Polícia Civil notifica casa de show acusada de crime ambiental

Polícia Civil (Dema) esteve na sede da Aerc para cumprir ordem de notificação de crime ambientalUma equipe da Delegacia Estadual de Meio Ambiente (Dema) notificou nesta terça-feira,27, casa de shows, denominada Associação Esportiva e Recreativa dos Servidores da Companhia de Eletricidade do Amapá (Aerc), localizada na Avenida Padre Júlio, no bairro Santa Rita, a partir de denúncia de moradores sobre poluição sonora.

De acordo com a polícia, a Aerc terá que suspender qualquer programação promovida por aparelhagens, sons automotivos e alto-falantes, que extrapolem o volume estabelecido pelas normas ambientais. A ação foi cumprida pelo delegado da Dema Francisco Sávio Pinto.

Segundo ele a notificação é decorrente de denúncias de famílias que residem próximo ao clube que reclamaram do barulho do som das aparelhagens que organizam festas naquele local.

Delegado Sávio Pinto preside inquérito que apura crime ambiental na Associação

“Gostaríamos de suspensão todas as atividades festivas da Aerc, cujos equipamentos de som estão perturbando o sossego dos moradores, por isso quando recebemos a denúncia instauramos um inquérito”, destacou Sávio Pinto.

Um diretor da Associação, cujo nome foi preservado, disse que a entidade sobrevive das atividades festeiras e repudiou a ação da Dema. Segundo ele o clube é mantido basicamente com o aluguel das programações.

José Maria Silva / Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *