Principais pontos da coletiva feita hoje pelo governador Waldez Góes e pelo prefeito de Macapá, Clécio Luis. Amapá tem um caso confirmado de COVID-19.

O governador do Amapá, Waldez Góes, e o prefeito de Macapá, Clécio Luis, deram entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, para informar sobre as medidas tomadas a partir de hoje no estado do Amapá e repassar novos informes.

Com medidas preventivas de saúde que o momento exige, a coletiva garantiu espaços seguros entre os jornalistas que estavam trabalhando para informar a população.

Neste post, vamos copiar o que relatamos, via rede twitter, direto da coletiva. Então está em formato de tweets.

Abre aspas ”

Governador Waldez Góes informa que já temos um caso confirmado de COVID-19 no Amapá.

Exame foi feito no Instituto Evandro Chagas. Mulher de 37 anos. Diagnóstico confirmado. Mas ela está bem e sendo monitorada pela equipe de saúde da PMM.

As medidas de isolamento social que foram tomadas ontem, vão sendo ajustadas conforme dúvidas e realidades diárias(Prefeito Clécio).

Dos 50 exames realizados pelo Instituto Evandro Chagas, 1 caso foi positivo e e 49 negativos. ( Prefeito Clécio)

Governador @waldezoficial e prefeito Clécio estão afinados nas medidas e orientações. Fiquem em casa!

Todas as 50 amostras de exames foram validadas pelo Instituto Evandro Chagas, para depois serem examinadas . Resultado é seguro. Hoje serão enviados mais exames.

A UBS Lélio Silva já é uma unidade com referência para coronavírus. Com um bloco separado. Prefeito pede que as pessoas com sintomas priorizem entrar por lá. Mas todas as UBSs estão atendendo quem tem sintomas.

Em aproximadamente 10 dias, a PMM vai abrir uma UBS sentinela, exclusiva para atender casos de coronavírus. Será UBS de Referência.

Governador já solicitou ao Ministério da Saúde a habilitação do Lacen para realizar os exames. E já tem um laboratório habilitado em Macapá, que inclusive vai colher exames a domicílio.

Governador diz que ele e o prefeito Clécio dialogaram intensamente esta semana com técnicos e setores produtivos para tomar as medidas duras. E que como gestores, estão amparados, para punir e tomar providências contra quem não cumprir as medidas decretadas.

Sobre Bancos e supermercados. O Prefeito pede que a população não se desespere em ir tirar dinheiro, e nem em estocar alimentos. Se a população se aglomerar nesses lugares, eles serão obrigados a fechar.

Orientem os desesperados, por favor!( eu que estou dizendo isso. Alcilene)

Governador e prefeito estão conversado com os bancos e empresas de logística e de alimentos. Não vai acabar o dinheiro e nem haver desabastecimento.

Governador @waldezoficial pede apoio da imprensa  na divulgação dessas medidas preventivas, na sensibilização pelo isolamento social e nas ações solidárias. “É isso que vai nos ajudar a passar”, diz ele. 

Prefeito Clécio informa que esta semana terá campanha de vacinação contra a gripe para os idosos. Importante demais eles se vacinarem neste momento, para fortalecer seus organismos contra as doenças respiratórias.

O Ministério da Saúde foi negligente sim, em não transportar os exames para o laboratório que eles definiram como referencia na região. E depois eles vieram jogar a responsabilidade para o estado. Que resolveu em 24 horas depois que eles liberaram o estado a mandar ( Waldez)

Governador diz que não há nenhuma limitação financeira ou orçamentária para aquisição de leitos e outros equipamentos para a crise do coronavírus. Pode ser que falte? Sim. Também dependemos da produção, transporte e fornecedores de equipamentos. Nesse momento o mundo inteiro precisa.

Ana Girlene Oliveira @anagirlene
“Momento é de união. Quem ainda estiver em palanque político ou jurídico, não ajuda em nada. Queremos apoio nas medidas de vigilância, restrição e assistência”,
Ana Girlene Oliveira @anagirlene

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *