• QUE ARQUIVO!MEMORIAS VALIOSAS!É UMA PENA QUE TENHAMOS RETROCEDIDO ESTE ANO!Sabe de uma coisa?Lamento muito que o ex governador Waldez tenha se perdido nos ultimos momentos.Ele sempre teve coerencia nos 4 primeiros anos,nos 4 ultimos,focou muito a situaçao politica pessoal.Mas foi um governadou que muito investiu na Expofeira e outros esferas…as vezes me pergunto,porque ele nao foi ate o final com a mesma perserverança e honradez!?

  • Como filho de produtor rural, quero falar que a tradicional EXPO-FEIRA, se transformou num grande arrial, onde se privilegia tudo, menos os atores principais, que deveriam ser o foco da feira, razão pela qual o evento foi criado, que são os animais. Empurraram as baias para o final da feira. Esse ano, os criadores tiveram que desinfetar as baias que estavam cheias de formigas e carrapatos. A comercialização, pequena, que está havendo na feira, está se dando de forma bi-lateral,(vendedor-Comprador). Então , deveria se mudar o nome para Arraial de Fazendinha, pois é no que se transformou a feira. Ao Camilo, vai uma sugestão: Entregue a organização da EXPO-FEIRA, para o setor rural, que são os que entendem do assunto, e privilegie a Sec. de Agricultura, que é a que menos manda na organização da feira. A Alcilene, pergunte aos produtores rurais, se estão satisfeitos com a EXPO-BLEFO 2010. Esperamos que a feira de 2011, seja realizada em Setembro, e que se organize com profisionalismo, pois a desse ano, vai ficar na história, como a pior dos últimos anos.

    • Gostei da sua colocaçao Elson. Que a Feira seja feita pelo Setor. Secretaria de Agricultura, Rurap, e outros orgaos do setor produtivo

  • Que mal eu pergunte quem é o “Primeiro governador do Amapá, Janary Nunes, na Feira Agropecuáriano Parque de Exposiçoes de Fazendinha”, é o que está do outro lado do curral? O que tem patas, chifre, corcova, etc.? O Repiquete pode até ter Memória, falta-lhe, no entanto, Comunicação. Tem que dar nome aos bois – ou seja, indicar quem é quem na foto. Por exemplo, quem é esse menino – é o Adelmo Caxias?

  • Estive na expo-feira, no sábado, na praça de alimentação, que era o que mais tinha por lá, escutando os artistas da terra, que por sinal estavam muito bem. Lanchamos, batemos papo, e os sobrinhos brincaram e se divertiram. Ficamos analisando e o consenso foi: deveriam aproveitar o espaço físico que está construído e promover programações para as famílias que não tem muito o que fazer nos fins de semana. Por exemplo: 1º final de semana de cada mes, o espaço da praça de alimentação para os shows dos artistas locais, artesanatos, e claro, alimentação. Acho que seria uma boa pedida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.