Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal vem a público esclarecer que, após ser preso, qualquer criminoso tem como primeira providência tentar desqualificar o trabalho policial. Quando ele não pode fazê-lo pessoalmente, seus amigos ou padrinhos assumem a tarefa em seu lugar.

A entidade lamenta que no Brasil, a corrupção tenha atingido níveis inimagináveis; altos executivos do governo, quando não são presos por ordem judicial, são demitidos por envolvimento em falcatruas.

Milhões de reais – dinheiro pertencente ao povo- são desviados diariamente por aproveitadores travestidos de autoridades. E quando esses indivíduos são presos, por ordem judicial, os padrinhos vêm a publico e se dizem “ estarrecidos com a violência da operação da Polícia Federal”. Isto é apenas o início de uma estratégia usada por essas pessoas com o objetivo de desqualificar a correta atuação da polícia. Quando se prende um político ou alguém por ele protegido, é como mexer num vespeiro.

A providência logo adotada visa desviar o foco das investigações e investir contra o trabalho policial. Em tempos recentes, esse método deu tão certo que todo um trabalho investigatório foi anulado. Agora, a tática volta ao cenário.

Há de chegar o dia em que a história será contada em seus precisos tempos.

De repente, o uso de algemas em criminosos passa a ser um delito muito maior que o desvio de milhões de reais dos cofres públicos.

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal colocará todo o seu empenho para esclarecer o povo brasileiro o que realmente se pretende com tais acusações ao trabalho policial e o que está por trás de toda essa tentativa de desqualificação da atuação da Polícia Federal.

A decisão sobre se um preso deve ser conduzido algemado ou não é tomada pelo policial que o prende e não por quem desfruta do conforto e das mordomias dos gabinetes climatizados de Brasília.

É uma pena que aqueles que se dizem “estarrecidos” com a “violência pelo uso de algemas” não tenham o mesmo sentimento diante dos escândalos que acontecem diariamente no país, que fazem evaporar bilhões de reais dos cofres da nação, deixando milhares de pessoas na miséria, inclusive condenando-as a morte.

No Ministério dos Transportes, toda a cúpula foi afastada. Logo em seguida, estourou o escândalo na Conab e no próprio Ministério da Agricultura. Em decorrência das investigações no Ministério do Turismo, a Justiça Federal determinou a prisão de 38 pessoas de uma só tacada.

Mas a preocupação oficial é com o uso de algemas. Em todos os países do mundo, a doutrina policial ensina que todo preso deve ser conduzido algemado, porque a algema é um instrumento de proteção ao preso e ao policial que o prende.

Quanto às provas da culpabilidade dos envolvidos, cabe esclarecer que serão apresentadas no momento oportuno  ao Juiz encarregado do feito, e somente a ele e a mais ninguém. Não cabe à Polícia exibir provas pela imprensa.

A ADPF aproveita para reproduzir o que disse o ex-ministro Márcio Thomaz Bastos: “a Polícia Federal é republicana e não pertence ao governo nem a partidos políticos”.

Brasília, 12 de agosto de 2011

Bolivar Steinmetz
Vice-presidente, no exercício da presidência

 

  • A hipocrisia reina nesta terra! Quando a algema vai pra um desafeto, esta cumprindo-se a lei.Agora, quando se trata de um aliado, as algemas sao um atentado a dignidade humana.Nao vejo hora, de pular deste barco chamado Amapa,nao quero ser a ultima a apagar a luz.

    • Quem reclamou do uso de algemas pela PF foi o pessoal de Brasília e os presos não eram só daqui. Agora, se você não gosta do Amapá, não se demore a ir embora.

    • Se vc não consegue ver que a corrupção se instalou em todo o Brasil e a maioria dos envolvidos é do alto escalão do gover no federal,estados e muniipios,caia fora mesmo do nosso Amapá,garanto que não vai fazer falta.Se ainda estais aqui por falta de adeus ,até nunca +,vai com Deus.Só um pqueno detalhe,vais ter que mudar de PLANETA,talves enontres um sem corruptos,no + BYYYYYY….rs

    • Se vc não consegue ver que a corrupção se instalou em todo o Brasil e a maioria dos envolvidos é do alto escalão do gover no federal,estados e muniipios,caia fora mesmo do nosso Amapá,garanto que não vai fazer falta.Se ainda estais aqui por falta de adeus ,até nunca +,vai com Deus.Só um pqueno detalhe,vais ter que mudar de PLANETA,talves enontres um sem corruptos,no + chauuu….rs

  • que Deus me perdoe mais começo a sentir falta dos militares no poder, é tanto roubo e ninguem vai preso, nosso dinheiro esta sendo roubado debaixo do nosso nariz e esta escoria não fica presa, o Brasil esta mal no conceito de Leis no primeiro mundo, Brazil PHD EM CORRUPÇÃO…

  • que deus me perdoe + já começao a sentir falta dos militares no poder, é muito roubo meus deus do céu…

    • Menina bobinha, quando os milicos reinavam ATRELADOS à elite ninguém ouvia falar das improbidades porque quem falasse ia pro pau-de-arara e depois pra vala, acho que bastava pra ficarem calados, né não?

  • Que tipo de pessoal perverte a letra da lei à sua vontade? O tipo de gente que agrada à maioria, pois continuam sendo eleitos. Quem precisa criar vergonha na cara é o povo. Força e honra ao policial.

    • É o mesmo tipo de gente que burlando a Lei da ficha limpa, consegue adiar o clamor popular por limpeza nas urnas e assumir mesmo sendo considerado FICHA SUJA, como posso citar o casal janete e alberto capiberibe, Jader Barbalho e Cia Ltda.

  • Parabenizo todas as acoes da Policia Federal, que está cumprindo com o seu dever. Já não podemos dizer o mesmo do poder judiciário, que honestamente, não vem cumprindo com o seu dever. Pra habeas corpus de pessoas que tem dinheiro é rápida, para julgar os casos é extremamente lenta.

  • A NOTA DOS POLICIAIS É RELEVANTE E ESCLARECEDORA. MUITO IMPORTANTE O APOIO AO TRABALHO DA POLÍCIA FEDERAL E AOS DEMAIS ÓRGAOS DE COMBATE A CORRUPÇAO. Adalberto/UNIFAP.

  • Só posso parabenizar a PF pelo trabalho correto e louvavél que vem prestando,quanto aos que não tem o relevante compromisso o povo brasileiro,meus PÊSAMES.Se fosse em outro país,estes ladrões estariam atrás das grades e acorrentados até os pés.Esta foi a última eleição que esolhi alguém p/me representar,nas próximas,voto nulo pq ninguém hj é digno de receber meu voto,fato.

  • Não quer ir preso, não quer usar algema, não vira bandido, seja um cidadão correto, dinheiro é da população.

  • Pingback: Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil … | Veja, Brasil

  • Que o nosso Deus continue abençoando a polícia federal,chega de desvio de dinheiro.Com tudo isso quem sofre é a população com falta da saúde,educação,alimentação.

  • As ações da polícia federal precisam ser revistas em algumas situações, eis que, muitas das vezes, ou na quase maioria, ela atua como uma polícia inteligente, preparada, elitizada, e age com todas as cautelas possíveis, serenidade, dentro dos parâmetros discricionários, para não afetar o bem maior: A dignidade do ser humano. Contudo, nela existe também, infelizmente, os truculentos esádicos, aqueles que sentem prazer em prender pessoas, gostam de aparecer e movidos por isso agem precipitadamente, o que não é nada inteligente e que pode colocar tudo a perder. No caso da operação voucer, temos um exemplo. Senão vejamos: Será que para nós contribuintes que bancamos os festivais de corrupção que assolam há algum tempo este combalido país e, especialmente o Amapá, e ainda somos obrigados a bancar festivais despesas astronômicas com condução e transporte de contingentes policiais em aviões e de presos para ficarem estes horas ou, no máximo, dias, para serem investigados, pois logo são soltos, o que poderia ser evitado, afinal a autoridade policial, no curso de suas investigações, especialmente a federal que tem circunscrição em todo om território nacional, pode se dirigir a qualquer lugar para ouvir suspeitos, testemunhas vítimas, informantes, etc. Pode, também, valer-se de cartas precatórias (entre autoridades do mesmo país, ou rogatória, (entre autoridades de países diferentes, para colher depoimentos. Há, ainda, o sistema de audiências à distância pela teleconferência. Então, porque logo descambar para o lado mais oneroso para o espoliado contribuinte. Ora, se a PF, já sabe de antemão, entende os criminosos de colarinho branco só recebem os benefícios da lei, porque o rigor é só para os tres Pês (que não é político, pilantra e pedófilo). Por isso, vamos usar a razoabilidade, não atropelar os direitos e garantias constituciopnais de qualquer indíviduo, porque a lei, um dia, há de fluir para todos, seja para agraciar, seja para punir. E os contribuintes agradecerão penhoradamente. Tenho dito!

  • Parabéns a ADPF pela bela resposta aos que se sentiram “estarrecidos”, entre eles a OAB Nacional,CNJ e Ministro da Justiça, com o procedimento correto utilizado pela PF na condução dos presos e pela divulgação, não se sabe por quem, da “lata” dos larápios para que a população soubesse que brasileiros “ilustres” estão surrupiando o dinheiro público quando deveriam estar zelando e utilizando os milhões de reias que passaram nas mãos dos figurões, os quais deveriam ter observado, no mínimo, os princípios basilares da adm. pública e não a proteção de seus padrinhos e comparsas para garantir as suas liberdades de ir e vir.

  • Pingback: Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil … | Olha Brasil

  • Pingback: Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil … | Veja, Brasil

  • Pingback: Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil … | Veja, Brasil

  • Pingback: Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil … | Revista Veja Brasil

  • infelizmente esse é o nosso pais,pois 90% desses politicos são ladrões,canalhas e sabem q vão ficar impunes,pois s acham acima da lei,a pf ta de parabéns tem q algema mesmo´,e lugar de ladrão e na cadeia,esses politicos ladrões destroem o sonho de muitas pessoas,qntos escolas,postos de saude,remedios dava pra investir nesses milhoes roubados,mas um dia a justiça de deus pesa sobre cada um desses ladrões.

  • Pingback: Nota de Esclarecimento: atuação da Polícia Federal no Brasil … | Jornal do Brasil

  • Duas coisas: 1. algema faz parte da prisão e 2. não existe instituição perfeita. Quando uma instituição é considerada acima de falhas e irretocável, abrem-se portas para o autoritarismo, penso que sim.
    Claro que se a PF cometer abusos, o Judiciário estará lá para proteger o cidadão que ainda não foi julgado e portanto, é inocente (isso é conceito social e jurídico de país evoluído e temos de aceitar e incentivar). O grande problema quando acontecem abusos pela autoridade policial é que o beneficiado pode ser um criminoso. Perde a sociedade.

    Bom, daí voltaríamos a cobrar de quem o maus procedimentos operacionais de investigação e prisão?

    ** Acho que o fato mais importante nisso tudo foi a manifestação de autoridades políticas que deveriam respeitar a PF, o que merece toda a nossa atenção. O demais, faz parte do processo obrigatório e legal e o que for mal feito neste processo, se for, é perdido.

    • É isto mesmo,concordo com oque vc diz,tudo o +,é querer desqualificar o trabalho da PF e mudar o foco dq é fato,CORRUPTOS devem ser tratados como tal.Algemas são destinadas à bandidos,ninguém é conduzido à uma prisão em limousines comendo caviar e bebendo vinho e muito menos sem indícios ou provas do delito,fato.Parabéns, LINDA.

  • Mais uma vez os larápios tentam desqualificar o trabalho da PF ( a instituição de maior credibilidade do Brasil) por um simples cumprimento do dever legal. Que país é esse?
    As prisões foram todas determinadas pela Justiça com base em investigação prévia realizada pela PF. Nenhum membro da Justiça ou Ministério Público concordariam com as prisões caso não existissem fundadas provas.
    A decisão de algemar ou não é discricionária a cada policial.
    Não tentemos desqualificar o grande trabalho da PF por uma imbecilidade dessa, pelo contrário, exaltemos essa instituição que tanto faz pelo país.
    PARABÉNS PF! A população está do seu lado.

  • As garantias constitucionais ao cidadão devem sempre ser preservadas. Mas, isso não impede que se dê total apoio à Polícia Federal do Brasil e às demais polícias, na luta contra bandidos do colarinho branco; corruptos e corruptores, em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *