Quiosques da Praça do Côco e Beira Rio podem voltar a fechar

Ontem, quarta-feira, 12, representantes da Prefeitura de Macapá reuniram com permissionários de quiosques da Beira Rio e Praça do Coco. O objetivo foi mais uma vez orientar quanto ao horário de funcionamento, medidas de prevenção contra a proliferação da Covid-19 e também sobre o acondicionamento irregular de lixo.

 

“A Prefeitura de Macapá sempre opta por um trabalho de orientação. Estamos na quarta etapa de flexibilização pós-pandemia. Iniciamos uma ação mais ostensiva. Nossa intenção não é multar e muito menos fechar. Nossa proteção vai para o coletivo e, caso as estatísticas mostrem que existe perigo de retrocesso na queda de contágio, seremos obrigados a voltar atrás e fechar novamente esses estabelecimentos. Por isso, pedimos a colaboração de todos, porque não é o que queremos”, explica Eudo Costa, subsecretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Postura Urbana.

 

Equipes de fiscalização da Prefeitura de Macapá, com apoio da Guarda Civil Municipal, fizeram no período de 5 a 8 de agosto, visitas a bares e restaurantes da orla da cidade, onde foram notificados 33 estabelecimentos comerciais e 12 foram autuados, com multas no valor de R$ 1,5 mil, por descumprimento do Decreto Municipal n° 2751/2020, que trata sobre horário de funcionamento e normas prevenção à contaminação do novo Coronavírus.

 

Estiveram presentes na reunião representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Postura Urbana, Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional e Guarda Civil Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *