Queda de Braço que pode dar ruim: atividades suspensas pelo decreto do governo do Estado são liberadas pela prefeitura de Macapá

 

A prefeitura de Macapá emitiu na noite desta quarta-feira, 17, o decreto de n° 2.398 liberando várias atividades esportivas, mesmo com 100 % dos leitos de UTI ocupados tanto na rede pública quanto na privada. No entanto, o governo do Estado  já tinha proibido no decreto de n° 0.907 na última terça-feira, 16, as atividades consideradas não essenciais como os treinos em academias e esportes de contato. Os documentos deixam uma clara divergência entre os poderes.

 

Mesmo diante da primeira morte de 2021 por Covid-19 na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Macapá  Lélio Silva, de uma jovem de 27 anos, a prefeitura liberou além das academias, locais de prática de esportes de contato, crossfit, ginástica, dança de salão, balé, natação e hidroginástica.

 

O atual boletim informativo  desta quarta-feira, 17, do governo do Amapá mostra dados alarmantes sobre a situação do novo coronavírus no estado. Agora, são 89.822 casos confirmados, 1.704 em análise laboratorial e 43.371 doses de vacinas aplicadas em todo o estado. Há também o registro de seis novos óbitos no boletim de hoje, nos municípios de Macapá e Laranjal do Jari.

A prefeitura de Macapá informou em nota que fará uma coletiva nesta quinta-feira, 18, para falar das medidas adotadas no decreto municipal. Até o fechamento desta matéria o Governo não se pronunciou sobre o decreto do município.

  • Prefeito está certo. Praticar esportes faz parte de manter a saúde em dia. Se não tem leitos ou hospitais com capacidade de atende o mínimo de doentes a culpa é desse genocida do Waldez que não investiu na saúde pública durante todo tempo de sua gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *