Presidente do Comitê Médico de Combate à COVID alerta que saúde do Amapá pode entrar em colapso

Em entrevista ao programa Café com Notícia nesta quinta-feira, 14, o presidente do Comitê Médico de combate a Covid-19 Pedromar Valadares, alertou que a Saúde do estado do Amapá pode entrar em colapso.

“O que estamos vendo, infelizmente, em Manaus nos obriga a sermos dinâmicos. Na Defesa Civil usamos o lema: nos preparamos para o pior; esperando pelo melhor”, ressaltou o médico.

Dr. Pedromar também falou que não se ganha uma guerra só levando as pessoas para a UTI. “Depois de tanto aprendizado, entende-se que UTI é uma falha terapêutica porque não era para paciente ter chegado nessa situação”, lamenta o presidente do Comitê Médico de combate a COVID-19, Pedromar Valadares.

A situação em Manaus voltou a se agravar nas últimas horas, segundo relato de administradores de hospitais e de profissionais que atuam no atendimento de pacientes de covid-19.

Há informações de que uma ala inteira de pacientes morreu sem ar por falta de oxigênio. Nas redes sociais, médicos, enfermeiros, familiares fazem apelos por mais oxigênios.

O Boletim oficial de casos de covid-19 no estado divulgado hoje às 18h, revela que no Amapá com 373 novos casos, 234 em Macapá, 78 em Santana, 36 em Laranjal do Jari, 13 em Oiapoque, 4 em Ferreira Gomes, 3 em Calçoene, 3 em Pedra Branca do Amapari e 2 em Amapá. Também há o registro de cinco novos óbitos: três em Macapá, um em Calçoene e um em Amapá.

Faltando 3 dias para Anvisa dar aval as vacinas do Butantan e Fiocruz, mais mortes se confirmam pelo país com a explosão também de novos casos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *