Paranauês

Rolou na rede social twitter, na noite de ontem.

“Dizque” o relatório preliminar da correição realizada pelo CNJ no Tribunal de Justiça do Amapá, é bombástico.

O sempre bem informado jornalista Paulo Silva, que teve acesso aos paranauês, postou algumas informações em seu perfil no twitter como essa: “O relatório do CNJ sobre a correição no Tjap sugere que uma quadrilha agia para obter liminares para empresas com negócios no GEA”.

Leia mais no perfil do Paulo Silva, aqui https://twitter.com/PauloSilva1955

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *