Notas de Pesar pelo falecimento do ex-governador Annibal Barcellos

Governo do Amapá. NOTA DE PESAR

 

Neste momento doloroso o governador Camilo Capiberibe, em nome do povo amapaense e de sua equipe de Governo, lamenta o falecimento do Comandante Anníbal Barcellos ocorrido nesta madrugada.

Ocupante de posição relevante na política amapaense e personalidade importante para o desenvolvimento do Território e do Estado, Anníbal Barcellos foi governador e deputado federal pelo Amapá, e prefeito e vereador de Macapá. Um cidadão que prestou grandes serviços a esse povo.

Um brasileiro que escolheu o Amapá para trabalhar e colocar seus serviços defendendo importantes causas. Seu nome estará para sempre nos livros de história e na memória dos amapaenses pelos feitos e obras.

Nossos desejos de que sua passagem seja iluminada e que sua família, amigos e correligionários tenham serenidade para compreender este momento.

Anunciamos que fica decretado o Luto de 7 (sete) dias pelo seu falecimento e colocamos o Salão Nobre do Palácio do Setentrião  à disposição da família enlutada.

 

Com sentimentos,

Camilo Capiberibe – Governador do Amapá

 

 

NOTA OFICIAL – Prefeitura de Macapá

Como prefeito de Macapá, cumpro, com pesar, o dever de comunicar o falecimento do ouvidor-geral do Município, comandante Annibal Barcellos.

O comandante Barcellos ocupou os cargos mais importantes do Estado e do Município e sempre foi um visionário, daqueles que pensam o Amapá para além de seu tempo.

Nesse momento triste, presto minha solidariedade a sua família, seus amigos e correligionários.

Decretei luto oficial de três dias em respeito à memória daquele que dedicou mais de três décadas de sua vida ao desenvolvimento do Amapá.

ANTÔNIO ROBERTO RODRIGUES GÓES DA SILVA

Prefeito de Macapá

 

Senador Randolfe Rodrigues. Nota de pesar pelo falecimento de Aníbal Barcellos

Dirijo-me à sociedade amapaense, neste momento, para lamentar o falecimento do ex-governador do Amapá Aníbal Barcellos, na madrugada deste domingo, 14 de agosto de 2011, Dia dos Pais. O comandante Barcellos, como ficou conhecido pelo povo do Amapá, deixou seu nome registrado na história do estado, tendo sido o primeiro governador eleito pelo voto popular em 1990, período de redemocratização do país.

Personagem marcante da política, escolheu o Amapá para viver até os 93 anos, quando parte deixando filhos, netos e bisnetos. Solidarizo-me com a família e com os amigos, na certeza de que partir e chegar, no dizer da canção popular, “são só dois lados da mesma viagem”. Que Deus, acolhedor e eternamente justo, o receba em seus braços, abençoando com a paz serena da compreensão aqueles que aqui permanecem.

Senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP)

 

 

  • O que significa luto? o Estado e Prefeitura decretaram luto, mas tudo foi normal hoje, a cidade ficou na rotina de sempre, é um discurso e na prática nada! Deveriam ter se resgardado hoje, uma forma de um dia de silêncio pela partida do Cmt.

    • Eles se referiram ao luto oficial,não em ponto facultativo ou feriado.Já tá afim de ficar “de boa”,né?rsrsrs

  • É com bastante pesar que lamentamos a morte do ex-governador do Estado do Amapá, Annibal Barcellos. Que Deus ilumine seus passos por toda sua jornada de vida espiritual.
    Com certeza você ficará em nossa memória como homem político e carismático que por esta terra ( Amapá) passou. Obrigados por toda dedicação de trabalho e empenho pelo povo amapaense! Ronaldo Santos e família.

  • Solidarizo-me com os enlutados pelo falecimento do ex-governador Comandante Annibal Barcellos. Como amapaense saudosa (moro em outro estado atualmente) faço coro às vozes que reconhecem o grande trabalho desse homem público que muito se dedicou ao desenvolvimento do Amapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *