• Um Poema jogando com as palavras para acompanhar a belíssima foto.

    Risos e Sorrisos do meu rio

    Rio do rio que deságua no mar
    Sorrio, só rio me fez nadar
    Choro do rio dolorido
    Hoje sujo e fedido,
    Rio do meu sonhar
    Miro a maré do meu rio que não é mar
    Beirando o cais, no meu solitário caminhar
    Lágrimas em meus olhos
    Como os olhos d’água do meu rio a desaguar
    Amazonas é meu rio
    Mas não rio do que é mar
    Caminho na lama beirando meu rio-mar
    Me chegam aos pés ondas de espumas a murmurar
    Lhe dou em segredo minhas lágrimas
    Rio me banha o corpo em suas águas
    E me lava a alma
    Não mais rio, apenas choro
    Rio siga teu rumo
    És o maior do mundo
    Prometo não mais chorar
    Só rio do meu penar
    Rio só do meu rio
    Que me ensinou a nadar
    Sorrio só, só o rio me ensinou a sonhar.

    Patricia Cattani

  • Maravilhosa essa foto, belíssima…Parabéns, Floriano. O Flora, cada vez mais, se superando superando na arte fotográfica…

  • Maravilhosa essa foto, belíssima…Parabéns, Floriano. O Flora, cada vez mais, se superando na arte fotográfica…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *