juiz Paulo Madeira determinou a volta da UTI aérea

O juiz Paulo Madeira, da 6ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá, acionado pelo governo do estado, determinou na segunda-feira (25) que a empresa Brasil Vida Taxi Aéreo retornasse a prestar o serviço de UTI aérea, suspenso na sexta-feira (22).

O magistrado considerou a dívida do governo com a empresa entre 2011 e 2014, mas avaliou que a cobrança pode ter como estratégia a “utilização da suspensão, com o risco à vida dos pacientes”.

O serviço foi retomado no mesmo dia.

paulo-madeira-foto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *