• Lene, gostaria que quem conheceu a Macapá assim escrevesse aqui o que são esses espaços. Só lembro do C.A e acho que ao lado da Praça é a Escola de Música

  • Do outro lado da praça,realmente antigamente era a Escola Walquiria Lima.Hoje não existe mais o governo Waldez Góes não deu a estrutura necessária e hoje a Escola não existe mais.Uma pena.

  • E fez muito bem tudo que não serve ele deve acaba. Veja o que ele fez com o CAPI em 2006 e com o CAMILO em 2008, acabou como os dois e de quebra arrebentou com o PSB. Dalhe Waldez!!!

    • Tá certo ae o ” Sistema Beija-Flor” o que não serve tem que acabar…O Governador não tem compromisso nenhum com a história do Amapá, nem os que o cercam ( Afinal não são amapaenses…Pra falar a verdade ele ainda vai precisar muito das orações deste povo que ele enterra a cada dia, pois com a saúde não se brinca e tenho certeza que isso não é castigo e sim consequencia dos maus tratos dado a este povo que vr o seu Estado totalmente entregue… Tem muito nego ae que sab do que to falando…

  • O Beija-Flor deve pertencer alguma quadrilha dessas que atuam dentro desse desgoverno.Beija-flor tem muito cuidado o chefe já está sendo abandonado e tú vais ficar numa pior,olha que aconteceu com o Mega “Empresario Laranja” Montenegro,distribuiu propina pra todo mundo agora está só.

  • Fazendo breve comparação entre as duas fotos, vê-se logo a diferença no trânsito de Macapá. Antes, poucos veículos, ruas asfaltadas, cidade pacata.era pacato e as ruas bem asfaltadas. Hoje contamos com o mesmo traçado urbanístico e o trânsito cresce assitadouramente. Isso é preocupante!

  • Retificando o copmentário em virtude de erros de digitação.
    Fazendo breve comparação entre as duas fotos, vê-se logo a diferença no trânsito de Macapá. Antes, poucos veículos, ruas asfaltadas, cidade pacata. Hoje contamos com o mesmo traçado urbanístico e o trânsito cresce assustadouramente. Isso é preocupante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *