No páreo

Promotor de Justiça Moisés Rivaldo, se desincompatibiliza da função para concorrer ao cargo de governador do estado.

Moisés vai para o quadro de inativos do Ministério Público do Amapá e tem a prerrogativa de se filiar a partido político até o próximo dia 05.

Ele está conversando com vários partidos, analisando os que têm interesse em apresentar candidatura própria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *