Na COP 25, em Madri, Waldez defende um Brasil unido na causa do clima

 

O governador do Amapá, Waldez Góes, presidente do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal, iniciou, neste domingo, 8, agenda na Conferência do Clima (COP 25) da Organização das Nações Unidas (ONU), em Madri, na Espanha.


No encontro, que segue até o dia 13, os governadores apresentam suas perspectivas e compromissos para o desenvolvimento de baixas emissões na Amazônia brasileira, no contexto do novo arranjo interinstitucional de governança firmado entre os Estados Amazônicos, e do Planejamento Estratégico do Consórcio Interestadual da Amazônia Legal.
A esse respeito, Waldez reforçou, em seu discurso, a necessidade de enfrentar o desmatamento criminoso na Amazônia, e pensar ações concretas para um novo modelo de desenvolvimento. Ele citou o Amapá como exemplo de preservação, onde a redução do desmatamento chegou a 67%, e expôs as discussões e ações do Consórcio da Amazônia, que integra nove estados brasileiros da Amazônia Legal.
“Queremos um Brasil unido na causa do clima para reafirmar os compromissos de toda a Amazônia e nossas populações e todo o esforço dos governos estaduais”, falou Waldez. A Rede de Governadores Regionais para o Desenvolvimento Sustentável presente à COP reúne 42 governos subnacionais de 20 países em 4 continentes.
A COP 25 traz o tema “Hora de Agir”, com exposição do papel e compromissos das organizações parceiras, lideranças nacionais e internacionais na implementação de estratégias para o desenvolvimento de baixas emissões na Amazônia Brasileira.
Participam representantes de quase 200 países e aproximadamente 29 mil pessoas. Do Amapá, estão presentes, também, o senador Randolfe Rodrigues e o promotor de Meio Ambiente Marcelo Moreira. A conferência está sendo realizada desde o dia 2 de dezembro. O grande desafio é encontrar mecanismos urgentes que permitam o combate às mudanças climáticas que causam enchentes, queimadas e desequilíbrio do meio ambiente em todo o mundo.
Ainda neste domingo, o governador do Amapá participa da Reunião dos Estados Membros da Força Tarefa GCF (Green Climate Funds ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *