• Luiz Nery,bonita foto sinalização visível,porém tem trechos na BR que o mato encobre a placa de sinalização,isso é um perigo para os motoristas.

    • A Alcilene fez o post referindo-se ao fim de passeio, diversão. Não como protesto!!
      Sua observação é engraçada, reclama de sinalização, acorde não temos nem asfalto direito!

  • Estou assistindo AMAZONIA TV , o Seles Nafes tá acabando com a Expo-feira, o Otacílio Barbosa tá desesperado, sem saída pra responder. Uma vergonha o Seles pergunta ele se perde todo pra responder…

    Aos desavisados. A noite de estréia foi o maior fiasco da história do evento, nem os animais estavam no local, só chegam hoje para ocupar o espaço. Acilene formule um post pra comentarmos, tô afiado!!!

  • Se for a Br 156, vou pegar essa estrada amanha ate o Oiapoque. Parece-me que entre Calcoene e Oiapoque nao esta bonito assim, continua sem manutencao. Belo trecho esse da foto.

  • Não desmerecendo o tal do Amapá. Mas se vc estiver em uma estrada dessa em outro lugar desse País(lula) vc. sabia pra onde ir, aqui fica a ?

  • Bem em meio aos eventos. So me resta a dizer q sabado foi a minha noite historica. Pedi o amor da minha vida em casamento.

  • O trecho entre Calçoene e Lourenço e o Rio Caciporé são apenas alguns dos locais mais magníficos ao longo da BR, infelizmente no Amapá o aproveitamento turístico dessas regiões fica na retórica e no embuste, falta capacidade para transformar tudo isso em proveito para o turismo do Estado, o Amapaense quando pode se manda para outros estados.

  • Visitem São Joaquim do Pacuí. O distrito está abandonado pela prefeitura, mas tem o balneário do Flávio, que é particular: Um paraíso.

  • Bacana mesmo pegar a estrada. Eu adoro. Como meu filho único estava de folga da faculdade (estuda em Belém), veio passar o feriado conosco e caimos na estrada. Passamos pelo Mineiroca, tomamos banho e almoçamos no Pontal das Pedras e visitamos o balneário Brasil Tropical em porto grande e findamos o passeio visitando a Estação de trem do Porto Platon em Porto Grande, com direito a ver o trem de carga passando com seus intermináveis vagões. Tudo filmado e fotografado. Depois mando alguma foto pra Alcilene.

  • Eu conheci o Amapá em 1984.No tempo que atravessava-se o Araguarí na balsa.Asfalto,só existia em Macapá.Ferreira Gomes,Amapá,Curicaca,S.Joaquim do Pacuí,Paredão,Calçoene era tudo mato.Dormiamos no hotel do Pantoja e seguiamos no outro dia para o garimpo do Prtugues.A parada era em frente o bar Primeiro Gole,que pertencia ao Carioca.Santana,só tonha o trem que ia p/Serra do Navio,pertencente a Mineradora de Manganês.A passagem custava 5cruzados e só embarcava quem tivesse a quantia certa.Só não fui ao Cupixí.Chrga ou quer mais?
    ah!detalhe:-sou carioca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *