Polícia Federal deflagra operação “Zona Cinzenta” contra fraude em importação de equipamentos médicos

A Polícia Federal (PF), no Amapá, deflagrou desta terça-feira (16) durante a operação ‘Zona Cinzenta’ que é deflagrada em 47 municípios de 18 estados. Segundo a assessoria da Superintendência da PF no Amapá, esta é a segunda fase da operação ‘Equipos’, que investiga a importação fraudulenta de equipamentos de diagnóstico médico através da Aduana de Controle Integrado no município de Dionísio Cerqueira (SC).

A investigação iniciou a partir de apreensão de carga de equipamentos médicos em outubro de 2013. Na ocasião, foram apreendidos tomógrafos, mamógrafos, dentre outros equipamentos de alto valor comercial, em uma carga avaliada em aproximadamente R$ 3 milhões, sendo R$ 2 milhões os tributos sonegados. Na documentação constava descrição genérica da mercadoria e valor declarado de US$ 180 mil (apenas 10% do valor real).

Na primeira fase foram identificadas 13 operações de importação fraudulenta (10 importações clandestinas, que cruzaram a fronteira sem qualquer registro no Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex), e outras 3 importações com o registro fraudulento e subfaturado da mercadoria no sistema, operações estas em que o grupo investigado sonegou todos os tributos federais devidos sobre a importação, resultando em prejuízo aos cofres públicos estimado em R$ 20 milhões, considerando apenas os tributos federais.

Informações da Polícia Federal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *