O Relatório Confidencial. Trechos serão publicados no blog.

O que diz o Relatório “RX Econômico Financeiro do AP”, feito no início do governo de Pedro Paulo.

Macapá, 30 de abril de 2010

Exmo. Senhor Governador,

Com nossos cordiais cumprimentos, comunicamos que nesses poucos dias a frente da Pasta do Planejamento, constatamos a grave herança de uma crise financeira instalada em nosso estado. Os números contábeis e financeiros do governo são inversamente proporcionais aos do Setor de Desenvolvimento Econômico. A situação preliminar analisada é de pré-falência anunciada. O Estado não reúne condições de solvência dos seus compromissos e ao mesmo tempo, de custear-se. Estamos a beira de um colapso financeiro sem precedentes. O crescimento explosivo da dívida elevou o défcit financeiro mensal, que hoje é da ordem de R$ 32 milhões/mês, sendo R$ 11 mi com a previdência, 11 mi com as consignações em folha de pagamento e 10 mi com fornecedores. Esse déficit vem evoluindo e acumulando mês a mês. O Estado está gastando bem mais do que sua capacidade de arrecadação, tornando o patrimônio líquido negativo, caminhando para o processo de asfixia financeira aguda. ( Continua amanha, scaneado)

Atenciosamente

Sebastião Rosa Máximo

  • O que não pode e deixar de tomar providências enérgicas contra os culpados dessa imoralidade. O povo amapaense não pode ser condenado a pagar tal prejuízo, quem deve ressacir tudo são os ladrões envolvidos. Estes sim, deverão delvolver o que roubaram e punidos de acordo com seus crimes. Não podemos esquecer nunca isso. Chega de impunidade!

  • Espero sinceramente que o povo Amapaense jamais esqueça esses nomes: WALDEZ GÓES, MARÍLIA GOÉS, PEDRO PAULO. Os principais responsáveis pela crise que estamos passando hj.

    • Uma já se elegeu, e estes são só parte do 1º escalão da harmonia. Os tentáculos vão além do que o bom senso pode prever. Já estão tentando envolver o novo governo! Abra o olho governador!

    • Ah! pode apostar que não,pois uma vai continuar no poder e certamente vai dar suporte(agregar)ao maridão p/ continuar tb.Disto,não tenho nenhuma dúvida,muitos deles vão estar de volta em breve,pode apostar.A linda PF continua agindo,agora saber se o que roubaram do Estado/povo vai retornar,ai é outro papo.

  • >Diante desse Relatório detalhando o que já estava anunciado, quais as providências tomadas pelo Governador Pedro Paulo; pelo Presidente do TCE (Júlio Miranda) e pelo Presidente da AL (Dep Jorge Amanajás); Procurador-Geral de Justiça (Dr Iaci Pelaes)?
    >E até agora, porque essas autoridades responsáveis por fiscalizar o erário público ainda não tomaram nenhuma providência.
    >Cadê a Ordem dos Advogados Seção Amapá?
    >Eu não quero acreditar que estão caladinhos porque temem alguns revéis?

    • Da forma como nossos políticos agem, é bem possível que optem pela impressão de dinheiro. É menos traumatico para seus cabos eleitorais.

  • Pergunta com o simples objetivo de me informar;Quantos,dos que aqui escrevem,foram ao MPE/MPF denunciar os desmandos?Tirando as “blogueiras”,preciso saber se houveram as denuncias pois,se sim,a nossa luta não poderá ser travada apenas no Amapá.Teremos que buscar instancias mais altas.

    • Meu amigo, os MPF e MPE, não precisam ser provocados para agirem em defesa da sociedade e do patrimônio público, são obrigados a agirem de ofício. Também, no caso da corrupção desenfreada no Amapá, nem precisaria de denúncia, a roubalheira estava na cara deles e na nossa, ou seja, na cara de todo mundo.

      • Estava na cara e ninguem,principalmente “eles”,não fizeram nada ou foram impedidos por forças ocultas?(dinheiro,pressão politica,coisas assim)Então está na hora de nós,amapaenses,brasileiros,moradores daqui fazermos algo.Pense nisso!

  • O Secretário de Planejamento, à época, Sebastião Máximo, fez o correto, o que todo gestor deveria fazer. Porém, fico me perguntando, o por que do proprio secretario firmar um convenio no mes de Julho/2010 no valor aproximado de R$ 500.000,00 com uma Ong chamda ABLASA onde o proprio interessado era o irmão do Secretário.

    • Já que o circo está pegando fogo, vamos jogar um pouco mais de gasolina, para não correr o risco de apagar no meio do caminho.

  • O grupo da harmonia “quebrou” o Estado do Amapá. Isso é fato os documentos provam, mas como o povo tem memoria curta nao demora alguns estarão de volta.

  • interessante é eles colocarem o consignado como divida!!!consignado nao é debito!!!é repasse.desconta do servidor e repassa para os bancos!como eles podem colocar o repasse como forma de pagamentos e despesas?virou despesas porque eles pegaram o dinheiro que foi abatido do servidor e desviraram para outro lugar!!!e nao fizeram os repasses devidos!!!muitas empresas que representam bancos estao falindo e seus trabalhadores foram pra rua!!!!

  • A IMPUNIDADE é a garantia de tamanho desequilibrio. As instituicoes no Amapá estao todas apodrecidas. Nas mesas de boteco, há tempos, se falava que o estado ia quebrar. Mas, todos, preferiram seguir a máximo (sem trocadilho)do Barao de Itararé: se tantos estao roubando, entao, nos locupletemos todos”. Triste Amapá – terra dos corruptos e da impunidade.

    • Parece que empatou com a Paraíba, segundo dados oficiais. Pelo menos temos um paraibano traquinando aqui e lá. O presidente do TCE. Aprendemos rápido e bem.

  • Eu já estou cansada dessa operação, é um prende pra lá, solta pra cá, mandado coercitivo q não acaba mais. Eu quero ver mesmo, é essa galera q meteu a mão no nosso dinheiro ter q devolver tudinho, centavo por centavo, pq passar 10 dias na papuda, e continuar na vida boa, com a conta abarrotada, usufruindo de dinheiro “roubado”, é fácil. Qualquer um de nós, pobre mortais, já teria q ter devolvido tudo. Se isso acontecesse com eles, voltaria a acreditar na justiça dos homens.

  • Durante anos eu e outras pessoas, a própria gestora do blog, estivemos aqui denunciando essa quadrilha.. Tragédia anunciada, mas muitos estavam preocupados com o seu carguinho e com o seu umbigo… Sofreremos todos as consequências de tamanha irresponsabilidad, mas que jamais esqueçamos os verdadeiros culpadoa dessa vergonha!

  • temos que ter compromissos com o estado, e juntos sairmos do buraco em 2011, o Sindicato do setor ECONÔMICO, NESSE MOMENTO precisa do debate com todos os atores do setor. parabéns pela iniciativa.

  • O risco da unanimidade é esse que o Amapá vive, infelizmente. Há pessoas que perguntam pela OAB/AP. Antes da vigência do mandato do novo Presidente, os dirigentes eram alinhados com o Poder, mas a OAB/AP não o era, porque quem elegia a diretoria era os advogados ocupantes de cargos públicos do Poder Executivo, haja vista que nas Eleições anteriores havia lista de chamada desses servidores nomeados para cargo dito de confiança da Administração. Portanto a OAB/AP, não pertence a ninguém. mas, sim, somatória dos advogados dignos e militantes, que fazem parte da Administração da Justiça na acepção do termo. resultado de todos os advogados. Me insiro dentre estes e jamais concordei com qualquer tipo de corrupção. Quando surgiu a chapa Mudança, ao ser contatado pelo Dr. Ulisses para apoiá-lo, minha condição foi de que a OAB/AP voltasse ser a trincheira de guerra na defesa dos advogados militantes e em prol da sociedade que vive sob pressão.Portanto quando todos estão do mesmo lado, ninguem fiscaliza ninguem, os que se atrevem a falar dos desmandos, só faltam ser linchados. Exemplo disso é o Sindicato dos Policiais Civis, que comeram o pão que o diabo amassou, pq não foram devidamente valorizados, mesmo sendo a peça fundamental da segurança pública depois de ocorrido o crime, pois quem conhece atividade polícial sabe que os agentes de polícia são os carregadores de piano. São eles que enfrentam o perigo, porque vão atrás do bandido em qualquer lugar onde ele esteja, a qualquer hora. Eles não são convidados para as festas da corte. Quando se vê algum, é porque ainda vão dar segurança aos anfitriões e convidados. Uma coisa que me deixa triste é que ainda tem pessoas que aplaudem as pessoas que deixaram o Estado do Amapá na crise nunca antes vivida.
    Agora, depois de tudo que aconteceu, bater mem cachorro morto, é fácil demais!

  • Um absurdo essas irregularidades já eram anunciadas aqui, foram milhões e milhões para os bolsos de pessoas descompromissadas com o povo amapaense e eu que vivia solicitando parceria para GEA X PMM, para investir em saneamento nesse estado e hoje nos deparamos com a cidade de Macapá, sendo aterrada desordenadamente, muito triste, mas as grandes chuvas que vêm por ai, vão deixar o centro da cidade no fundo, aumentando o sofrimento do povo. As limpezas de rua estão sendo feitas, superficialmente, mas não vejo nenhum investimento de limpeza nos canais e fiscalização com aterro desordenado, os trechos entre a MANOEL EUDOXIO E HILDEMAR MAIA( FAB, Procopio Rola, Raimundo Alvares da Costa, Carlos Gomes), apresentam em pleno verão água correndo nas ruas e o aterro nos finais da tarde após as 17:00h, com maquinas pesadas, continuam. E ligar para fiscalizar recebemos sempre a resposta que não tem viaturas e assim vai ficando e pelo que estou sabendo, já estão invadindo o canal do Jandiá e toda essa água vem estourar no centro da cidade. SOCORROOOO A CIDADE VAI PARA O FUNDO POR FALTA DE FISCALIZAÇÃO, OS CANAIS COMEÇARAM A SER HABITADOS E ATERRADOS DESCONTROLADAMENTE!.
    O novo gestor se não tiver jogo de cintura não dará conta da situação, deve iniciar diminuindo e muito os investimentos, com carnaval, marabaixo e outros que podem buscar recursos em outras fontes, deve reduzir contratação desordenada, investir em contratação de de tecnicos em projetos para buscar recursos para o estado e com muito cuidado deixar empresas, se instalarem aqui para gerar emprego a folha do estado, não está suportando mais, ser o pai de TODOS!!!.

    Que Deus estejá sempre presente nas ações do novo gestor!

  • maior besteria foi ter deixado o Pedro Paulo;governador que o boi c… reassumir!inadimissivel!!!kd a justiça???????????????e a Federal???porque nao resolve logo de uma vez???porque só nas eleiçoes e depois ???e agora???estamo num Estado sem lei!!!!

  • quer dizer que eles roubam e o ministerio publico ao inves de ajudar a tira-los de lá,bloqueia o dinheiro do povo??ate nesta hora o pobre é que paga o pato;e que pato!

  • Espero que os culpados paguem na justiça por tudo que devem. se o amapá está assim é culpa da íngerência que 8 anos tomou conta desse Estado e jamais se compromissou com seu crescimento econômico. Como já disseram em comentário anterior, todos nós é que pagaremos por isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *