM salários bem acima da média paga, tanto no setor público quanto no privado e isso no país todo, não só os médicos. A meu ver estão mau acostumados com a mamata dos plantões ilegais, onde recebem 15 a 20 contos no mês. Paciência, vão ter de ceder e o Estado tem de contratar mais concursados, sai até mais barato pagar esse salário e ter gente para cobrir todos os turnos que sobrecarregar poucos privilegiados. Agora achar que são a cereja do bolo é demais, quer dizer que um engenheiro não tem responsabilidade quando projeta um prédio para nossos filhos viverem? O Policial não corre risco (real) de levar um tiro na fuça? E os demais profissionais da área de saúde? É punk estudar dez anos por uma especialização? É sim, por isso que quem segue a carreira tem que ter vocação. Punk também é ficar choramingando quando ainda são uma profissão bem remunerada perto da média. Não acredito que estão errados solicitando melhorias, também sou servidor público e como as mesmas pupunhas, mas daí a querer se equiparar aos membros do MP, magistrados ou legisladores, que são o teto do Estado, é beeem demais, né não? Acredito que a carga horária reduzida e acumulação de contratos já é bem mais que muita gente tem. Os médicos devem baixar a bolinha e tomar um banho frio, isto sim. E o estimado governador deixar de tomar medidas cosméticas e priorizar a excelência dos serviços, afinal, foi para isso que votei nele e o contratei, juntamente com os demais votantes válidos que ele conseguiu.

    • Concordo no tocante a contratar via concurso público e em quantidade suficente p extinguir o pagamento de plantões. Mas, vai ter que estabelecer uma renda atrativa, ou não vem ninguém prestar concurso aki, já que nossa faculdade de medicina ainda não formou ninguém. E por que ganhar igual juiz? Médico não é agente político; é servidor público e profissional liberal que pode trabalhar em consultório (desde que em horário compatível com o do empregador).
      Tem que criar o quadro de servidores do HE, separado de qualquer outro hospital.
      Assim, quem for contratado p o quadro do pronto socorro, já sabe que trabalhará 20h ou 40h em regime de plantão…poderia ser igual o do CIOSP…24h x 72h…mas, nada além das 20h ou 40h contratadas. E o concursado já saberá que trabalhará nesse regime e q não terá q dar um expediente extra em ambulatório (hospital de especialidades). O concursado do Hospital de especialidades idem…já fica sabendo q não vai dar plantão do HE…e no dia do plantão dele, nada de consultório e São Camilo!

  • Tá certo Camilo regularize a situação dos medicos, já que o Governo da Harmonia passou e teve um medico como secretario e nunca foi cobrado para regularizar tal situação (muito estranho), mas também faça-se cumprir a carga horaria, faça que nem seu pai dê uma volta nos hospitais na madrugada para saber se estão todos trabalhando.

    OBS: AI VEM O SINDICATO DIZER QUE COMEÇOU O ASSEDIO MORAL.

    • mano me desculpa + vcs so sabem falar em Harmonia Harmonia e Harmonia egua já ñ cola + isto mano isto já ta batido d+ agora o Camilo da uma grana preta pra midia pros deputados, tem radialista como o Carlos Lobato e Luis Melo que passaram 8 anos detonando o obre do CAPI e o Camilo e agora disque são CAMILO e CAPI desde JITINHO..egua mano sera que isto tbém não é HARMONIA E HAMROMIA taratarataratarara

  • Bomba essa que não nasceu com Waldez, mas se arrasta ha muito tempo. O Camilo é o governador, a bomba é do governo, então ele que se vire…

  • O camilo cansou de dizer que “dinheiro tinha, mas faltava gestão”. O que parece mesmo é que ele não sabia de nada. Agora admita Camilo, vc não estava preparado pra governar o Amapá.

  • mana o Camilo Capiberibe foi vaiado por mais de 30 mil pessoas no show da Ivete Sangalo, nossa senhora até eu fiquei com vergonha de tanta vaia, tbém mana ele so fla em Harmonia, Harmonia, e Harmonia, me desculep Sr: Governador o senhor esta com sua indice popular baixissimo com a população…+ o Sr: não ouve ninguém enfim…..daqui a 4 anos so senhor vai dizer que é culpa do governo passado harmonia e harmonia e harmonia, troque esta ladainha Governador Camilo tire o Paleto coloque sua camisa sem manga amarela va pra rua o senhor esta muito mal no conceito do povo……aféééé

  • camilo ta dificil a tua situação mentiu tanto que nimguem quer mais ouvir o teu nome no show da ivete foi quase que 100%das pesoa te vaiaro, acorda menino te afasta deses puxa saco de plantão que faz te blindar do povo quando tu te acabar eles são o primeiro a te abandonar olha o que fizeram na segurança publica com o nosso melhor delegado afastaro ele isso e so o inicio. acorda meu filho.

  • Ao desinformado lex. Não fale sem conhecimento. Os policiais, tanto civis quanto militares, que combatem a violência no dia a dia, ganham um salário muito abaixo do que merecem. Não queira comparar o salário da maioria dos policiais do Estado com o salários dos Delegados de Polícia, esses sim ganham uma grana preta.

  • Olinda, querida, eu fui visitar hoje o PAI e lamentavel tanta gente no corredor, mães com as crianças doentes no colo, pois não tem onde sentar, a não ser no chão, funcionários maus humorados, quando olha aquele corredor, que fica atrás daquela porta fechada é o terror, tanta gente internada no corredor! Em que mundo você está Olinda,lá não lhe encontrei, enfim, a saúde pública do nosso Estado, sobretudo, Macapá está um caos! Isso ocorre no Brasil todo, mas no Amapá a coisa é bem mais caótica, principalmente, pela má gestão pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *