Prefeito eleito Clécio anuncia coordenador da transição

O prefeito eleito de Macapá, Clécio Luís Vieira (PSOL), e o vice-prefeito eleito, Allan Sales (PPS), reuniram no início da tarde desta terça-feira (30) para convidar o economista Charles Chelala para assumir a coordenação da equipe de transição junto a Prefeitura de Macapá. Nesta quarta-feira (31), pela manhã, será protocolado na PMM o Pedido de Transição, solicitando reunião com o prefeito Roberto Góes (PDT) para o dia 1º de novembro.

 

Charles Chelala (45) é casado com a também economista e doutora em desenvolvimento sustentável, Cláudia Chelala e tem dois filhos.Um deles, já fazendo mestrado em economia, em Londres.

Mestre em Desenvolvimento Regional pela Unifap, professor universitário e autor do livro “A magnitude do Estado na sócio economia amapaense”, atualmente é coordenador político do mandato do senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP). Foi coordenador do Programa de Modernização Fazendária do Amapá, Diretor-presidente da Emdesur e Secretário de Planejamento do Estado.

Clécio recomendou que a equipe de transição fosse composta com critérios eminentemente técnicos. Chelala considera que o grupo deva conter, no máximo, oito nomes, podendo contar com consultores externos em áreas específicas. Para evitar especulações sobre composição do primeiro escalão da PMM para a próxima gestão, o prefeito eleito deixou claro que a equipe de transição não representará necessariamente sinalização de nomes para a equipe de governo.


Márcia Corrêa

  • isto é o novo? parece que o cidadão caiu aqui de para-quedas há alguns anos e participou de quadros tanto na prefeitura como no governo e não teve trabalho satisfatório, pois não retornou,quando esses partidos retornaram ao poder, contudo como falei anteriormente que o grupo nos bastidores sempre são os mesmos sempre aliados para não sairem dos cargos. Vamos ver o restante dos novos.

    • Novo não é novato. Entendeu ou quer que eu desenhe? E Charles Chelala nao caiu aqui de para-quedas. Veio para o Amapá por que casou com uma amapaense: a professora Cláudia Fernandes Chelala, doutora em desenvolvimento. Os dois são servidores concursados e formam em qualquer time..Mas a competência incomoda…

      • Tôooooma-te, Carol! Entendeu ou quer que eu desenhe? Kkkkkkkk! Não adianta que a tua pisica não vai dá certo.

      • vc e os seus, tambem estão esperando sua boquinha, e o engraçado é que em todos os governos considerados novos vcs figuram na foto de 1ª pagina é só verificar as fotos de vitoria do capi, papaleo, joão henrique,camilo, valdez e agora do clecio, vcs saem bem na foto, mas o Amapá não avança nada, isto é história amapaense, temos tecnicos tão gabaritados quanto o grupo de vcs, mas estes são amapaenses e não formam em grupinhos; e não coloquei em dúvida a capacidade do dr chelala, apenas citei que ele não é novo e já participou de varios governos.

        • Bem..Vc além de mal informada está querendo advinhar. Apesar de ser servidora de carreira efetiva e concursada, só trabalhei no governdo de Capi. E estou feliz e produtiva no meu trabalho atual, Carol Kirino

          • Alcilene, estou no Amapá há seis anos. Para minha sorte, casei com uma amapaense. Quem chega de fora não precisa de muito tempo para separar o joio do trigo em termos de política. Creio que a jovem que fez as críticas acha que tudo no Amapá devia permanecer como estava: milhões de reais em crédito voltando em virtude da incompetência em se fazer projetos para o investimento de tais verbas; irresponsabilidade com a coisa pública; locupletamento ilícito; cara-de-pau; cabides intermináveis de emprego. O Amapá é um paraíso que precisa apenas de um comando. Creio que os eleitores (embora ainda haja grande parte de eleitores cegos e analfabetos politicamente)já começaram a escolher melhor os seus representantes, mas ainda há muito a se trabalhar, pois a atual situação ainda é muito ruim. São pelo menos doze anos de atraso. Abraço.

            • O Amapá é de quem vive aqui..Nascido ou nao..O resto é conversa de incompetente que tem medo da concorrência e prefere o nivelamento por baixo

      • A Carla está igual ao Roberto, no debate, perguntas sem sentido, respostas desconexas e réplicas mais desconexas ainda. Isso acontece quando a fala se atrapalha com o pensamento.

  • Clécio,a escolha não poderia ser diferente,tanto Chelala quanto sua esposa,são pessoas inteligentes e muito,mas muito competentes.Curriculuns de dar inveja mesmo.

  • Carol, com todo respeito! não pague um mico desses, Chelala é um dos mais respeitados técnicos na área de gestão e planejamento, um dos melhores quadros que esse Estado tem!

  • Deixem a equipe do Prefeito eleito Clécio trabalhar. Ainda nem sentou na cadeira e já há pessoas tentando desqualificar seus colaboradores. A equipe de transição é extremamente importante para diagnosticar e mensurar como se encontra a máquina pública municipal e principalemnte as finanças públicas. É evidente que é um trabalho preliminar que só poderá ser aprofundado com a nova equipe de secretários(as) e na posse do prefeito em sua cadeira de gestor. Não vamos jogar PISÇICA no Drº Chelala. É uma pessoa qualificada e tem experiência para a condução dos trabalhos. De minha parte desejo uma boa sorte para toda sua equipe, pois precisamos de todos nesse colheita.

    Fé na vida! Fé no homem, fé no que virá!

  • Parabéns ao prefeito eleito pela escolha do competente professor e economista Charles Chelala para coordenar a equipe de transição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *