Mobilização para a ação penal da Eclésia

Movimentos organizados se mobilizam para fazer um ato em frente ao Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) para acompanhar o primeiro julgamento de uma ação penal resultante da operação Eclésia.

A apreciação está marcada para 16 de março no pleno do Tjap e tem como réus o presidente afastado da Alap, Moisés Souza e o ex-deputado Edinho Duarte, entre outros. A denúncia é do MP e aponta um rombo de R$ 5 milhões por fraude em contratos de passagens aéreas.

Aposta para o julgamento da Eclésia

 

Tem gente por aí fazendo aposta para o julgamento da primeira ação penal da Eclésia. No entanto, não pela condenação ou absolvição de Moisés e Edinho, mas pelo pedido de vista de algum desembargador durante a sessão, o que dará mais tempo para os acusados.

  • Esse julgamento hoje foi uma palhaçada, como que os caras foram absolvidos dos crimes de formação de quadrilha, Lavagem de dinheiro etc…PELO AMOR DE DEUS.NESSE ESTADO O CRIME.COMPENSA.O QUE ESTA ACONTECENDO COM JUSTIÇA DESSE ESTADO? SOCOOOOOORRO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *