Prefeitura recolhe mais de 15 toneladas de lixo no canal do Nova Esperança

Nesta terça-feira, 10, equipes de limpeza da Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana recolheram lixo e entulho despejados de forma irregular na rede de contenção do canal que corta o bairro Nova Esperança. O local é responsável pelo escoamento da água da chuva, obstruído tanto pela ocupação clandestina de casas quanto pelo acúmulo de resíduos, o que tem, por consequência, o alagamento de algumas casas durante o período chuvoso.

Foram recolhidos, além de restos de móveis, sacolas, galhos, lixo doméstico e uma quantidade significativa de garrafas PET, maior parte desse material descartado pelos próprios moradores da área. “Solicitamos a colaboração da população. O lixo prejudica a vazão das águas e o funcionamento dos equipamentos de drenagem. Durante dias chuvosos, a quantidade de resíduos retirada dos canais dobra. É importante que todos nós tenhamos consciência”, pondera o secretário de Zeladoria Urbana de Macapá, Claudionor Rosa.

A limpeza e a desobstrução dos canais da capital estão sendo intensificadas, mas, apesar de todo o trabalho, que também inclui ações educativas, é necessário monitorar as áreas. “Lixo e entulho são responsáveis por maioria dos alagamentos. Por isso, chamamos a atenção de todos em relação ao descarte correto, evitando que se acumule lixo nos canais e em seu entorno. Além de causar todo esse transtorno aos moradores, também há dificuldades para fazermos a limpeza do local, que é feita de forma manual por causa do difícil acesso. Nossas máquinas não podem entrar para fazer os trabalhos”, explica o coordenador-geral de Limpeza Urbana, Carlos Al berto Ol iveira.

A Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana disponibiliza o número 99970-1078 para denúncia. Quem quiser ajudar na identificação de pessoas que praticam o crime ambiental pode enviar fotos e textos que a identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *