O Lançamento do Cyberpunk 2077

Gabriel Cavalcante Leão Dias – Design de Games

Cyberpunk 2077 foi um dos jogos mais esperados dessa última década e teve uma recepção mista no PC (algumas reações bem diferentes umas das outras), mas no PS4 e no Xbox One o lançamento foi no mínimo desastroso. O jogo chegou até mesmo a ser removido da playstation store, saiu com vários bugs e nos consoles o jogo sofre de vários problemas de performance chegando a ser “injogável” em alguns dos consoles, especialmente no PS4 base e no Xbox One S. A CD projekt Red, desenvolvedora do jogo, já anunciou que os próximos patches serão quase exclusivamente para o conserto desses erros e o jogo começar a rodar melhor nesses consoles.

A desenvolvedora já declarou que as vendas do jogo já recuperaram os gastos de produção, mas a empresa já perdeu a boa reputação que tinha depois disso, mesmo que estivesse juntando uma boa reputação por anos, um lançamento tão esperado sair em tal estado faz muitos clientes ficarem com o pé atrás para comprar o próximo produto. As ações da CD projekt red despencaram depois que cyberpunk 2077 foi removido da Playstation store e a Microsoft também ofereceu reembolsar completamente quaisquer clientes que tenham comprado pela loja virtual do Xbox.

Veio à tona também que houve desentendimento entre os desenvolvedores e a liderança da CD Projekt por conta das datas de lançamento absurdas e os vários períodos de crunch feitos para tentar alcançar estas datas, e no final resultou no lançamento de um jogo inacabado com vários problemas e resultou na perda da boa fé e na confiança que a empresa havia juntado nos últimos anos.

 

Cyberpunk 2077 era esperado por muitos anos e alguns acreditavam que esse jogo iria iniciar a próxima geração de jogos com o pé direito, e enquanto o jogo roda OK no PS5 e Xbox Series X , no momento está muito mal otimizado para o PS4 e o Xbox One.

A escala pode ser maior, mas é bem comum jogos serem lançados num estado que só pode ser considerado inacabado. Outro jogo que tinha a esperança de muitos jogadores para oferecer algo novo era Anthem, que prometeu muito mais do que podia alcançar, no tempo que tinha para ser produzido.

Só se lança um produto uma vez. Sempre é importante, que mesmo que não seja a experiência inicialmente planejada, nunca se deve oferecer uma experiência ruim ao usuário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *