Promotoria da Cidadania investiga deficiência no serviço de coleta de lixo

O promotor de Justiça André Araújo, diz que nos últimos dias, ficou evidenciada a deficiência no serviço de limpeza pública e coleta de resíduos sólidos urbanos, justificando a intervenção do Ministério Público. André Luiz ouviu o representante da empresa Clean , contratada pela Prefeitura de Macapá, que alegou atraso de cinco meses no pagamento dos serviços, o que estaria inviabilizando a coleta e limpeza pública adequadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *