Oiapoque recebe cooperação da Guiana Francesa e Randolfe cobra posição do Governo brasileiro

 

Foi publicado nas redes sociais da Embaixada Francesa no Brasil na última quarta-feira (3) informações sobre a cooperação entre a Guiana Francesa e o município de Oiapoque. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que incentivou o pacto, cobra que o Ministério da Saúde brasileiro libere a análise de exames do povo de Oiapoque para que sejam realizados na vizinha francesa.

A embaixada da França tem dado apoio financeiro a associação DPACFronteira (Desenvolvimento, Prevenção, Acompanhamento e Cooperação de Fronteiras), bem como a distribuição de equipamentos de proteção e campanhas de conscientização sobre prevenção.

“Nossa vizinha Guiana Francesa está nos ajudando de forma efetiva em Oiapoque. Muito obrigado por atender ao nosso pedido. Agora, o lado brasileiro precisa ajudar”, defende o parlamentar.

No dia 25 de maio, o senador protocolizou uma representação no Ministério Público Federal (MPF) pedindo a imediata autorização para que os exames a fim de atestar a covid-19 do município de Oiapoque possam ser analisados na Guiana Francesa. “No dia 11 de maio, enviamos ofício ao Ministério da Saúde fazendo a solicitação e até hoje não obtivemos qualquer resposta”, afirmou o senador. “Anteriormente, pessoalmente, fizemos o mesmo pedido no dia 29 de abril, ao ministro da saúde, na época, Nelson Teich, durante audiência pública no Senado Federal e também não tivemos retorno”, lamentou.

O Amapá tem quase 10 mil testes pendentes de resultados e o município de Oipoque tem a opção de acelerar o processo de identificação dos infectados e ofertar de imediato o tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *