Santana amplia vacinação contra a covid-19 para pessoas que vivem com HIV

A imunização contra a Covid-19 no município de Santana será ampliada a partir desta quinta-feira, 29 de abril, alcançando as pessoas que vivem com o vírus HIV/Aids, acima de 18 anos. O município tem priorizado os grupos com maior risco de gravidade para a Covid-19 ou maior exposição à doença, de forma a reduzir o número de casos graves e de óbitos.

De acordo com a recomendação do Ministério da Saúde, para receber a vacina, as Unidades Dispensadoras de Medicamentos deste público, poderão fornecer declaração nominal informando a inclusão da pessoa no grupo prioritário, para ser apresentada no local de vacinação.

Também será possível apresentar o receituário dos antirretrovirais, exames, relatório médico e prescrição médica como forma de comprovar a condição, além de documentos pessoais, cartão do SUS e comprovante de residência.

O atendimento ocorrerá no drive-thru em frente à Prefeitura de Santana e no posto de vacinação que funciona na Igreja Universal do Reino de Deus, no centro da cidade, no horário de 8h às 13h.

 

Grupos prioritários

A vacinação com a primeira dose continua para idosos a partir de 60 anos sem comorbidades e para quem tem comorbidades pulmonares, cardíacas, renais, neurológicas, hipertensão arterial grave, a partir de 52 anos. A população com 18 anos ou mais, com diabetes grave (em uso de insulina ou com retinopatia diabética), em tratamento oncológico, com obesidade mórbida (IMC a partir de 40), anemia falciforme, lúpus, cadeirantes e autistas (TEA), também já podem receber a vacina, a partir da comprovação por meio de laudo médico, atestado ou exames especializados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *