Prefeitura de Macapá alerta população quanto ao perigo da disseminação de Fake News nas redes sociais

Neste Dia da Mentira, 1º de abril, a Prefeitura de Macapá alerta a população para que tenha bastante cuidado ao repassar ou compartilhar informações recebidas, principalmente via redes sociais e WhatsApp. A orientação é que as pessoas possam checar ou se informar por meio de canais oficiais da gestão municipal ou da imprensa profissional.

Em meio à pandemia da Covid-19, provocada pelo novo Coronavírus, muitas informações falsas têm sido espalhadas nas redes. Geralmente alarmantes, as mensagens causam pânico e buscam confundir a população sobre a realidade. O envio de mensagem falsa é crime e o seu criador ou a pessoa que repassa o conteúdo pode responder judicialmente pelo ato. Essas informações falsas e erradas sobre a doença sendo compartilhadas, além de causarem pânico, dificultam o atendimento nas redes de saúde.

O prefeito de Macapá, Clécio Luís, faz um apelo e um alerta para que a população cheque as informações antes de repassar. “Enquanto trabalhamos seriamente para proteger a população, tem aqueles que espalham mentiras, atrapalhando o nosso trabalho, colocando o pânico na população e divulgando serviços inexistentes, com o objetivo de jogar as pessoas contra a prefeitura. Peço que você sempre confirme as informações antes de passar adiante. E quando notar que se trata de algo exagerado, muito polêmico, desconfie. Pode ser Fake News. Denuncie para a gente, que tomaremos medidas rigorosas”, enfatiza.

Para combater a onda de notícias falsas, a prefeitura, por meio da Secretaria de Comunicação, divulga informações diariamente no site, além das redes sociais, como Twitter, Facebook e Instagram, que estão sendo alimentadas diariamente com boletins dos casos suspeitos em Macapá, locais de atendimentos e orientações sobre a prevenção da doença.

A mais recente ferramenta digital aberta pela Prefeitura de Macapá é o hotsite http://macapa.ap.gov.br/coronavirus/, que dispõe de informações sobre o Coronavírus, casos registrados, dicas de prevenção, sintomas e atendimento médico na rede municipal. Portanto, ao receber uma mensagem, verifique se o conteúdo dela não é absurdo ou conspiratório, e se aquilo que é dito está realmente publicado nos sites da prefeitura ou na imprensa profissional. Na dúvida, não repasse a informação.

“Temos trabalhado diariamente para combater as notícias falsas, de forma sistemática, alertando a população sobre esse perigo de compartilhar esse tipo de informação. Elas geram a desinformação. Quando você receber uma notícia duvidosa, é necessário e fundamental checar. Além dos meios de comunicação da prefeitura, temos a imprensa televisiva, falada, impressa e eletrônica de nosso estado, que vem fazendo um excelente trabalho. A TV, os jornais impressos, o próprio rádio, os grandes portais de informação são fontes oficiais de notícias, que sempre buscam saber os dois lados, com responsabilidade com o fato e com a população”, pondera a secretária de Comunicação de Macapá, Ilziane Launé.

Outros meios 

O Ministério da Saúde (MS) possui uma página na internet chamada “Saúde sem Fake News” (www.saude.gov.br/fakenews), que visa combater a propagação de notícias falsas. Eles também disponibilizam um número de WhatsApp (61 – 99289-4640) para envio de mensagens da população. Qualquer cidadão pode enviar, gratuitamente, mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando.

Prefeitura de Macapá

 

Site: http://macapa.ap.gov.br/

Hotsite: http://macapa.ap.gov.br/coronavirus/

Twitter: https://twitter.com/PMMacapa?s=09

Facebook: https://www.facebook.com/PrefeituradeMacapa/

Instagram: https://instagram.com/prefeiturademacapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *