PSB confirma Ruy Smith como pré-candidato a Prefeito de Macapá

Candidatura de Ruy qualifica a disputa eleitoral, o debate sobre a cidade e o debate político.

Ruy já foi gestor e deputado, mas não é só por isso (esses cargos hoje nem contam muito, com tantos desqualificados nas funções públicas). É porque Ruy é competente mesmo. Na gestão e no debate de políticas públicas.

E, sim. O PSB é sempre competitivo em eleições. Tem máquina partidária, militância aguerrida e tecnologia de campanha.

 

  • Meu voto é do Clécio, mostrando que sabe muito de administração pública, que sabe gerir o patrimônio público fazendo o possível para atender às necessidades dos macapaenses!

    • Em que cidade você mora?
      Muito embora o prefeito tenha se esforçado para tanto, ele faz parte do time dos ”potoqueiros”.
      Vejamos alguns pontos controvertidos da sua gestão.
      1. Não fez nenhum concurso público;
      2. Não fez a tão sonhada licitação das empresa de ônibus;
      3. Fez só uma obra própria (céu);
      4. O zoobotânico nem se fala;
      5. Não terminou a viela da rodovia do pacoval….

      êta administrador porreta.

  • Realização de concurso? Clécio não fez, manteve o apadrinhamento de contratos, moeda de troca que agora bate a porta. Alguém lembra dessa bela promessa de campanha e depois ensaio de governo previsto no Plano Emergencial dos 100 dias, publicado numa Quarta-feira, 10 de abril de 2013 às 10h59, devidamente assinado pela jornalista Karina Felício (isenta de responsabilidade, a culpa da não realização é exclusiva do gestor).

    Prefeito institui Comissão para realização de Concurso Público em Macapá – AP

    Concursos › Notícias › Norte
    Quarta-feira, 10 de abril de 2013 às 10h59
    Prefeito institui Comissão para realização de Concurso Público em Macapá – AP
    O prefeito Clécio Luís instituiu na terça-feira, 9, a Comissão do Concurso Público da Prefeitura Municipal de Macapá (PMM), responsável pelo arcabouço técnico/jurídico do Concurso Público. A equipe trabalhará no levantamento das demandas de pessoal de cada órgão municipal com carência de profissionais. Após o estudo, o grupo vai elaborar o processo seletivo para o quadro efetivo. A medida faz parte da reestruturação da PMM, prevista no Plano Emergencial dos 100 dias. A previsão é que o processo seletivo seja realizado até dezembro de 2013.

    A Comissão é formada pelos titulares das Secretarias Municipais de Administração (Semad), Paulo Lemos, que também é presidente da comissão, de Planejamento (Sempla), Sheyla Pastana, do assessor especial do gabinete da PMM, Marcos Távora e da Procuradoria Geral do Município (Progem), Emmanuel Dante, representado na reunião pela subprocuradora da Progem, Marta Barriga.

    De acordo com Paulo Lemos, desde 2004 a PMM não realiza concurso público, o que ocasionou a deficiência na prestação de serviços em diversos setores do município, como Educação e Saúde, por exemplo. Além disso, conforme o secretário, o pleito diminuirá o número de contratos administrativos nos órgãos municipais, que somam mais de mil empregos temporários.

    Palavra cumprida

    O vereador de Macapá, professor Madeira e seu suplente, professor Bené, ambos do Psol, elogiaram a iniciativa, que realizará Concurso Público ainda no primeiro ano de gestão, como prometido durante o processo eleitoral. Os dois legisladores cobravam a realização do processo seletivo e aprovaram a instituição da Comissão, que na avaliação deles, desempenhará a tarefa com empenho e responsabilidade.

    “Essa ação demonstra o compromisso do prefeito em reduzir o número de contratos administrativos, para que os servidores ingressem de maneira correta e igualitária no quadro municipal, além de dar oportunidade aos cidadãos que se preparam para concursos públicos. Essa medida melhorará a qualidade do serviço prestado à população. Este concurso será feito de maneira correta, pois confiamos no prefeito e em sua equipe. Dessa forma, Clécio Luís honra a sua palavra junto ao povo de Macapá”, avaliou o vereador Madeira.

    Transparência e oportunidade

    O prefeito explicou que o concurso atenderá o maior número possível de setores dentro da administração municipal, de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal e considerando-se as prioridades da PMM. Clécio Luís garantiu que o processo seletivo será formulado com lisura e transparência.

    “Queremos corrigir a defasagem de nove anos sem concurso público. Estamos cumprindo aquilo que prometemos, pois precisamos virar a página das indicações políticas para o serviço público e dar oportunidade para que os cidadãos ingressem de forma correta no quadro municipal, que é o concurso público, como manda a Legislação Nacional”, ponderou o prefeito Clécio Luís.
    Fonte: http://www.macapa.ap.gov.br

    https://www.pciconcursos.com.br/noticias/prefeito-institui-comissao-para-realizacao-de-concurso-publico-em-macapa-ap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *