Operação Sicário cumpre mandados em Macapá/AP

A Polícia Federal executa na manhã desta sexta-feira (15/3) a Operação
Sicário, com objetivo de desarticular organização criminosa que pratica crime
financeiro através de instituição financeira clandestina com sistema de empréstimo
de dinheiro a juros extorsivos, em todo Brasil, e mais especificamente no estado da
Paraíba.


Policiais Federais cumprem um mandado de prisão preventiva e quatro mandados de
busca e apreensão, todos em Macapá/AP. Dentre as buscas, duas foram realizadas
em empresas que comercializam veículos.
Segundo as investigações que foram realizadas pela Polícia Federal na Paraíba, a
organização criminosa comete o chamado “cobro” ou “cobrito”, uma vertente
colombiana de crime financeiro consistente na organização de uma instituição
financeira clandestina para controlar um aparelhado sistema de empréstimo de
dinheiro a juros extorsivos.
O “cobro” é materializado através do oferecimento de panfletos a lojistas, geralmente
pequenos empresários, em que é exposta uma cobrança de juros diária, normalmente
sobre pequenas quantias que disfarçam a abusividade das cobranças.
Os recursos captados a partir de empréstimos extorsivos, destinam-se a um fundo
cuidadosamente organizado e administrado pela organização criminosa através de
aplicativos eletrônicos, sendo posteriormente reinvestidos na expansão das
atividades ilícitas mediante a estruturação de novos “cobros” em outras cidades.
Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos
crimes de organização criminosa, operação de instituição financeira clandestina e
lavagem de dinheiro.
Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *