Racionamento

Diretor da Eletronorte vem na sexta-feira a Macapá

Na sexta-feira, dia 6/11, o diretor de comercialização da Eletronorte Brasília, Wady Charone, estará em Macapá para uma coletiva com a imprensa.

A Assessoria da Eletronorte no Amapá, informa, através de e-mail ao blog, que em relação ao contrato da empresas SoEnergy,  na verdade, a Eletronorte está assumindo um compromisso e uma obrigação que seria da CEA, pois a atual legislação do setor elétrico não permite mais à Eletronorte conduzir ações desse tipo. E que isso tem sido freqüente no Amapá, como instalação de transformadores e outras atividades afeitas à concessionária estadual(CEA), mas que a Eletronorte está fazendo porque está compromissada com o abastecimento energético do Estado do Amapá.

E que o contrato com a empresa SoEnergy será mais uma energia a ser comprada pela Eletronorte e fornecida à CEA sem a garantia do pagamento, cuja dívida já chega à R$ 650 milhões. Ou seja, a Eletronorte aumenta seu prejuízo, não recebe da CEA, mas não deixa de fazer aquilo que considera necessário ao atendimento do Amapá.

Nota do Blog – O maior problema da falta de uma energia decente, é a quebradeira, e o uso político bagaceiro da CEA. Desde 2004 a CEA não paga um tostão a Eletronorte.

A CEA não paga a Eletronorte, que fica sem capacidade de investimento para o Amapá.

  • A CEA não paga a Eletronorte que por sua vez não é obrigada a comprar Óleo para abastecer as Termoelétrica geradoras de energia distribuidas e cobradas pela CEA.Quanto a questão do reservatório da Usina do Paredão,ela representa apenas 28% da capacidade instalada no Amapá.Então é bom parar com as mentiras,é a falta de Óleo a causa do Racionamento.A CEA tem que pagar a Eletronorte a final de contas é ela que nos cobrar pelo uso da energia é ela a responsável pela falta.

  • Alcilene, só pra complementar sua informação: na verdade desde 94/95 que a CEA não honra na integralidade seus compromissos com a Eletronorte.

  • Correta essa informação: quem deveria estar contratando energia era a distribuidora CEA, conforme as novas regras do setor elétrico. É só ir no mercado e contratar qualquer das muitas empresas que fornecem.
    O problema é que a CEA, como não paga energia, prefere se escorar na Eletronorte e fazer de conta que a questão não é com ela. Aí sobre dinheiro para fazer aquelas coisas impublicáveis.
    O governador Waldez sabe de tudo isso e de muito mais coisas relatvas à CEA e seus aliados políticos que controlam a Companhia, mas não tem pulso para colocar tudo nos devidos lugares. De quebra, com sua atitude, joga no buraco qualquer planejamento estratégico para desenvolver o Amapá. Qual a empresa fará investimetos de vulto com retorno a longo prazo se não temos sequer a garantia de energia para a demanda desse final de ano? As indústrias do aço, do papel e da madeira, frigoríficos e outras de setores que temos vocação natural não vêm porque não tem energia. Como diz o slogan: os pés imóveis no presente e os ohos perdidos num futuro incerto…
    Falta água, falta luz…, mas o que falta mesmo é governo.

    • Também falta um povo ativo, combativo e cidadão que cobre dos governantes a responsabilidades devidas, o povo do Amapá parece que gosta de sofrer, não luta por seus direitos e ainda vende o voto para os mesmos que fazem tudo isso…..

    • Deputado Ruy Smith, vossa excelência se excede ao compactuar com a falta de verdade e transparência deste blog. A Eletronorte é covarde ao se eximir de suas responsabilidades de GERAÇÃO de energia. A CEA pela regulação do setor elétrico não pode atuar no mercado de GERAÇÃO de energia. Senão seria competição ilegal com a própria Eletronorte que não pode atuar no setor de DISTRIBUIÇÃO. Uma coisa nada tem a ver com a outra como vocês da oposição nesfasta ao governo querem fazer crer.

      • Cacá você está totalmente errado. A CEA como distribuidora de energia tem que comprar energia das geradoras e pagar por esta energia. Acontece que a CEA nõa paga nada para a Eletronorte desde 2004.Ao contrário da propaganda da CEA esta é a maior tarifa do mundo pois ela não paga nada pela energia que recebe da Eletronorte e cobra do consumidor R$194,29/MWh.Isto tem um nome :CALOTE.

      • Prezado antes de afirmar coisas que não sabemos ou não temos certeza precisamos nos informar melhor. O novo marco regulatório do setor elétrico diferencia as empresas de Geração, Transmissão e Distribuição, sendo que cada produtor é independente na questão de negociar seu produto “energia”, ou seja a Eletronorte não é obrigada a vender seu produto “energia” para a CEA e nem a CEA a comprar energia da Eletronorte, sendo assim a CEA é que contrada a compra da energia de quem ela quiser: SoEnergy, Eletronorte, GEBRA, Amapari Energia etc…, então não é uma obrigação da Eletronorte estabelecer contrado de compra de geração, e sim da CEA.

  • Aquele deputado petulante,Joel Banha,vai ter oportunidade de dizer o que ele acha que sabe,até mesmo ofender o Pery e o Lourival Freitas,mas tem que ter coragem porque,pelo que eu sei quando ele se encontra acuado ele se esconde,não assina

  • Belos representantes o PT Tem no Amapá. O deputado Joel Banha, também conhecido como DEPUTADO APAGÃO não tendo condições de entrar na Universidade Federal do Pará foi buscar um diploma na pior universidade do mundo (Mogi da Cruzes) e o outro, Luizinho foi demitido do serviço público por ter falsificado o diploma.Faliram a CEA e agora põe a culpa na Eletronorte. É muita cara de pau e incompetência. Eles tem que explicar o fazem com o dinheiro QUE deveriam pagar a energia comprada da Eletronorte. Eles estão simplesmente defendendo curral eleitoral que montaram na CEA e AFUNDANDO CADA VEZ MAIS a CEA.TEMOS QUE DAR UM BASTA NESTA POUCA VERGONHA.

  • Você não leu e nao entendeu o que o deputado Ruy escreveu. Ele não disse que CEa deveria gerar energia. Escreveu que a CEA deveria CONTRATAR a energia para distribuir. Esta é a lei do setor elétrico.A ELETRONORTE está tentando ajudar a CEA mal administrada que dá calote em todo mundo.Tudo para gastar na campanha do DEPUTADO APAGÃO JOEL BANHA.

  • Deputado Ruy, me admira ver que o senhor aqora defende a instalação de indústrias das mais poluentes no nosso Estado. Será que é somente para reafirmar um ponto de vista? Ou o senhor realmente mudou mesmo de opinião?
    O ilustre parlamentar agora se faz de besta, ao não citar que o Amapá estará interligado ao sistema nacional de geração de energia elétrica, vinda através do linhão de Tucuruí. Aí acaba de vez essa novela da eletronorte.
    Ou o senhor vai fazer igual a deputada Janete Capiberibe do seu partido o PSB, que entrou com várias denúnicas no TCU contra as obras do aeroporto internacional e quando não tinha mais jeito, entrou até na Justiça para impedir que a obra tivesse a chancela “construída no governo Waldez”.
    Enquanto isso recebemos nossos visitantes numa possilga.

    • Aí é que você se engana PATRICIA. Quando chegar o linhão de Tucurui a Eletronorte vai poder vender a energia gerada no Amapá para outras distribuidoras de outros Estados e a CEA vai penar para encontrar algum otário que lhe forneça energia de graça.A Eletronorte só tem uma culpa nesta crise: não toma uma atitude drástica contra O DEPUTADO APAGÃO e o seu bando que faliram a CEA e continua a fornecer energia de graça para estes pilantras.

    • OHHH Patricia tá certo vc se enganar, agora querer que as pessoas acreditem em seu papo furado é brincadeira…..foi o TCU que detectou um ROUBO NO DINHEIRO QUE ERA PARA CONSTRUIR O NOVO AEROPORTO e não a dep. Janete e a enmenda é do Sarney e a empresa que estav contruindo é doadora da campanha do Sarney e de outros da Harmonia.
      Te manca menina , para de falar besteira.
      Aqui não tem os dementes que apoiam esse governo corrupto….vc é liada a quem ?
      Ao chico do Ovo ou ao Edmar Lourinho
      É por causa desses idiotas que vivemos nas trevas !!

  • Patricia Campos, a qual quadrilha você pertence,defender o Fofinho(Waldez) que faliu o Estado do Amapá,seria bom você emprestar um dinheiro para ele pagar a Sul America,as consignações bancárias,os fornecedores,colocar água nas residencias,energia,pagar os fornecedores,pagar os funcionários etc..Apurar o roubo do dinheiro público.Você quer comparar o dep.Ruy com a Corja que se instalou no governo do estado.Te manca.

  • Não sei onde você tirou essa informação.O relatório da Eletronorte diz que desde 2004 a CEA não paga Empresa.Para puxa-saco vale tudo até mentir.

  • Eu já sabia. O nível do debate dos asseclas desse pessoal da moral é muito baixo mesmo. Jocildo não fez nem um comentário. Só colocou um dado muito importante. Um dado que a dona do blog e o deputado fazem questão de escamotear. O calote na Eletronorte vem sendo construído ao longo de três governos. Começou na gestão de Sérgio Barcellos, se prolongou pelos dois mandatos do Capiberibe (lembram quem era a galera que mandava na CEA?) e chegou a esse ponto recaindo no colo do governador Waldez. Se alguém quiser contribuir mais um pouco. Quem era o partido que mandava na CEA?
    Já estou preparada. Vamos lá galera “ética” da oposição construtiva do Amapá: “Quadrilheira”, “bosta” e mais oquê vocês vão chamar a gente que sabe pensar com os neurônios próprios.

    • Patricia, menos. Vc vive reclamando de mim e do blog mas vive aqui. Eu nao costumo escamotear, escrevo e assino. Nao fale besteira. tenho relatório oficial da Eletrobras.

  • Se é pra refrescar vamos lá…O governo do capiberibe só não mergulhou o estado na escuridão total porque o Sarney (que apanha desse povo todo santo dia) trouxe umas usinas de geração de energia a óleo lá do polo petroquímico de Camaçari (BA) e botou lá em Santana.
    Isso eles fazem questão de apagar das injúrias deles. Depois o bigode ainda deu mais uma colher de chá pra esse povo ingrato arranjando grana pra comprar umas máquinas boas lá da finlândia.
    Na época do capiberibe a Yamada não botava loja aqui porque não tinha energia suficiente pra funcionar escada rolante e elevador.
    E aê? Tô mentindo terta?

  • p/ jocildo lemos (o idiota, otário q se esconde atrás do nome de uma pessoa de bem)
    Ei não deveria responder vc não merece. Ocorre q as pessoas que acessam este blog merecem respeito e boa informação. Para vc que se esconde, não aparece, é fácil escrever duas palavrinhas ofendendo inclusive a honra e a dignidade das pessoas, em meu primeiro comentário afirmei e é a verdade que desde 94/95 o GEA não honra na integralidade os acordos que faz com a Eletronorte. Não houve nenhuma intenção de puxar saco, até porque meu perfil não é este. Se vc não fosse apenas idiota e puxa saco, teria percebido q meu comentário cita inclusive o final do Governo do Comte. Barcellos, de Capi e da atual gestão. Portanto meu caro aceito o debate, discutir idéias, mas o faço com quem tem coragem de pelo menos assinar seu próprio nome.

  • Depois que faliram o estado,essa corja,tenta atingir todo mundo,mentindo para sociedade.Mentira a roubo andam juntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *