Prefeito Clécio apresenta prioridades do seu último ano de gestão na abertura do ano legislativo na Câmara Municipal de Macapá

A mensagem do prefeito Clécio Luís marcou a abertura do ano legislativo na Câmara Municipal de Macapá nesta quinta-feira, 6. O chefe do poder Executivo municipal fez um amplo balanço sobre as conquistas da cidade durante sua gestão e uma projeção para o seu último ano de governo. Ele disse que esta missão de administrar a cidade, que considera a sua casa, é o lugar de construção de sonhos e histórias.

O presidente do poder Legislativo municipal, vereador Marcelo Dias, deu as boas-vindas iniciais. Dias reafirmou que todos que fazem o Palácio Janary Nunes possuem o compromisso de trabalhar em parceria com o Executivo, em desenvolvimento de ações, nas mais diversas áreas, em benefício da cidade de Macapá e sua população. “Sempre recebemos muito bem as propostas e projetos que chegam aqui, e damos os devidos encaminhamentos, de modo que, tudo que for para beneficiar a cidade Macapá, nós estaremos prontos para votar”, comentou o presidente, instantes antes de abrir o espaço na tribuna para o pronunciamento do prefeito.

Do mesmo modo, o prefeito Clécio Luís iniciou sua mensagem agradecendo a parceria firmada com a Câmara Municipal de Macapá, que, ao longo desses sete anos de seu governo, tem trabalhado na aprovação de projetos importantes para o desenvolvimento da cidade, como também auxiliando a administração pública em vários aspectos, principalmente apontado problemas, cobrando e auxiliando nas soluções viáveis. Em sua mensagem, o prefeito relembrou como encontrou a prefeitura, devastada quando assumiu em 2013, no seu primeiro mandato, e destacou as diversas ações em praticamente todas as áreas que compõem a administração pública, mas, principalmente, os projetos estruturais de educação, saúde e obras, que receberam grandes investimentos ao longo dos anos, especialmente em 2018 e 2019.

“Falar da nossa capital é fazer um resgate do início de nossa gestão em 2013, onde pegamos uma cidade devastada, com mais de 20 milhões de reais de salários atrasados, em dívidas, das mais diversas, que somavam mais de 240 milhões de reais. Uma cidade sem coleta de lixo. Um caos! uma prefeitura totalmente inadimplente com o Governo Federal. Hoje, totalmente adimplente. Transformamos caos em equilíbrio financeiro, porque só gastamos o que podemos pagar. Tornamos os serviços mais eficientes, porque criamos uma gestão técnica, mas, também, participava, com engajamento, planejamento, cuidado e cobrança de resultados”, explicou.

Destaque na Educação, a Prefeitura de Macapá revitalizou nos últimos dois anos 47 escolas, tanto na zona urbana quanto na zona rural. As unidades escolares receberam serviços na parte estrutural, reforma de telhado, melhoria dos banheiros, recuperação da parte elétrica, pintura nas áreas interna e externa, melhorias na área da cozinha, dentre outros serviços. “Nossas entregas não são apenas obras de concreto, são entregas com significados, cheias de sentimentos, detalhes, que fazem o cidadão macapaense ser parte integrante de todo processo de melhorias e evolução de uma educação humanizada.

Na área da Saúde, a prefeitura manteve as Unidades Básicas de Saúde funcionando e ampliou em 40% a atenção básica, com medicamentos e equipes. Foram capacitados 2.873 profissionais do município que atuam no SUS. Foram feitos investimos em academias, e serão entregues mais 10 academias ao ar livre e uma academia de saúde ainda em 2020. Outra grande entrega foi a UBS Fluvial “Dra. Célia Trasel”, carinhosamente chamada de “A Doutora”, que realiza serviços de consultas médicas, de enfermagem, atendimento odontológico, vacina, coleta de PCCU, curativo e dispensação de medicamentos às comunidades mais distantes, como as do arquipélago do Bailique.

A UBS Fluvial, em 2019, realizou mais de 12 mil atendimentos nas regiões ribeirinhas. “Fizemos nosso dever de casa: reformamos, ampliamos e construímos diversos equipamentos de saúde. Iniciamos o ano de 2020 com entregas fundamentais que ficarão marcadas, como a entrega do primeiro Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Macapá, que fará procedimentos endodontia, periodontia, odontopediatria, radiologia e, em breve, prótese dentária. Nos primeiros dias deste ano, também entregamos a UBS Pacoval, totalmente revitalizada, um ambiente moderno e com acessibilidade. Com estas duas entregas, contabilizamos – até o momento – 55 equipamentos de saúde à disposição dos macapaenses”, destacou.

Até o fim do ano, serão entregues reformadas as Unidades Básicas de Saúde Pedrinhas, Álvaro Correa, Marabaixo, Rosa Moita, Leozildo Fontoura e Perpétuo Socorro; além do Canil Municipal. Ainda vamos entregar três novas unidades que já estão em fase final de construção: UBS BR-210, UBS Santa Luzia do Pacuí e Novo Horizonte. Clécio ressaltou ainda o papel da bancada federal durante esses 7 anos e para os próximos anos o prefeito fez um agradecimento especial aos senadores Randolfe e Davi, responsáveis por emendas que possibilitaram a construção e reforma de Unidades Básicas de Saúde (UBS’S), pavimentação asfáltica; reforma de símbolos importantes, PAC Mobilidade.

“Neste segundo mandato, a meta da nossa gestão é pavimentar 60 quilômetros de vias. Essa meta deve ser ultrapassada até agosto deste ano. Já pavimentamos mais de 45 km e atingiremos cerca de 80 km até o fim de 2020”, concluiu. Dentre as diversas obras em execução, destacou-se ainda a reforma e modernização do Gigante da Favela, o Estádio Glicério Marques, que passará a ser um grande complexo esportivo, reunindo 23 modalidades olímpicas. Bem como a construção de várias arenas de grama sintética que serão entregues ao longo ano. Como a obra do Shopping Popular, que vai abrigar 138 operações de negócios diversos, o que inclui feiras e lanchonetes.

Muitas obras estruturantes foram inauguradas nos últimos seis meses em Macapá, como a nova Feira Maluca, a reabertura do Parque Zoobotânico, após 20 anos fechado, a Prefeitura de Macapá entregou ao povo o espaço. Outro símbolo histórico que foi devolvido a Macapá, no início deste ano, foi o Mercado Central, totalmente ampliado, revitalizado.

O prefeito Clécio encerrou seu discurso agradecendo aos vereadores e vereadores de Macapá, toda a equipe da prefeitura. “Sem o comprometimento e responsabilidade desta Casa, nessas duas últimas legislaturas, não teríamos avançado na transformação da cidade, essa que caminha a passos largos rumo aos seus 300 anos. Ajudamos a quebrar um estigma: de que o prefeito reeleito relaxa e apenas espera acabar o mandato. Graças ao trabalho em equipe e aliados, nos tornamos uma das gestões que mais cumprem promessas de campanha do Brasil, conforme levantamento feito pelo G1. Isso muito me orgulha e me faz nunca parar de sonhar com a Macapá que merecemos. Dormimos e acordamos pensando na cidade, na nossa casa que é Macapá”, enfatizou.

“Ser prefeito é a missão que desenvolvo com a maior felicidade, dedicação, compromisso e amor. Mas também tem muito sofrimento, angustia, renúncia, ameaças e percalços. Porém, nunca fui tão feliz na vida pública. Poder testemunhar todos os dias, por onde passo, na cidade que amo, o resultado do trabalho de nossa gestão, é realmente muito gratificante. Os avanços concretizados e os sonhos ainda por realizar são muitos. Por isso, seguiremos firmes no propósito de cada dia dar o melhor à nossa população. Tenho a sorte de contar com um time de profissionais comprometidos, competentes e aguerridos, preparados tecnicamente e de boa vontade política, retos no comportamento e que se importam com a cidade e suas pessoas”.

“Meus companheiros e companheiras de luta, sempre ao meu lado, uma verdadeira equipe. Agradeço a Deus, aos servidores da Prefeitura Municipal de Macapá, aos vereadores, aos aliados, parceiros, aos que torcem, oram, velam pelo nosso sucesso, que é o sucesso de Macapá. Aos que abraçam, devolvem sorrisos e trocam olhares de bem querer. À população pela generosidade, paciência e crédito a mim dado nos últimos anos.  Feliz 2020, Macapá”, encerrou Clécio Luís, prefeito de Macapá.

Fofos: Max Renê

  • Não falou nada a respeito dos servidores da PMM, que estão 6 anos sem reajustes em seus vencimentos, 5 progressões atrasadas e processos de promoção não pagas. Infelizmente o Senhor Clécio já é considerado o pior prefeito para os servidores municipais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *